Aumento acontece a partir de janeiro de 2018

O Ministério da Educação - MEC anunciou nesta quinta-feira, 28, o valor de R$ 2.455,35 como piso salarial dos professores públicos, em âmbito nacional, a partir de janeiro de 2018. O reajuste foi de 6,81% e ficou acima do índice da inflação, previsto para 2017 em 2,8% pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O salário anterior, vigente em 2017, era de R$ 2.298,80.

O ministro Mendonça Filho assinou a portaria que deve ser publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (29). Ele se reuniu na semana passada com representantes dos sindicatos de professores e dos secretários da Educação. De acordo com o MEC, o reajuste do piso ficou acima da inflação pelo segundo ano consecutivo.

O piso nacional do magistério vale para os profissionais de educação básica em início de carreira, com formação de nível médio, contratados para jornada de 40 horas semanais e é atualizado anualmente, sempre em janeiro, conforme determina a lei.

Apesar do patamar mínimo, as redes de ensino de Estados e municípios enfrentam dificuldades financeiras para pagar o salário estabelecido pelo MEC. Conforme pesquisa divulgada no ano passado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação - CNTE, apenas metade dos Estados conseguia atingir o piso nacional.

O ministro disse, em gravação divulgada pelo MEC, que o piso nacional "motiva" e "valoriza" os professores. Mendonça Filho cobrou que os municípios e Estados sigam a legislação. Ele ressaltou "a necessidade de que as prefeituras e os governos estaduais respeitem o piso nacional dos professores, que tem crescido nos últimos anos, e deve assegurar o mínimo de dignidade a todos os professores do País".

O MEC informou que o critério de reajuste tem como base o crescimento do valor mínimo anual por aluno do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica - Fundeb de 2016 em relação a 2015.

O presidente da Confederação Nacional dos Municípios- CNM, Paulo Ziulkoski, protestou contra o reajuste. "É estranho, para não dizer surreal. O governo, no mesmo período em que edita uma emenda constitucional (do teto) que por 20 anos só permite aumentar seus gastos na inflação, que é 2,8% neste ano, dá um aumento de 6,81%. É uma lógica perversa para a federação brasileira. Quem produziu esse caos fiscal foi a União e a maioria do Congresso, não as prefeituras."

A CNM deve divulgar nesta sexta-feira um estudo com impacto do aumento no piso dos docentes nas contas municipais. Ziulkoski diz que 24% da folha do funcionalismo das prefeituras é gasta com magistério, o que representa cerca de R$ 68 bilhões. Por isso, o impacto nas contas dos municípios deve ficar em R$ 4,5 bilhões a mais a partir de janeiro só com salários, podendo chegar a R$ 7 bilhões, quando adicionados os encargos.

Segundo o presidente da CNM, o Fundeb, que financia os salários, aumentou 93% desde 2009, enquanto o piso salarial subiu 158%. Isso faz com que os municípios gastem atualmente quase 80% do que recebem do Fundeb com os salários. "Isso liquidou com a qualidade da educação", disse Ziulkoski.

Fonte: R7


Divulgação do cartão de confirmação do Enem 2018 será nesta

Inep confirmou que candidatos poderão ver o local de provas a partir desta segunda-feira (22); provas acontecem nos dias 4 e 11 de novembro e 5,5

Saiba como morreu último rinoceronte macho, branco do norte

Apenas duas fêmeas permanecem na reserva natural Ol Peteja O último rinoceronte branco do norte macho morreu no Quênia aos 45 anos. Sudan, como

Atenção: Três tipos de aplicativos que você deve evitar baixar no

Às vezes, a promessa de solução para problemas frequentes pode esconder vírus ou sobrecarregar ainda mais os celulares Há aplicativo de todo

Horário de verão começa no 1º dia do Enem 2018

Na noite de segunda-feira (15), governo federal afirmou que voltou atrás da decisão de adiar o início do horário de verão para não coincidir

Quer ser professor? Apenas 3,3% dos estudantes responderam que sim

“Meu sonho mesmo é dar aula para o ensino médio, pode ser em escola estadual,  municipal ou particular”, diz Lucas dos Anjos Castro, 16

Oportunidades: Concursos oferecem 25 mil vagas pelo Brasil

Oportunidades na carreira pública, com salários de até R$ 27,4 mil, são abertas em órgãos federais, como a Advocacia-geral da União,

Ensino obrigatório de música nas escolas públicas faz dez anos mas

Um dos entraves é a formação. Segundo Censo, país tem 128 cursos específicos para formação de professores em música com 8.384 vagas. Em 2016,

O que dizia o decreto imperial que inspirou o Dia do Professor?

No Brasil, 15 de outubro é Dia do Professor. A data relembra um decreto imperial de 1827, documento que criou o ensino público no país. "O 15

Morador de rua vende livros para sobreviver

José Marcos de Souza, de 55 anos, costuma levantar cedo, ainda de madrugada. Ele desfaz a cama, guarda seu colchonete em um carrinho de supermercado

Inventor de submarinos quer criar cidade no fundo do mar

Morar sob as águas não é um sonho novo. Desde os anos 1960, há relatos de projetos tentando criar colônias submarinas nos oceanos do planeta,

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: