Estudantes selecionados dos ensinos fundamental e médio vão representar o Brasil em eventos internacionais

As inscrições para a 21ª OBA (Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica) já estão abertas. A competição é aplicada em 13 mil escolas para alunos dos ensinos fundamental e médio. Os participantes da olimpíada recebem certificado e concorrem a 40 mil medalhas.

As escolas interessadas em participar da competição podem se inscrever até 18 de março no site oficial da olimpíada. As instituições de ensino que já participaram da edição passada da competição não precisam realizar um novo cadastro.

A competição será marcada para o dia 18 de maio e selecionará os representantes do Brasil na Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica e na Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica. No mesmo dia do torneio, ocorrerá a Mostra Brasileira de Foguetes.

As provas estão divididas em quatro níveis: três para os alunos do ensino fundamental e um para os do ensino médio. A avaliação tem dez perguntas em cada etapa: três de astronáutica e sete de astronomia. A maioria delas, porém, exige apenas raciocínio lógico. As medalhas são distribuídas de acordo com a classificação em cada um dos níveis.

Cerca de 60 alunos serão selecionados para participar da Jornada Espacial. Serão pré-selecionados somente alunos do ensino médio, de qualquer ano/série, com as melhores notas de Astronáutica e que ainda não tenham  participado da jornada. Não há taxa de inscrição para escolas ou alunos participarem da OBA.

Mostra de foguetes

Também está com inscrições abertas a Mostra Brasileira de Foguetes, uma olimpíada experimental, que consiste em construir e lançar, obliquamente, foguetes, a partir de uma base, o mais distante possível. Para participar da mostra, foguetes e bases de lançamentos devem ser construídos por alunos individualmente ou em equipes de até três componentes. Em 2017, o evento contou com a participação de 94 mil alunos.

O evento avalia a capacidade dos estudantes de construir e lançar, o mais longe possível, foguetes feitos de garrafa PET, de tubo de papel ou de canudo de refrigerante. A mostra também é voltada para  alunos dos ensinos fundamental e médio de escolas públicas e particulares de todas as regiões do país.

Segundo o regulamento, jovens que concluíram o ensino médio podem participar, desde que representando a instituição na qual se formaram, com a concordância da instituição. O desafio acontece dentro da própria escola e tem quatro níveis. A novidade deste ano é que professores também poderão construir e lançar foguete.

Alunos ou equipes dos ensinos médio ou superior que lançarem seus foguetes a mais de 100 metros de distância serão convidados para participar da Jornada de Foguetes. O evento ocorre na cidade de Barra do Piraí, Rio de Janeiro. A data ainda não está definida, mas segundo a organização, deve ser entre outubro e novembro deste ano.

A olimpíada e a mostra são eventos abertos à participação de escolas públicas ou privadas, urbanas ou rurais, sem exigência de número mínimo ou máximo de alunos. Os eventos são coordenados por uma comissão formada por membros da SAB (Sociedade Astronômica Brasileira) e da  AEB (Agência Espacial Brasileira).

Fonte: R7


A última ‘chuva’ de estrelas cadentes de 2018 será nesta sexta

Auge das geminídeas acontece todos os anos no mês de dezembro É a última chuva de "estrelas cadentes" do ano e será visível em praticamente

WhatsApp: Os celulares em que o app deixará de funcionar em 2019

O WhatsApp atualizou sua lista de celulares incompatíveis com o aplicativo O WhatsApp, o aplicativo de mensagens mais usado no mundo, é

Pai obriga filha andar 8 km até a escola após ela praticar bullying

Estudante foi expulsa do ônibus escolar e pai teria que levá-la para a aula. Vídeo que mostra a punição já teve mais de 63 mil comentários e

Conheça 10 formas de colaborar com o combate ao aquecimento global

Não existe dúvida de que mudança climática é uma realidade, e estamos começando a ver exemplos, como as chuvas torrenciais no Brasil Os

Estudante de escola paga tem o dobro da chance de entrar na faculdade

Segundo a pesquisa, 79,2% dos estudantes que completam o ensino médio na rede privada ingressam no ensino superior. Na rede pública, esse

A epidemia de peste que quase dizimou a humanidade 5 mil anos atrás

Restos mortais de uma mulher de 20 anos que foi morta pela primeira grande pandemia. A peste bubônica - também conhecida como peste negra - é

No dia 15 de dezembro SAC de Teixeira vai atender exclusivamente

Teixeira de Freitas: O projeto Pequeno Cidadão, que facilita acesso de crianças de até 10 anos de idade para emissão de carteira de

Nasce primeiro bebê por transplante de útero de falecida

Detalhes do procedimento, realizado inteiramente no Hospital das Clínicas da USP, foram divulgados nesta terça (4) na revista médica The

Especialistas encontram falhas na nova Base Nacional Comum Curricular

Com a BNCC, estados terão que reelaborar currículos. Além disso, precisam garantir que alunos aprendam conteúdo básico e possam optar por mais

Caravelas e Polícia Militar assinam convênio para implantar ensino

Caravelas: A assinatura aconteceu nesta terça-feira, dia 04, firmando o convênio de cooperação técnica entre a Polícia Militar da Bahia

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: