Os interessados em concluir o ensino fundamental e obter um certificado profissionalizante para se inserir no mercado de trabalho podem se inscrever no Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem), criado pelo Ministério da Educação. No total, serão ofertadas 43 mil vagas na modalidade Urbana e outras 11 mil no Campo, por meio das secretarias de Educação estaduais e municipais. A matrícula irá ocorrer até 28 de fevereiro. As aulas têm início previsto para março.

“Essa iniciativa do MEC beneficia jovens de 18 a 29 anos que saibam ler e escrever e dá a oportunidade para que eles terminem o ensino fundamental”, explica o coordenador-geral de Política Educacional para a Juventude do MEC, Bruno Alves de Jesus.

Coordenado pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi), o Projovem é um mecanismo de promoção da igualdade, por meio de uma estratégia de prevenção e combate à discriminação no ensino. Os cursos, com duração entre 18 e 24 meses-respectivamente nas modalidades Urbano e Campo –, buscam a educação fundamental e a qualificação profissional inicial.

Programa – Aos estudantes e educadores dos programas, é fornecido todo o material didático-pedagógico específico, que destaca em sua fundamentação a consideração do estudante como sujeito de sua aprendizagem, respeitando suas vivências e experiências de vida e valorizando a cultura e os aspectos cotidianos. “Todo o material será fornecido e elaborado pelo MEC e o conteúdo tem uma dinâmica voltada para esses jovens e para essa juventude em suas várias faces”, reforça o coordenador-geral.

O programa oferece também sala de acolhimento para as crianças de até oito anos, filhos dos estudantes que não tem onde ficar no horário das aulas de seus pais.

Responsáveis por formar os educadores vinculados ao programa, os coordenadores locais e formadores terão acesso à formação inicial e continuada, ofertada pelo MEC, por meio da diretoria de Políticas para a Juventude, Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos. “Também temos uma preocupação com a formação inicial e continuada desses coordenadores locais e formadores”, finalizou Bruno Alves de Jesus.

Para mais informações, os interessados devem procurar a secretaria de educação estadual ou municipal de sua localidade.

 Por: Liberdadenews/ Ascom


Homenagem: Faculdade Pitágoras inaugura Auditório Dom Zuqueto em

Teixeira de Freitas: Na noite desta terça-feira, 14 de agosto, a Faculdade Pitágoras inaugurou o Auditório Dom Zuqueto, que recebeu esse nome em

Pró-reitor do Ifba morre vítima de latrocínio em Salvador

Morreu nesta segunda-feira, 13, vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), o pró-reitor de Desenvolvimento Institucional do Instituto

Moradores de Cruzeiro do Sul denunciam fechamento de escola,

Vereda: Nesta segunda-feira, 06 de agosto, nossa equipe de reportagem recebeu uma denúncia de moradores da zona rural de Cruzeiro do Sul, distrito

Professores da Uneb iniciam paralisação de cinco dias

Os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) iniciaram, na manhã desta segunda-feira (6), um protesto de cinco dias. Com isso, os

Telhado de escola municipal desaba no sul da Bahia

O telhado de uma escola municipal desabou na madrugada deste sábado (4), em Ilhéus, no sul do estado. De acordo com a Secretaria de Educação

Professores da Uneb prometem semana de protestos nas 24 unidades

Docentes protestam contra falta de infraestrutura, por passagem docente e maior orçamento. Paralisação será de 06 a 11 de agosto e atrasará o

Número de famílias brasileiras endividadas cresce em julho

Uma pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) apontou que o percentual de famílias brasileiras

Metade dos professores do Brasil não recomenda a própria profissão

Metade dos professores brasileiros não recomendaria a própria profissão a um jovem, por considerá-la desvalorizada. De acordo com a pesquisa

Prefeitura assina convênio com Associação Pestalozzi de Teixeira

Teixeira Freitas: O convênio de parceria entre Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas e a Associação Pestalozzi foi assinada na manhã

Brasil terá mais idosos do que crianças em duas décadas

O Brasil atingiu a marca de 208,4 milhões de habitantes em 2018, segundo estimativa do IBGE divulgada nesta quarta-feira (24). O dado é uma

Nossos Apoiadores: