O Brasil atingiu a marca de 208,4 milhões de habitantes em 2018, segundo estimativa do IBGE divulgada nesta quarta-feira (24). O dado é uma projeção com base no levantamento populacional do Censo de 2010. A população brasileira em 2018 teve aumento de 0,38% (ou 800 mil pessoas) em relação ao contingente de 2017, quando era de 207,6 milhões. 

O dado mais recente mostrou que o crescimento populacional brasileiro está desacelerando. Ou seja, a cada ano a população cresce menos. De 2016 para 2017, o crescimento havia sido de 1,6 milhão de pessoas, o dobro do registrado na passagem de 2017 para 2018.

Alguns motivos levam à desaceleração da taxa de crescimento da população. O principal é a redução da taxa de fecundidade. Além disso, as mulheres estão engravidando mais tarde e a relação entre idosos e jovens está diminuindo. 

O IBGE estimou que a população brasileira continuará a crescer pelos próximos 29 anos, até 2047, quando deverá atingir 233,2 milhões. Nos anos seguintes, estima o instituto, a população cairá gradualmente, até chegar a 228,3 milhões em 2060.

O instituto fez uma série de projeções de longo prazo. A expectativa é que até 2060 a população com mais de 60 anos mais que dobre de tamanho e atinja 32,1% do total. Esse indicador em 2018 está em 13,44%. 

Movimento contrário ocorre na população de crianças de até 14 anos, que atualmente representa 21,3% do total e que em 2060 representará 14,7%. O confronto desses dois indicadores mostra o envelhecimento da população.

Em 2060, portanto, o país terá mais idosos do que crianças. Se comparadas ano a ano, as mudanças são tímidas. Num prazo mais longo, porém, os dados não deixam dúvida. Em 2060, um quarto (25%) da população terá mais de 65 anos, estima o instituto.

O Rio Grande do Sul, segundo o IBGE, é o estado que primeiro experimentará uma proporção maior de idosos em relação às crianças. Essa reversão se dará em 2029. Quatro anos mais tarde será a vez de Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Os estados do Sul e Sudeste apresentam atualmente populações mais velhas do que os do Norte e do Nordeste, por exemplo. A idade média da população brasileira em 2018 é de 32,6 anos. O estado mais jovem é o Acre, com população com idade média de 24,9 anos. O Rio Grande do Sul é o mais envelhecido, com 35,9 anos.

Envelhecimento: O motivo para envelhecimento geral é que a expectativa de vida experimentou melhora na última década, enquanto a fecundidade caiu gradativamente. Atualmente, a expectativa de vida ao nascer é de 76,2 anos. Em 2060, será de 81.

Segundo o demógrafo do IBGE Tadeu Oliveira, a redução da fecundidade está associada ao aumento da participação da mulher no mercado de trabalho. Elas têm dado cada vez mais prioridade aos estudos ou à carreira e têm postergado a maternidade. A evolução tecnológica, que permite às mulheres engravidarem mais tarde, também tem impacto nos dados.

Em 2010, a idade média em que as brasileiras engravidavam pela primeira vez era de 26,5 anos. Em 2018, o número está em 27,1 anos. Em 2060, chegará aos 28,8 anos de idade. Atualmente, a taxa de fecundidade é de 1,77 filho por mulher. Em 2060, esse número será de 1,66.

Em 2018, o país teve mais 1,6 milhão a mais de nascimentos do que mortes (até 1º de julho, data de referência da pesquisa). Apesar da expectativa de vida maior em 2060 frente a 2018, a relação entre nascimentos e óbitos sofrerá reversão no futuro. 

O país terá, em 2060, 736 óbitos a mais do que nascimentos, segundo estimativa do IBGE, fato que contribui para o envelhecimento da população.


Qualificação: programa capacita jovens para se tornarem professores

O programa Ensina Brasil é uma iniciativa que tem como objetivo a qualificação de jovens para se tornarem professores da rede pública de

Inscrições para pré-seleção do Bolshoi seguem até 25 de agosto

Teixeira de Freitas: pouco mais de um mês para chegar ao fim as inscrições para a pré-seleção da Escola de Teatro Bolshoi que irá acontecer

Enem 2019: temas de noticiários podem estar presentes no exame

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 está se aproximando. E, de acordo com um levantamento realizado com a ajuda de alguns cursinhos

Teixeira: Escola Irmã Dulce é totalmente reformada e ampliada

Teixeira de Freitas: Para simbolizar a entrega das melhorias nas escolas Irmã Dulce, Joaquim Muniz e João Mendonça, o prefeito de Teixeira de

Embaixadora da paz: Educadora baiana Maribel Barreto será

O branco na roupa anuncia uma atitude que vai além das vestimentas. A educadora baiana Maribel Barreto é conhecida e reconhecida internacionalmente

Bolsas para pesquisa estão sendo ofertadas na América Latina

Estudantes de mestrado, doutorado e orientadores de universidades da América Latina que fazem pesquisa em Ciência da Computação, Engenharia e

Mentir no currículo: saiba quais os riscos dessa prática

Uma medida desesperada pode parecer inicialmente inofensiva: mentir no currículo. No entanto, pode acarretar diversos problemas ao longo do tempo,

Prouni 2019.2: candidatos devem manifestar interesse dia 15 de julho

Os candidatos que se inscreveram no Programa Universidade para Todos (Prouni) do segundo semestre de 2019 e não foram contemplados na chamada

Estudantes têm até hoje (12) para complementar as informações do

Os selecionados na segunda edição do Fundo de Financiamento Estudantil 2019 têm até hoje (12) para complementar a inscrição na página do

Projetos científicos: jovens brasileiros falam da importância do

Cerca de 60% dos jovens brasileiros são favoráveis ao aumento dos investimentos do país na ciência, foi o que revelou uma pesquisa divulgada pela

Nossos Apoiadores: