Um tributo a todas as espécies extintas

O ano de 2018 foi marcado por tristes notícias quanto à sobrevivência de vários animais. Quem não ficou tocado com a morte do último rinoceronte branco do norte macho em março? De lá pra cá, outros animais foram considerados extintos.

Pensando nisso, o site de notícias cientificas IFLScience fez uma lista e homenagem aos animais que perdemos no último ano e que podem sumir da natureza muito em breve.

Arara Spix

A estrela da plumagem azul famosa pela animação “Rio” não pode ser mais vista na natureza. Hoje existem apenas cerca de 100 pássaros e todos vivendo em cativeiro. Junto com a Arara Sprix, outras aves como Limpa-folha-do-nordeste, Gritador-do-nordeste e poʻo-uli estão “criticamente ameaçadas” para “extintas” na Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN).

Puma do Leste

Em 2018 o puma oriental foi oficialmente extinto. O Serviço de Pesca e Vida Selvagem (USFWS, sigla em inglês para The U.S. Fish and Wildlife Service), responsável pela proteção da fauna silvestre dos Estados Unidos, removeu o puma do leste (Puma concolor couguar) da Lista Nacional de Espécies Ameaçadas e declarou oficialmente o animal como extinto. Em 2011, a organização já havia constatado a impossibilidade de recuperação da espécie, mas adiou a oficialização.

Vaquita

Há agora apenas uma estimativa de 12 vaquitas, uma espécie rara de boto do norte do Golfo da Califórnia. Segundo especialista, a extinção completa da vaquitas está cada vez mais próxima. Um dos principais motivos de extinção é a pesca ilegal e o tráfico de animais.

Orangotango Tapanuli

O orangotango Tapanuli (Pongo tapanuliensis) é um dos animais mais raros do mundo. O animal foi encontrado em 2017 em Sumatra, na Indonésia, e já está enfrentando a extinção. Especialistas acreditam que seus números sejam inferiores a 800, distribuídos por uma pequena área ameaçada pela indústria chinesa. No local está sendo construída uma mega hidrelétrica que inundará partes do habitat do macaco.

Esperança para outras espécies

No meio de todas essas perdas, 2018 também viu os gorilas da montanha saindo do status crítico de extinção depois de um esforço bem-sucedido de conservação. O número desses animais na natureza foi aumentado para mais de 1.000.

Teve também os rinocerontes negros selvagens que retornaram ao Chade, na África Central, depois que a caça furtiva os levou à extinção local décadas atrás. O adorável rato canguru San Quintin foi encontrado vivo e bem depois de três décadas de suposta extinção.

E ainda há esperança para os dois rinocerontes brancos do norte. Pesquisas deste ano descobriram que os rinocerontes brancos do norte e do sul podem repovoar a espécie via fertilização in vitro. Os cientistas acreditam que dentro de três anos, nascerá um filhote 100% de rinoceronte branco do norte.

Fonte: Go Outside


Asteroide passa próximo da Terra

Nasa registrou o 2019 AG3, com tamanho comparável ao de um avião, a uma distância de 4,9 milhões de quilômetros do planeta O asteroide 2019

As Notas do Enem serão divulgadas nesta sexta

Nesta sexta-feira, 18, mais de 4,1 milhões de estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano passado terão acesso às notas

Após golpe na cabeça homem vira um gênio da matemática

Jason Padgett com visual dos anos 80: 'Aquele estereótipo do idiota que você vê entrando em um bar... Este era eu' Foi literalmente um golpe

Secretaria mobiliza educadores para a Semana Pedagógica 2019

Com o objetivo de planejar o ano letivo de 2019, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia realizará, entre os dias 4 e 8 de fevereiro, a

Veja dicas para se aposentar antes dos 40 anos

Aposentar-se cedo é o desejo de muitas pessoas, mas que parece distante da realidade. Porém, é possível que isso aconteça, desde que indivíduo

A onda de 1,6 mil metros que pode ter dizimado os dinossauros

A maior onda já documentada no hemisfério sul na história moderna tinha 23,8 metros de altura Em maio de 2018, cientistas documentaram nas

Por que a estrela mais brilhante da galáxia é invisível a olho nu

Eta Carinae, estrela mais luminosa da Via Láctea, perderá nuvem de poeira que hoje ofusca seu brilho quando vista da Terra. Apesar de brilhar

A árvore que guiou a história humana e sustenta vida de milhares de

Há mais de 2 mil anos, o galho de uma importante árvore foi cortado sob ordens de Ashoka, o Grande, imperador da Índia. Diz-se que foi embaixo

Astrônomos flagram buraco negro 'devorando' estrela

Um telescópio a bordo da Estação Espacial Internacional captou sinais de um buraco negro "devorando" uma estrela. As imagens, detectadas em março

Lançado em julho de 2018, livro sobre Japonês da Federal vende mais

O livro que conta histórias do ex-agente da Polícia Federal, Newton Ishii, conhecido como o Japonês da Federal, já ultrapassou a marca de 10

UAI Brasil
O teixeirão 2018
Connect Informática
Nossos Apoiadores: