A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) e o Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (CAED) realizaram o pré-lançamento do Portal do Sistema de Avaliação Baiano de Educação (SABE), nessa quarta-feira (22), no auditório da Secretaria. Na ocasião, o CAED apresentou o resultado da Avaliação Somativa do SABE 2019 e anunciou a segunda edição do Sistema de Avaliação Baiano de Educação (SABE), que vai acontecer entre fevereiro e outubro deste ano. A ferramenta é considerada fundamental para o mapeamento das aprendizagens dos estudantes das escolas estaduais da capital e do interior. Participaram do evento o secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, e outros dirigentes da rede estadual, além de representantes do CAED.

Dentro do projeto pedagógico de incentivar ações para que, ao longo do ano letivo, as escolas da rede estadual sejam espaço de acolhimento, de pertencimento e de garantia dos direitos de aprendizagem para os estudantes, o secretário Jerônimo Rodrigues falou sobre a importância do retorno do SABE na rede estadual. “Quero me dirigir aos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) e a cada unidade escolar do Estado, celebrando a retomada de um sistema estadual de avaliação, que iniciamos em 2007. Entendemos muito bem o papel da avaliação e as dificuldades que temos no processo avaliativo. Então, retomar e fortalecer esse sistema significa caminharmos para a qualificação do processo de formação dos professores e do processo de controle de cada atividade pedagógica. O sistema de avaliação nos dá a possibilidade de monitorar cada Núcleo Territorial, cada escola, cada classe, cada estudante, ou seja, toda a nossa rede estadual de Educação, visando o fortalecimento da aprendizagem da Bahia”.

O secretário Jerônimo falou, ainda, sobre a importância da participação efetiva dos gestores e professores no Portal do SABE, que será lançado durante a Jornada Pedagógica. “Os diretores dos Núcleos Territoriais, os gestores escolares, os coordenadores pedagógicos e os professores da rede estadual terão em mãos uma ferramenta muito importante e dinâmica. Então, faço um apelo para que participem desse portal, não só acessando, mas também trazendo contribuições, ajudando a gente a qualificar as boas práticas. É importante que o portal seja usado diariamente pois temos ali informações das avaliações, das nossas provas aplicadas ao longo do ano. Esta ferramenta nos ajudará na pactuação que fizemos com os NTEs e o pacto que faremos, neste ano, com cada unidade escolar, para que possamos movimentar, melhorar os nossos indicadores”.

A diretora geral do CAED, Lina Cátia de Oliveira, aproveitou a ocasião para celebrar a parceria com a SEC e ressaltou, também, a importância dos processos avaliativos na Educação. “É muito importante a iniciativa que a Secretaria da Educação do Estado da Bahia tomou em relação à retomada do sistema de avaliação, porque os dados chegam à escola e devem ser traduzidos em realidades educacionais. Ou seja, quais habilidades e que percursos a escola deve tomar para contribuir nesse processo de aprendizagem e, assim, o aluno siga o seu percurso escolar com sucesso. E vem aí uma plataforma com foco no pedagógico que vai ajudar o professor em sala de aula a entender os resultados avaliativos e a fazer seu planejamento e replanejamento. O CAED e a SEC têm o entendimento que avaliar é testar o direito fundamental de todo aluno, que é aprender”.

O SABE tem como objetivo fortalecer a cultura de avaliação como estratégia potencializadora das aprendizagens e de indicadores pedagógicos que subsidiem a atuação da Secretaria da Educação e das escolas nos processos formativos dos estudantes e dos professores. Além disso, o sistema visa promover uma familiarização dos estudantes com diferentes processos avaliativos, a partir das atividades realizadas nas escolas.

Calendário SABE 2020 – A Secretaria da Educação também divulgou o calendário 2020 do Sistema de Avaliação Baiano de Educação (veja tabela abaixo). A coordenadora estadual do SABE, Fátima Medeiros, destaca a importância de os colégios aplicarem as provas do SABE: “Os resultados subsidiam a discussão durantes as AC (Atividade Complementar) de Língua Portuguesa e Matemática; contribuem para a SEC pensar em ações formativas para os professores; e ajudam os coordenadores na orientação dos seus trabalhos pedagógicos, junto aos professores. Para o estudante é uma forma de ele perceber como está o seu aprendizado nessas disciplinas e refletir sobre os esforços necessários para melhorar”, enumera.

A novidade, este ano, é que serão realizadas sete atividades avaliativas, sendo que irão para o sistema três delas: avaliação diagnóstica, que acontece no dia 18 de fevereiro, e duas formativas, que serão realizadas nos dias 26 de maio e 20 de outubro, visando apresentar mais informações que possam subsidiar a adoção de novas estratégias pelos professores para potencializar as aprendizagens dos estudantes.

Em 2020, aponta a coordenadora, as avaliações serão direcionadas aos estudantes do 4º e 8º ano do Ensino Fundamental; do 1º e 2º ano do Ensino Médio; e do 1º e 2º ano da Educação Profissional. Dessa forma, em 2021, esses estudantes estarão nas séries conclusivas de cada etapa do SABE e farão, também, a avaliação do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB). “Então, as escolas vão poder analisar, por meio das provas do SABE, em séries distintas, o aprendizado dos estudantes e fazer intervenções necessárias, caso eles revelem que não estão com o aprendizado adequado àquela série", pontua.

Importante destacar que no dia 4 de agosto será realizada a Prova SABE, que é uma avaliação externa baseada na mesma metodologia das avaliações do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), com a finalidade de aproximar os estudantes dos procedimentos exigidos em diversas avaliações usadas nacionalmente e subsidiar as escolas com informações sobre a evolução das aprendizagens dos estudantes, para a melhoria dos processos de ensino e das aprendizagens.

Calendário SABE 2020:

18/02 - SABE 1 - Avaliação Diagnóstica

31/03 - SABE 2 - Caderno de Apoio

26/05 - SABE 3 - Avaliação Formativa

07/07 - SABE 4 - Caderno de Apoio

04/08 - SABE 5 - Avaliação Somativa (Prova SABE)

08/09 - SABE 6 - Caderno de Apoio

20/10 - SABE 7 - Avaliação Formativa

Por: Liberdadenews/ Ascom


Não passou no vestibular? Confira dicas para recuperar a motivação

Aprenda a ter ânimo para voltar a estudar e não desistir do seu sonho Não passar no vestibular é uma situação que não é tão simples de

Curso de Biomedicina está entre os mais concorridos da área de

Biomédicos focam em pesquisas sobre causadores de enfermidades e suas possíveis curas A Biomedicina é uma carreira que transita entre a Biologia

MEC busca alternativa para voltar a emitir carteira de estudante

O Ministério da Educação (MEC) informou nesta segunda (17) que busca alternativas para garantir aos estudantes a emissão gratuita de

Resultado da segunda chamada do ProUni já está disponível

Estudantes têm até o dia 28 para apresentar documentação O Ministério da Educação divulgou hoje (18) o resultado da segunda chamada do

MEC não pode emitir carteira estudantil a partir desta segunda-feira

IDs terão validade até a data de expiração O Ministério da Educação (MEC) não está emitindo novas identidades estudantis (IDs) – as

Matrícula na educação infantil cresceu 12,6% nos últimos cinco

O crescimento foi impulsionado pelas matrículas em creches O número de matrículas na educação infantil aumentou em 12,6% nos últimos cinco

Praticar atividade física com vídeos da internet pode causar graves

Vídeos que circulam pela internet são alternativas “fáceis” e baratas Cada dia mais comum no ambiente virtual, aplicativos, blogs e vídeos

Saiba quais são os fenômenos astronômicos previstos para 2020

Calendário prevê eclipses solares, lunares e chuvas de meteoros Os fenômenos astronômicos previstos para 2020 vão além da Superlua deste

Curso de faculdade para formar youtuber inicia no Brasil; Saiba mais

Proposta é capacitar influenciadores digitais que querem trabalhar com a plataforma de vídeos. Aulas abordam também legislação, finanças e

Escolas brasileiras começam a atuar no modelo cívico-militar

Ainda em fase piloto, até 2023 aproximadamente 216 escolas deverão ser cívico-militares Visando contribuir para a evasão escolar crescente no

Nossos Apoiadores: