São Paulo, campeão da Copa RS, chega como um dos principais candidatos ao título, ao lado de Palmeiras, Cruzeiro, Botafogo, Bahia e Internacional

Futebol é uma caixinha de surpresas, já diz o ditado. Mas a Copa São Paulo não. A quantidade de zebras no torneio não cabe em uma só caixinha. Talvez em um container. Um dia de chuva, um campo ruim, uma bola que não entra, e pronto. Davi ganha de Golias com frequência na maior competição de base do mundo. É difícil, portanto, fazer alguma previsão exata sobre os favoritos da Copinha, cuja edição de 2018 começa nesta terça-feira.

FAVORITOS

São Paulo

O tricolor é tricampeão da Copa RS, mas não levanta a Copinha desde 2010, quando tinha Lucas e Casemiro. O técnico André Jardine tem à sua disposição o melhor elenco sub-20 do Brasil, com alguns jogadores que já foram campeões até da Libertadores Sub-20 e outros nomes talentosos que subiram do sub-17. É o time a ficar de olho com nomes como os atacantes Antony e Jonas Toró, o meio-campista Liziero, o volante Luan e o zagueiro Walce, entre outros.

Palmeiras

Vice-campeão da Copa RS, o Palmeiras é o atual campeão paulista sub-20 e aumentou muito o investimento na base nos últimos anos. Nunca venceu a Copinha, o que aumenta a pressão interna sobre um título inédito, e tem capacidade de sobra com o elenco atual para mudar essa história. Sobra potencial em nomes como os atacantes Fernando e Léo Passos, o zagueiro Vitão e os meias Alan e José Aldo.

Cruzeiro

O atual campeão brasileiro sub-20 jamais pode ser subestimado. É uma equipe com base consolidada, que sofreu poucas perdas na defesa (embora Thonny Anderson, Nickson e Jonata tenham estourado a idade) e tem um belo contragolpe. Não enche os olhos, mas é um time extremamente concentrado e competitivo. E tem no lateral-direito Vitinho (que pode jogar como atacante também) um de seus destaques individuais, ao lado do goleiro Brazão, de apenas 17 anos, e do volante Vander.

Botafogo

Campeão brasileiro sub-20 em 2016, o Botafogo tem um time muito bem treinado e organizado por Eduardo Barroca. Joga com posse de bola, criando jogadas a partir do ótimo volante Wenderson, mas pode esbarrar na falta de um centroavante com experiência, pois Igor Cássio, o titular, rompeu o ligamento cruzado do joelho em 2017, e Ezequiel, que foi improvisado no setor (era ponta de origem), deu tão certo que foi parar nos profissionais. Quem pode surpreender é o lateral-esquerdo Jonathan, contratado por empréstimo junto ao Nova Iguaçu.

Bahia

É uma geração forte, trabalhada há três anos para a Copinha e com alguns garotos remanescentes do vice-campeonato da Copa do Brasil Sub-20 em 1997. Não contará com o meia Dimitri, machucado, mas tem em Felipinho, da mesma posição, uma esperança, além de Geovane Itinga, artilheiro da Copinha em 2016 e dos ótimos goleiros Dejair e Cassiano. A novidade fica por conta do lateral-direito Alessandro, contratado junto ao Ceará. Será um rival forte para todos.

Corinthians

Atual campeão e finalista das últimas quatro edições do torneio, o Corinthians jamais pode ser subestimado. Mas chega ao torneio aparentemente sem a força de outros anos. Destaques em 2017, Mantuan e Carlinhos estouraram a idade, assim como o lateral-esquerdo Guilherme Romão. Pedrinho subiu aos profissionais, e no banco o técnico não é mais Osmar Loss, e sim Coelho, ex-lateral-direito do próprio Corinthians. O Timão contratou vários jogadores, entre eles os centroavantes João Pedro, ex-Atlético-GO (de onde veio o volante Guilherme Borges também), e Nathan, ex-Nova Iguaçu, mesmo time de origem do meia Ramon. Para a ponta, chegou Paulo Bessa, do Paraná, mas Rafael Bilu, que está no clube há tempos, tem potencial para surpreender, assim como o zagueiro Carlos. Fabrício Oya, campeão no ano passado, é a referência no meio-campo.

Internacional

Semifinalista da Copa RS Sub-20 em 2017, o Internacional vai à Copinha com a ótima geração 99 do clube, que começa a dar as caras. Nomes como o atacante Richard e o zagueiro Bruno Fuchs já são titulares da equipe. Outros, como o meia Da Silva, são muito talentosos e podem brilhar junto com uma base sólida no último ano de juniores. Entre os mais velhos, o time tem o ponta Neto, que veio do São Paulo, como um dos destaques.

Fonte:  Globo Esporte


Brasileiros chegam ao cume da oitava montanha mais alta do mundo

O time formado pelos brasileiros Pedro Hauck, Claudia Bento e Bernardo Fonseca atingiram o cume do Manaslu, a oitava montanha mais alta do mundo na

Uma mutação genética ajudou os humanos a se tornarem super

Um ajuste para o gene CMAH pode ser a chave para a superioridade dos humanos Quando Eliud Kipchoge quebrou a fita na Maratona de Berlim no mês

Brasil joga mal, mas bate Argentina em amistoso

O Brasil encarou uma renovada Argentina, em amistoso disputado nesta terça-feira em Jeddah, na Arábia Saudita, e voltou a apresentar um

Experiencias: Quatro passos para você praticar voo livre

Aprenda a fazer voo livre e curta a paisagem de outro ângulo O ano de 2018 é bastante especial para o voo livre no Brasil. Há exatas três

Turan, Ex-Barça, é indiciado por lesão corporal e posse ilegal de

O meia Arda Turan foi indiciado nesta quarta-feira por um tribunal de Istambul por lesão corporal, ameaça e posse ilegal de uma arma, crimes

Conheça 7 alimentos para turbinar sua performance no esporte

A escolha certa dos alimentos pode dispensar até o uso de suplementos Você que melhorar sua performance? Coma alimentos de verdade.

Cruzeiro fecha preparação para final da Copa do Brasil

Raposa enfrenta o Corinthians nesta quarta, às 21h45, em São Paulo O Cruzeiro realizou nesta terça-feira seu último treinamento antes do

Mitos e verdades sobre correr no calor

Confira as “verdades” já derrubadas por especialistas, além de dicas de alimentação e hidratação Não é apenas a mente dos corredores

Nove alpinistas morrem no Himalaia por Tempestade no Nepal

Cinco alpinistas sul-coreanos e quatro guias nepaleses morreram na base do monte Gurja Himal Nove membros de uma expedição – cinco alpinistas

Brasil derrota a Holanda no Mundial de Vôlei Feminino, no Japão

Time de José Roberto Guimarães manteve a expectativa de ficar com o título A Seleção Brasileira feminina de vôlei manteve sua expectativa de

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: