Quase todos os restaurantes que vendem carne de cachorro no condado sul-coreano de Pyeongchang, onde acontecerá a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na sexta-feira, negaram um pedido do governo de parar de servir esta comida, admitiu um oficial nesta quinta-feira (8).

Acredita-se que os sul-coreanos consumam cerca de um milhão de cachorros por ano como uma iguaria de verão, com sua gordurosa carne vermelha sendo considerada uma rica fonte de energia.

Ativistas intensificaram as campanhas para proibir o consumo de carne de cachorro, com petições on-line querendo o boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang-2018, além de protestos em Seul.

As autoridades locais pediram aos 12 restaurantes que servem carne de cachorro em Pyeongchang que parassem de vender esta comida durante os Jogos em troca de subsídios.

No entanto, apenas dois cumpriram com a solicitação, informou à AFP o oficial do governo de Pyeongchang, Lee Yong-Bae.

“Enfrentamos muitas queixas dos operadores de restaurantes de que estamos ameaçando sua subsistência”, afirmou.

“Inicialmente, alguns deles venderam carne de porco e outras coisas ao invés de carne de cachorro apenas para ver suas vendas caindo bruscamente. Então voltaram para a carne de cachorro”.

Os anúncios que mostram pratos feitos com carne de cachorro, como o boshintang (sopa que melhora a saúde), o yeongyangtang (sopa de nutrientes), ou sacheoltang (sopa do ano inteiro), foram substituídos por outros mais neutros, como o yeomsotang (sopa de cabra), para evitar “uma impressão ruim dos estrangeiros” durante os Jogos, continuou.

Oficialmente, a carne de cachorro é classificada como “detestável” por Seul, como a de cobra, mas essa designação não tem ramificações legais.

As autoridades sul-coreanas periodicamente tentam persuadir os restaurantes a mudarem seus cardápios, ou retirarem propagandas sugestivas de carne de cachorro, durante grandes eventos internacionais ocorridos no país.

A tradição declina à medida que a nação abraça cada vez mais a ideia dos cachorros como animais de estimação, ao invés de gado, fazendo com que, entre os jovens sul-coreanos, comê-los se torne um tabu.

Fonte: Istoé

Bahia recebe o Náutico e busca encaminhar vaga no Nordestão

Uma estreia de temporada com derrota em casa na Copa do Nordeste. O pior início do time na história do Campeonato Baiano (um triunfo, dois

Brasileira obtém vaga inédita na final da patinação artística

Isadora Williams ficou em 17º lugar nos Jogos Olímpicos de Pyeongchang Isadora Williams está na final da patinação artística dos Jogos

Após criticar Neymar, Casagrande pode ficar de fora da Copa

Globo terá de escolher entre ter Casagrande comentando a seleção no mundial, ou conseguir se reaproximar de Neymar As críticas a Neymar após

Sul-Americano  feminino de vôlei começa nesta terça-feira

Brasileiras se juntam a quatro clubes estrangeiros para disputa do torneio de vôlei em Belo Horizonte A bola vai subir na Arena do Minas. Nesta

Giba se defende sobre pensão para filhos: ‘pago um valor justo’

Ex-jogador de vôlei disse que ex-mulher pede valor incompatível com os seus rendimentos atuais; Cristina Pirv contou que pode provar falta de

Hondurenho é barrado nos EUA e o baiano Robson terá novo rival

Baiano enfrentará o americano Ignacio "El Alacran" Holguin O baiano Robson Conceição terá novo adversário na sua sexta luta como pugilista

Radialista é demitido após comentário sexual

Patrick Connor se desculpou após ser recriminado pelos comentários Um radialista foi demitido após fazer comentários públicos de cunho sexual

Americanas e canadenses brigam em partida de hóquei 

Em duelo com vitória do Canadá, jogadoras se estranham no fim da partida Estados Unidos e Canadá sempre protagonizam grandes jogos no hóquei

Mega-Sena acumula e sorteará R$ 100 milhões no sábado

O concurso 2.015 da Mega-Sena poderá pagar R$ 100 milhões a quem acertar as seis dezenas neste sábado (17).  No sorteio dessa quarta-feira

Americana faz movimento histórico na patinação em Pyeong Chang

Mirai Nagasu diz que caiu diversas vezes ao tentar nos treinos o Triple Axel que ajudou os EUA a conquistarem a prata por equipes; família é

Nossos Apoiadores: