Pela categoria 7,5km Sprint + 7,5km Esquiatlo do Esqui Cross Country, esquiadora vence a veterana norueguesa Marit Bjoergen, que faz história ao levar a prata

A Suécia é o primeiro país a garantir uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018. Em final realizada na madrugada deste sábado, no Brasil, a esquiadora Charlotte Kalla conquistou o ouro no Esqui Cross Country na categoria 7,5km Sprint + 7,5km Esquiatlo, com um tempo de 40:44:9’. A veterana norueguesa Marit Bjoergen, bicampeã da categoria, ficou com a prata, com o tempo de 40:52.7, enquanto a finlandesa Krista Parmakosi ficou em terceiro, anotando 40:55.0. Depois do vice em Sochi, essa é a primeira medalha de ouro de Kalla na categoria. Já Bjoergen se tornou a mulher com maior número de medalhas olímpicas na história, com 11, sendo seis de ouro.

“Estava um pouco nervosa, porque a Olimpíada de Inverno é algo que eu estou focada por muito tempo. Me senti bem durante a temporada mas sei que o que importa mesmo é estar em forma na Olimpíada. Foi incrível e muito divertido competir hoje. Tive a impressão que ficaria mais forte se eu tentasse fazer alguma coisa na última volta e não esperar muito. Só reparei que venci na linha de chegada. Eu não quis olhar para trás antes, só foquei e dei o meu máximo o tempo todo. Foi uma felicidade muito grande e também um alívio, mas grande parte do tempo foi pura alegria”, declarou Kalla.

A prova começou com um ritmo muito forte da sueca. Ela liderou nos primeiros quatro quilômetros de prova, sendo ultrapassada por Victoria Cal, da Alemanha, depois de 10 minutos de competição. A vantagem da alemã, no entanto, não durou muito tempo. Eis que apareceu a maior campeã olímpica da história do esporte: Bjoergen. Por quase sete quilômetros, ela liderou o pelotão, mas sempre perseguida de perto pelas adversárias.

Depois da metade da prova, Kalla retomou a ponta, mas voltou a ser ultrapassada. Três competidoras alternaram, no último terço de prova, a liderança: a suíça Nathalie Von Siebenthal, a sueca Charlotte Kalla e a norueguesa Marit Bjoergen. Nos últimos três quilômetros, a sueca começou a abrir vantagem, que chegou a quase 10 segundos. Com uma distância considerável, a nova campeã olímpica cruzou a linha de chegada com uma tranquilidade nada comum de uma Olimpíada.

Essa é a terceira medalha de Kalla em Olimpíadas. Ela foi campeã em 2010 nos 10 km individuais, e também conquistou o quatro por 5 km em 2014. Apesar de ter vencido, a esquiadora ainda não ganhou sua medalha. A sueca deve receber das mãos de Thomas, Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional, neste sábado por volta das 8h (de Brasília).

Em 57ª, coreana fica longe de vencer em casa - Lee Chaewon foi a primeira Coreana a disputar uma competição que envolvesse medalha em sua país natal. Mesmo com o fator casa e com às chances pequenas, ela não foi bem na final da categoria 7,5km Sprint + 7,5km Esquiatlo. Lee terminou a prova em 57ª.

Fonte: Globo Esporte

Bahia vence o Santos e conquista seu 1° triunfo no Brasileirão

Mais um vez o jovem atacante Júnior Brumado decretou o triunfo do Bahia, desta vez, na Arena Fonte Nova. Diante da sua torcida, o Tricolor

Bahia pega o Vasco nas oitavas de final da Copa do Brasil

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) realizou o sorteio das oitavas de final da Copa do Brasil no final da manhã desta sexta-feira (20),

Estádios serão fiscalizados pelo MP-BA para competições da CBF

Os estádios baianos utilizados em competições de futebol profissional organizados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) serão

CBF proíbe venda de versão vermelha da camisa da Seleção

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) proibiu a venda da camisa vermelha da Seleção Brasileira. A versão foi criada pela designer Luísa

Bahia joga mal e perde para o Internacional fora de casa

O Bahia não faz boa partida e estreia com derrota no Campeonato Brasileiro. O tricolor perdeu por 2 a 0 para o Internacional neste domingo

Flamengo faz proposta para tentar segurar Everton

O Flamengo foi surpreendido nos últimos dias com a investida do São Paulo para levar o atacante de 29 anos para o Morumbi. Antigo desejo do

Bahia volta a vencer o Vitória e é campeão baiano de 2018

O Bahia conquistou o seu 47° título de campeão baiano neste domingo (8). O Tricolor, que precisava de um empate para levantar o caneco, voltou a

Após prisão decretada, Maradona manifesta apoio Lula

O ex-jogador de futebol, Diego Maradona, voltou a manifestar apoio ao ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva. O ex-chefe do estado brasileiro

Renovação do Bahia com a Caixa é publicada no Diário Oficial

A Caixa Econômica Federal segue como patrocinadora máster do Bahia. Nesta quinta-feira (5), o novo contrato do banco com o clube foi públicado

Lutador de MMA, Adriano Mamute é assassinado na frente da família

O lutador de MMA, Adriano Sylberth Santana Pereira, mais conhecido por Adriano Mamute, foi assassinado com tiro e facadas nesta terça-feira (3),

 

 

Nossos Apoiadores: