Fluminense nocauteia inglês no primeiro round e leva título peso-meio-pesado. Brasileiros perdem no M-1 Challenge 87, na Rússia

 Num fim de semana sem muitos grandes eventos de MMA fora o UFC, o brasileiro Johnny Walker foi um dos maiores destaques do esporte no cenário internacional. No Ultimate Challenge MMA (UCMMA), evento inglês que já contou com nomes como Brad Pickett, Jimi Manuwa e Michael Page, o lutador de Rio das Ostras venceu o inglês Stuart Austin por nocaute no primeiro round no último sábado, para conquistar o cinturão dos pesos-meio-pesados (até 93kg). Confira abaixo a joelhada que mandou Austin à lona e garantiu o título.

O que também chamou a atenção foi a entrada de Walker no cage. Ao som da música "Rhythm Is a Dancer", de Corona, o fluminense recriou um striptease do "clube das mulheres" da novela "De Corpo e Alma", exibida pela Rede Globo nos anos 1990, com direito a gravata borboleta e tudo. "Quando eu puxo a responsabilidade, a parada fica séria, porque depois de uma entrada dessa eu sou obrigado a ganhar", escreveu o lutador ao compartilhar um vídeo da sua apresentação em sua conta no Facebook.

O evento também destacou a disputa do cinturão peso-leve do UCMMA, vencida por Harry Davies, que derrotou Danny Blundell por decisão unânime.

 Brasileiros perdem no M-1 Challenge 87

 Os lutadores do Brasil não tiveram a mesma sorte no M-1 Challenge 87, disputado em São Petersburgo, na Rússia. Os três representantes do país saíram do "hexaringue" derrotados. O peso-meio-médio Anderson "Fala Mansa" Queiroz foi nocauteado pelo russo Daniil Prikaza a 1m37s do primeiro round, e o baiano Kleber Orgulho, lutando como peso-pesado, perdeu por decisão unânime para o ucraniano Dimitriy Mikutsa.

No coevento principal, o peso-pena Jadison Tita também perdeu por nocaute, para o russo Timur Nagibin, aos 18s do terceiro round. Nagibin dominou o combate completamente, apesar de ter perdido um ponto no primeiro round por acertar um "tiro de meta" (chute na cabeça do adversário caído), golpe ilegal nas regras unificadas do MMA. Ele finalizou o combate com dois cruzados de direita certeiros.

Na luta principal, o cazaque Arman Ashimov nocauteou o finlandês Mikael Silander no terceiro round para conquistar o cinturão interino dos pesos-moscas.

Fonte: G1

Bahia recebe o Náutico e busca encaminhar vaga no Nordestão

Uma estreia de temporada com derrota em casa na Copa do Nordeste. O pior início do time na história do Campeonato Baiano (um triunfo, dois

Brasileira obtém vaga inédita na final da patinação artística

Isadora Williams ficou em 17º lugar nos Jogos Olímpicos de Pyeongchang Isadora Williams está na final da patinação artística dos Jogos

Após criticar Neymar, Casagrande pode ficar de fora da Copa

Globo terá de escolher entre ter Casagrande comentando a seleção no mundial, ou conseguir se reaproximar de Neymar As críticas a Neymar após

Sul-Americano  feminino de vôlei começa nesta terça-feira

Brasileiras se juntam a quatro clubes estrangeiros para disputa do torneio de vôlei em Belo Horizonte A bola vai subir na Arena do Minas. Nesta

Giba se defende sobre pensão para filhos: ‘pago um valor justo’

Ex-jogador de vôlei disse que ex-mulher pede valor incompatível com os seus rendimentos atuais; Cristina Pirv contou que pode provar falta de

Hondurenho é barrado nos EUA e o baiano Robson terá novo rival

Baiano enfrentará o americano Ignacio "El Alacran" Holguin O baiano Robson Conceição terá novo adversário na sua sexta luta como pugilista

Radialista é demitido após comentário sexual

Patrick Connor se desculpou após ser recriminado pelos comentários Um radialista foi demitido após fazer comentários públicos de cunho sexual

Americanas e canadenses brigam em partida de hóquei 

Em duelo com vitória do Canadá, jogadoras se estranham no fim da partida Estados Unidos e Canadá sempre protagonizam grandes jogos no hóquei

Mega-Sena acumula e sorteará R$ 100 milhões no sábado

O concurso 2.015 da Mega-Sena poderá pagar R$ 100 milhões a quem acertar as seis dezenas neste sábado (17).  No sorteio dessa quarta-feira

Americana faz movimento histórico na patinação em Pyeong Chang

Mirai Nagasu diz que caiu diversas vezes ao tentar nos treinos o Triple Axel que ajudou os EUA a conquistarem a prata por equipes; família é

Nossos Apoiadores: