Um belo jogo de sete gols e reviravoltas! A França despachou a Argentina de volta para Buenos Aires. Com gols de Griezmann, Pavard e Mbappé, duas vezes, os franceses reviraram para cima dos argentinos fazendo 4 a 3 no placar, neste sábado (30), na Arena Kazan, em Kazan, pelas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia. Di María, Mercado e Agüero marcaram para os hermanos.

Agora, a equipe do técnico Didier Deschamps espera o vencedor do confronto entre Uruguai e Portugal para conhecer o seu adversário nas quartas de final. O duelo da próxima fase está marcado para sexta-feira (6), novamente às 11h no horário de Brasília, em Nizhny Novgorod.

O JOGO

O jogo começou com muita marcação e com a Argentina pressionando a saída de bola francesa. Porém, logo aos sete minutos, Mbappé mostrou a que veio. Após chutão do goleiro Lloris, Giroud tocou de casquinha e o camisa 10 da França pegou sobra, arrancou e foi parado com falta. Na cobrança, Griezmann carimbou o travessão argentino.

Aos 10 minutos, Mbappé deu arrancada e fez bela jogada. O atacante francês só foi parado por Rojo com falta dentro da grande área, que foi assinalada pelo árbitro apontando para a marca do pênalti. Na cobrança da penalidade máxima, Griezmann bateu com frieza deslocando o goleiro Armani e abrindo o placar. França 1 a 0 Argentina.

Aos 18 minutos, quando a Argentina parecia querer dominar o jogo buscar a reação, Mbappé foi novamente lançado no setor ofensivo. Ele ganhou na corrida da marcação, mas sofreu a falta perto da entrada da grande área. Na cobrança da falta, Griezmann e Pogba fizeram a conferência e o camisa 6 tomou distância, mas bateu por cima da trave de Armani.

A França marcava bem a Argentina e dava pouco espaço para Messi produzir. No entanto, aos 40 minutos, Di María recebeu na intermediária e bateu forte sem chances para Lloris que ainda tentou buscar, mas não pôde evitar o gol. Argentina empata o jogo com um golaço do seu camisa 7. França 1 a 1 Argentina.

Segundo tempo

O gol de Di María no final do primeiro tempo parece ter gás à seleção argentina. Logo aos dois minutos, Banega cobrou uma falta próxima à linha de fundo pelo lado esquerdo do ataque sul-americano. A bola desviou e sobrou com Messi, na quina da grande área. O craque dominou, puxou para a esquerda e bateu, a bola desviou no zagueiro Mercado e enganou Lloris morrendo no gol. Era a virada hermana. França 1 a 2 Argentina.

Aos 10 minutos, a França dominou a bola na intermediária e tentou acionar Griezmann, mas o passe ruim ia se perdendo no miolo de zaga da Argentina. Ia se perdendo, se não fosse o papelão entre Fazio, que havia retornado do vestiário no lugar de Rojo, e Armani. O defensor tocou errado para o arqueiro. O atacante francês briga, mas por pouco não conseguiu mandar para o gol.

Mas em seguida, aos 12, Pavard pegou a sobra, a um passo atrás da grande área, e bateu de primeira com o lado de fora do pé. A bola foi direto na gaveta, no ângulo direito de Armani. Um golaço do lateral francês para deixar tudo igual em Kazan. França 2 a 2 Argentina.

As emoções e os gols bonitos não param! Hernandéz cruza na área, Matuidi tenta pegar de primeira, mas é travado. A bola sobra para Mbappé, que dá belo corte no marcador e bate com a perna esquerda para recolocar a seleção francesa na frente aos 18. França 3 a 2 Argentina.

No contra-ataque, Umtiti passou para Muitidi, que achou Giroud na intermediária. Ele toca para Mbappé, que vinha livre pela direta. O camisa 10 dominou e bateu firme na saída de Armani, quando o relógio marcava 22 minutos. França 4 a 2 Argentina.

E a França queria mais! Giroud recebeu livre na entrada da área pelo lado esquerdo e bateu para o gol, mas a bola balançou a rede do lado de fora.

A primeira arrancada de Messi só saiu aos 39 minutos. Ele recebeu na intermediária, passou pelo meio da defesa, mas bateu fraco e Lloris fez a defesa sem dificuldades.

Apesar do placar desfavorável, a Argentina não se entrega e continua lutando no jogo. Messi cruza na cabeça de Agüero, que tira de Lloris e diminui a vantagem recolocando os argentinos no páreo aos 47. França 4 a 3 Argentina.

Fonte: Bahianoticias

Vitória renova contrato do atacante Flávio até dezembro de 2021

Cria do Vitória, o atacante Flávio teve o seu contrato renovado com o clube até 31 de dezembro de 2021. O seu antigo vínculo iria expirar em

Bahia perde para o Vasco, mas avança para as quartas de final

O Bahia foi ao Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (16), com o intuito de administrar a boa vantagem de 3 a 0 conquistada no primeiro jogo das

Com gol contra e uso do VAR, França vence a Croácia e é bicampeã

A França impôs sua superioridade dentro de campo e sagrou-se bicampeã da Copa do Mundo. Os franceses venceram a Croácia por 4 a 2, neste

Bélgica bate a Inglaterra e garante sua melhor participação

Jogando bonito, a Bélgica venceu a Inglaterra e garantiu sua melhor participação em Copas. Na disputa pelo 3º lugar, neste sábado (14), em

Bahia oficializa a contratação do lateral-direito Bruno

O lateral-direito Bruno Vieira é o mais novo jogador do Bahia. Na tarde desta terça-feira (10), o clube anunciou a contratação por empréstimo

Modric revela promessa caso a Croácia seja campeã da Copa

O meio-campista e capitão, Luka Modric, revelou uma promessa caso a Croácia conquiste o título da Copa do Mundo de 2018 no domingo (15). Após

Volante Arouca é anunciado oficialmente pelo Vitória

O Vitória segue se reforçando para a sequência do Campeonato Brasileiro. Após fechar com Ruan Renato, Erick, Marcelo Meli, Marcelo Benítez e

França supera a Bélgica e vai à final da Copa do Mundo

Após 12 anos, a França está de volta a uma final de Copa do Mundo. Nesta terça-feira (10), em São Petersburgo, os azuis se aproveitaram da

Brasil perde para a Bélgica e dá adeus à Copa do mundo

O Brasil cansou de perder chances, tomou um gol contra logo no início e sofreu com os contra-ataques belgas. Em jogo tenso nesta sexta-feira (6),

Bélgica sua, mas vira o jogo contra Japão e enfrenta o Brasil

A Bélgica começou perdendo por 2 a 0 no segundo tempo, mas conseguiu a virada no último lance do jogo. Os belgas bateram o Japão por 3 a 2

Nossos Apoiadores: