Depois de um 2016 marcado por perdas significativas na lavoura, devido à seca causada pelo fenômeno climático El Niño, a Bahia apresentou em 2017 crescimento de 42,6% na produção de grãos em relação ao ano anterior. O aumento da produção, revelado em estimativas divulgadas ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), se deu principalmente em razão das chuvas que caíram, sobretudo, na região Oeste do estado.

A estimativa de 2017, atualizada em dezembro, para a safra baiana de cereais, leguminosas e oleaginosas (grãos), totalizou 8.078.077 toneladas – em 2016,  a produção foi de 5.665.096 toneladas. Com esse resultado, a Bahia foi responsável por 44,7% de toda a produção de grãos da Região Nordeste em 2017. Outras regiões do estado, contudo, continuam sendo afetadas pela seca.

As estimativas de 2017 indicam recuperação: na safra de 2014, a Bahia produziu 7,409 milhões de toneladas, número que caiu para 5,938 milhões de toneladas em 2015, de acordo com a Secretaria de Agricultura (Seagri).

Dos 34 produtos investigados pelo IBGE na Bahia, 13 tiveram safra maior em 2017: cereais, leguminosas e oleaginosas, feijão, milho, café conilon, soja, sorgo, arroz, milho, amendoim, mandioca, cebola, abacaxi e coco-da-baía. No Oeste da Bahia, as cidades mais produtoras são Barreiras, Luis Eduardo Magalhães, São Desidério e Formosa do Rio Preto.

Na região também há plantação de café arábica e conilon. Enquanto a produção do tipo arábica teve queda de 22,6% em 2017, por conta da estiagem dos últimos cinco anos, a colheita do conilon vem se recuperando após o bom volume de chuvas no ano passado. Segundo a Associação de Produtores de Café da Bahia (Assocafé), as lavouras do Extremo Sul devem produzir mais de 2 milhões de sacas em 2018.

Na liderança: As produções que mais cresceram no estado, segundo o IBGE, são as de feijão 2ª safra (233,83%); milho 2ª safra (150,98%) e café conilon (144,68%). Estima-se que cerca de 90% dos grãos produzidos pela Bahia em 2017 sejam oriundos do Oeste, o que equivale a 7,27 milhões de toneladas. A região produz a totalidade da soja baiana, quase 97% do algodão e 70% do milho. Segundo o Ministério da Agricultura, de janeiro a outubro, o complexo da soja (grão, farelo e óleo) da Bahia exportou 3,6 milhões de toneladas a 1,3 bilhão de dólares. Em 2016, as exportações foram de 2,4 milhões de toneladas. Neste ano, os produtores do grão pretendem ampliar a área produtiva em cerca de 5% – de 1,580 milhão de hectares para 1,6 milhão.

De acordo com analistas, a principal razão para o crescimento é o aumento do índice de chuvas no Oeste, que faz parte da maior fronteira agrícola do Brasil, o Matopiba, composto pelos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. O assessor de agronegócios da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Luiz Stalke, explica que a distribuição das chuvas foi melhor. “A diferença de chuvas nem foi tão grande entre 2016 e 2017: de 900 milímetros para pouco mais de mil. Mas, em 2017, elas foram bem mais distribuídas”, disse.
 
“Chuva era o que faltava para termos esse crescimento. Os produtores da região já possuem o domínio da produção, usam tecnologias de ponta. Nós vínhamos de uns cinco anos ruins, sem chuvas, que além de poucas eram mal distribuídas”.

Queda na inflação: O IBGE estimou que a área colhida em 2017 foi de 3.050.718 hectares, mantendo-se em crescimento de 12,1% em relação a 2016, quando havia 2.721.273 hectares de área plantada. Em relação a 2016 (42,6%), o crescimento previsto para a safra 2017 de grãos na Bahia se consolida acima da média nacional, que em dezembro totalizou 240,6 milhões de toneladas, 29,5% maior que em 2016: de 185,8 milhões de toneladas.

A área a ser colhida em 2017 (61,2 milhões de hectares) cresceu 7,2% frente a 2016 (57,1 milhões de hectares). “O aumento da produção este ano foi uma das razões para a queda da inflação com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechando o ano em 2,9%, abaixo do piso da meta fixada pelo governo federal, de 3%”, disse André Urpia, supervisor do setor de Disseminação de Informações do IBGE na Bahia.

A Bahia terminou 2017 como o oitavo estado produtor de grãos do país, responsável por 3,4% da safra nacional. Para 2018, a previsão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é de uma redução de 2,1% na colheita total de grãos na Bahia, devendo a safra fechar em 7,9 milhões de toneladas.

Fonte: Correio24h


Carro do ator Caio Junqueira sai da pista em acidente

Veículo aparentava estar em alta velocidade ao subir canteiro central, no sentido Centro, e atingir árvore. Mãe disse ao G1 que ele fará uma nova

O jovem que vendeu o rim para comprar um iPhone vive acamado

Xiao Wang recebeu 3 mil dólares por seu rim Preso a uma cama e dependente de uma máquina de hemodiálise, o jovem chinês Xiao Wang sofre até

Empresário confirma:Haverá um filme das Spice Girls

O britânico também contou que a produção será uma animação, e ainda revelou como estão as expectativas para a nova turnê do grupo, que

Cantora Iza sofre acidente no rosto durante lua de mel

Cantora contou que se machucou no segundo dia de viagem na República Dominicana. ‘Uma dor horrorosa, tive que correr pra emergência’ Iza

Venda de ingressos para o Rock in Rio 2019 começa em abril

A partir das 19h do dia 11 de abril, o público geral vai poder adquirir os bilhetes de entrada pelo site do evento A organização do festival

Globo anuncia 'fim da parceria' com José Mayer

Ator estava afastado da programação desde que foi acusado de assédio pela figurinista Su Tonani, em 2017 Na noite desta terça-feira (15) a

Que lipo foi essa? Jojo mostra o novo corpo

Jojo Todynho surpreende fãs ao postar uma foto revelando como ficou após realizar uma cirurgia de lipoescultura dias atrás Jojo Todynho, 21

Globo de Ouro: A 'garota da água' foi a melhor figura da premiação

Bohemian Rhapsody foi o grande vencedor da 76ª edição do Globo de Ouro, mas a noite deste domingo (6) rendeu fama mesmo foi para Kelleth

Trailer de 'Homem-Aranha: Longe de Casa' é divulgado; assista

Primeiro trailer da saga foi lançado O primeiro trailer de 'Homem-Aranha: Longe de Casa' foi divulgado nesta terça-feira (15). A prévia foi

Contra o preconceito, mulheres fazem ato 'Vai Ter Gorda na Praia'

O movimento "Vai Ter Gorda" reuniu mulheres na praia de Itapuã, em Salvador, neste domingo (13), em combate ao preconceito sofrido pelas pessoas

UAI Brasil
O teixeirão 2018
Connect Informática
Nossos Apoiadores: