Teixeira de Freitas: A Polícia Civil (8ª COORPIN), liderada pela delegada coordenadora Valéria Chaves e pelos delegados Ricardo Amaral (titular), Manoel Andreetta e Bruno Ferrari (NHT), e com apoio da 87ª CIPM e CAEMA, realizou uma Mega Operação na cidade nesta quinta-feira, 12 de julho, para combater os diversos crimes de homicídios e tentativas ocorridos na cidade. Segundo a Polícia Civil, três grandes grupos de criminosos denominados “Grupo de Flavão”, Grupo do Guetto” e Grupo de Beto Carroceiro” vêm tocando terror em Teixeira por conta da guerra pelo domínio do tráfico de drogas no município. A Polícia Civil, que vinha intensificando as investigações sobre esses crimes, realizou essa Operação para cumprir diversos mandados de buscas e apreensões.

A partir das investigações, descobriu-se a autoria de três homicídios tentados, tendo como vítimas: Welder Silva de Souza; Joelso Oliveira Rodrigues e um menor (12 anos de idade), tendo como autores diretos e indiretos os integrantes do “Grupo do Flavão”. O triplo homicídio tentado aconteceu em via pública, ao lado do Gás do Roni, na Rua Fronteira, no Bairro Luís Eduardo Magalhães, no último dia 31 de maio, motivado pela guerra entre grupos de traficantes rivais pelos pontos de vendas e de distribuição de drogas. Durante as investigações, a polícia apurou que a vítima alvo do atentado era a criança de 12 anos, que é filho do líder e chefe do tráfico de drogas conhecido por Roberto Ribeiro dos Santos, vulgo “Beto Carroceiro”, “Betão” ou “Pequeno”, que lidera o grupo de traficantes com atuação nos Bairros Tancredo Neves, Cidade de Deus, Luiz Eduardo e parte do São Lourenço.

Segundo as investigações, o integrante do grupo de Beto carroceiro, Valdenilton Oliveira Silva, o “Colê”, é quem deveria ter sido o alvo do Grupo de Flavão. Como os executores João Carlos, o “João Pela” e Walas de Jesus não encontraram o “Colê”, eles saíram à caça de outros integrantes do grupo rival, encontrando o filho de 12 anos de Beto Carroceiro e tentando contra a vida do mesmo. Na ação, os tiros também acertaram as pessoas inocentes (Welder e Joelso), que estavam próximas ao garoto. No momento do ataque, o executor Walas pilotava uma motocicleta não identificada, tendo João Pela como carona, sendo este, quem efetuou os disparos de arma de fogo que atingiram as vítimas., que escaparam por pouco da ação criminosa e só não vieram a óbito, por circunstâncias alheias à vontade dos executores.

Mais três baleados dão entrada no HMTF: 08 vítimas em 72 horas em Teixeira

Figurando como mandantes, organizadores e fornecedores das armas neste “Ataque”, o Líder do Grupo, Flávio Oliveira Santana, o “Flavão”, “Barão” ou “Batixó, que se encontra preso em Serrinha, e demais integrantes do grupo. No transcorrer das investigações, a Equipe do NHT descobriu que o crime contra o menor de 12 anos ocorreu como “resposta” do Grupo de Flavão contra os vários “ataques” realizados pelo grupo rival, de Beto Carroceiro”, entre eles, a tentativa de homicídio praticada contra a vítima Wesle Silva Rodrigues, ocorrido no dia 29/05/2018.

Jovem é baleado por 07 tiros no Bairro São Lourenço e socorrido ao HMTF

Neste crime do dia 29/05, os executores foram identificados como Neilton de Moura Chaves, o “Zelão” e um adolescente, os quais literalmente “saíram à caça” dos integrantes do grupo rival, sendo notória na comunidade a “Guerra Urbana” instalada entre os citados grupos criminosos, que vêm consumindo vidas humanas, como um verdadeiro “MOEDOR DE CARNES”.

Já no dia 02 de junho, em represália a esse ataque, o “Grupo de Beto Carroceiro” foi responsável pelo homicídio consumado de Walas de Jesus Santos e pelos homicídios tentados contra Mateus Jesus dos Santos, o “Tielo Batera”; Carlos André Neres Pereira, o “Dedé” ou “Gia” e Paulo Costa Pereira, o “Paulinho”. O fato aconteceu por volta das 20h14, no “Bar das Coleguinhas”, localizado na Rua Esplanada, no Bairro Liberdade I e os autores diretos e indiretos foram os integrantes do “Grupo do Guetto” e do “Grupo de Beto Carroceiro”.

Tiros e Correria: 01 morto e 04 baleados em ação de atiradores nos Bairros Liberdade I e II em Teixeira

Na referida ação no Bar das Coleguinhas, os executores diretos foram identificados como Valdenilton Oliveira Silva, o “Colê”; Neilton de Moura Chaves, o “Zelão”; Davi Chaves dos Santos; Sérgio Gonçalves dos Santos, o “Frangão”; Rodrigo Oliveira Costa, o “Rodriguinho”; Dandan de Tal, e um adolescente infrator. Como mandantes, organizadores e fornecedores de arma para esta ação, foram identificados os demais integrantes do Grupo de Beto Carroceiro, contando com o apoio do denominado Grupo do Guetto, através dos mandantes, Farlei, o “Coroa” e demais integrantes do grupo.

Vale frisar que, instaurado o “período de caça”, aberto pelo Grupo de Beto Carroceiro naquela oportunidade, houve uma série de “ATAQUES” e “REVIDES” praticado como resposta do Grupo de Flavão, sendo certo que seus executores atacaram um “menino de pista” não identificado, fato ocorrido no Bairro Urbis I, neste Município, no território pertencente ao grupo de traficantes conhecido como Grupo do Gueto; o que motivou o referido grupo a se aliar ao Grupo de Beto Carroceiro, com o objetivo de erradicar a atuação neste Município, do grupo de traficantes rival, conhecido pelo Grupo de Flavão.

Com as investigações, o NHT descobriu que o Grupo de Flavão andou fazendo outros “ataques” contra o Grupo do Guetto, podendo citar a vítima de homicídio consumado, praticado no dia 18/05/2018, identificada por Maycon Gomes Santos, um dos “meninos de pista” do traficante conhecido por Maxsuel, o “Má”, atuante no Bairro São Lourenço. Maycon acabou sendo morto pelos executores do Grupo de Flavão, identificados por Yuri Campos Silva, Rian Lima Rocha e Higor Dias Soares.

Teixeira: Fim de semana é marcado por homicídios, prisões e número alto de arrombamentos

Não obstante, em represália a esta ação, o Grupo do Gueto promoveu a morte da vítima Higor Dias Soares, dias depois, crime ocorrido em 26/05/18, através dos executores ligados ao traficante Maxsuel, o “Má”. Cita-se ainda a tentativa de homicídio promovida pelo Grupo de Flavão contra a pessoa de “Nozinho”, em 30/05/2018, onde uma terceira pessoa inocente, a vítima Osvaldo de Jesus Guerra foi atingida durante a ação criminosa.

Teixeira: "Higor Zaroi" é executado a tiros de pistola .45 no Liberdade I

Bala Perdida: Ação de atiradores no São Lourenço deixa segunda vítima ferida em 02 dias

Com efeito, os citados “ataques” desencadeados pelo Grupo de Flavão, levou o Grupo de Beto Carroceiro e o Grupo do Guetto a se unirem para “acabar” ou “varrer do mapa”, ou “erradicar” a atuação do Grupo de Flavão em Teixeira de Freitas, posto que, segundo testemunhas, os parceiros de Flavão vêm ameaçando de morte os familiares de seus rivais, irmãos, esposas, companheiras, filhos, desrespeitando as “LEIS DO TRÁFICO”, fato que levou o chefe, considerado o “Chefe Maior” da Cidade, conhecido por Farlei Ferreira, o “Coroa”, líder do Grupo do Guetto a intensificar os “ATAQUES”, não só contra os integrantes do Grupo de Flavão, mas também contra os consumidores, os comerciantes e até mesmo os simpatizantes que convivem nos Bairros onde o grupo atua, SENDO TOLERADO A MORTE DE QUALQUER PESSOA, INCLUSIVE INOCENTES, com o objetivo de desestabilizar e causar pânico nos membros da Comunidade.

Há de se ressaltar que, as investigações recentes realizadas pela Equipe do NHT permitiram a Polícia Civil traçar e mapear um organograma de logística de funcionamento dos citados grupos de traficantes que atuam neste Município, onde passou-se a saber que esses grupos funcionam como verdadeiras “EMPRESAS DO CRIME”, contando com farto armamento e munição, além de um exército de jovens e garotos aliciados pelos traficantes “CHEFES” para os mais diversos fins, como vendedores e distribuidores de drogas;  como os chamados “SOLDADOS DO TRÁFICO”, como gerentes dos pontos de venda e de distribuição de drogas e como líderes intermediários das quadrilhas de traficantes, sendo certo que as ordens para cometer os crimes partem, frequentemente, de dentro das Instituições Prisionais, e nenhuma vítima morre sem a ordem ou a permissão direta de seus “COMANDANTES”.

Esse fato motivou as Autoridades Policiais envolvidas a estender ou ampliar as responsabilidades pelos crimes a todos os envolvidos, criminalmente e individualmente por suas condutas. De fato, a ação dos criminosos, por si só, já demonstram o alto grau de periculosidade dos seus agentes, assim como o completo desrespeito pelas Instituições Democráticas, haja vista que vêm perseguindo suas vítimas em várias ocasiões, fazendo uso de armas de fogo a esmo, disparando-as em vias públicas, no meio da comunidade, executando seus desafetos sem importar em atingir terceiras pessoas inocentes, colocando a vida de pessoas em risco, desafiando a Polícia e a Justiça, colocando em risco a Segurança Pública e a Ordem Institucional.

Tais ações ensejaram uma resposta rápida e dura por parte dos Órgãos aplicadores da Lei, sendo pleiteados os mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão, para serem cumpridos em desfavor dos integrantes dos grupos criminosos, com o objetivo de desarticular as referidas quadrilhas, verdadeiras organizações criminosas atuantes em Teixeira de Freitas. Para isso, uma equipe de delegados e investigadores, com apoio de militares da 87ª CIPM e da CAEMA foram a campo nesta quinta-feira para dar cumprimento aos diversos mandados de busca, prisão e apreensão.

Por: Edvaldo Alves e Cloves Neto/Liberdadenews

Vídeo mostra momento em que grupo assalta clientes e funcionários

Um vídeo de gravado por uma câmera de segurança mostra o momento em que homens armados invadiram um posto de combustíveis e roubaram

PETO/ROTAM prende dupla acusada de tráfico no Buraquinho em Teixeira

Teixeira de Freitas: Policiais do PETO/ROTAM da 87ª CIPM em Teixeira de Freitas, no final da tarde desta quarta-feira (18), em patrulhamento pelo

Três criminosos morrem em confronto com o PETO da 88ª CIPM de

Alcobaça: Policiais do PETO da 88ª CIPM da cidade de Alcobaça receberam informações na manhã desta quarta-feira (18), de que três suspeitos

Acusado de tráfico é preso pela CAEMA no Bairro Jardim Primavera em

Nova Viçosa: Uma guarnição da CIPE/CAEMA estava em patrulhamento no Distrito de Posto da Mata/Nova Viçosa, no início da noite desta

Uma vítima fatal de Teixeira e duas de Eunápolis em acidente com

Teixeira de Freitas: Um acidente com um ônibus que transportava sacoleiros deixou três pessoas mortas na BR-101, no sul da Bahia, na manhã desta

Teixeira: Andarilho "Pernambuco" é encontrado morto às margens do

Teixeira de Freitas: A Central do CICOM recebeu informações por volta das 16h00, desta terça-feira (16), sobre um corpo que teria sido

PF realiza operação contra roubo de cargas em Eunápolis e Teixeira

Teixeira de Freitas: A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (17), em seis estados, a Operação Transbordo, com o objetivo de

Dois criminosos morrem em confronto com militares do PETO na cidade

Itanhém: A Polícia Militar de Itanhém recebeu informações de que nesta segunda-feira, 16 de julho, vários tiros foram disparados em uma

Polícia Federal realiza operação em Teixeira: esquema deu

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira, 17 de julho, emTeixeira de Freitas e nos estados de Alagoas, São Paulo, Rio de

Acidente com ônibus de turismo deixa mortos e feridos

Um acidente com ônibus de turismo deixou ao menos três mortos na BR-101, trecho de São José da Vitória, no sul da Bahia, nesta terça-feira

Nossos Apoiadores: