Inquérito apura se empresa foi beneficiada por decreto do presidente

O ex-assessor da vice-presidência da República Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), atualmente em prisão domiciliar, é citado 38 vezes nas 50 perguntas elaboradas pela Polícia Federal no âmbito do inquérito que apura suposto pagamento de propina da empresa Rodrimar para o presidente Michel Temer. As perguntas foram enviadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para o Palácio do Planalto, na quarta-feira passada, e representam o interrogatório do presidente que será anexado a investigação aberta após solicitação do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot.

O inquérito, de relatoria do ministro Luís Roberto Barroso, apura se a Rodrimar, empresa que opera no Porto de Santos, foi beneficiada pelo decreto assinado pelo presidente em maio, que ampliou de 25 para 35 anos as concessões do setor, prorrogáveis por até 70 anos. Além do presidente, são investigados Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), ex-assessor de Temer e ex-deputado federal, e Antônio Celso Grecco e Ricardo Conrado Mesquita, respectivamente, dono e diretor da Rodrimar.

As perguntas foram reveladas pela revista Época e confirmadas pelo Estado. No questionário, Temer é questionado de forma objetiva pela PF sobre se recebeu “alguma oferta de valor, ainda que em forma de doação de campanha eleitoral, formal ou do tipo caixa 2”, para inserir dispositivos no novo decreto dos Portos.

As perguntas foram elaboradas pelo delegado Cleyber Malta Lopes e estão divididas em 6 tópicos. Um deles é dedicado especialmente a Rocha Loures e aborda os “vínculos e confiança em relação aos atos praticados” pelo ex-assessor. Os outros temas dizem respeito ao histórico profissional de Temer, ao acompanhamento das questões portuárias a partir de 2013, ao conhecimento dos fatos praticados pelos investigados no inquérito e ao suposto favorecimento de algumas empresas pelo decreto.

Além de Rocha Loures, as perguntas abordam a relação de Temer com outras duas pessoas apontadas nas investigações como sendo seus operadores. São citados o ex-assessor José Yunes e o amigo João Baptista Lima Filho, o coronel Lima.

O advogado Antonio Claudio Mariz de Oliveira, que representa Temer, disse que ainda não notificado oficialmente das perguntas da PF e que o prazo de resposta não está correndo. “Estamos perplexos com o vazamento (das perguntas da PF). Com a mudança na Procuradoria-Geral da República nunca mais houve vazamento de nenhuma delação, de nenhum documento. Agora houve o vazamento antes mesmo de o presidente tomar conhecimento”, disse. 

Fonte: Agencia do Estado

A NICA DA LIBERDADE 150

Ramiro Guedes MURILEANDO Murilo é um garotinho de 4 anos, filho do Dr. Flávio Rodrigo e D. Maria José. Educado, bem falante, super 

Posse de Cristiane Brasil é marcada para segunda-feira

A deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) assumirá nesta segunda-feira (22) a chefia do Ministério do Trabalho. A informação foi passada ao Estadão

Com a pior aprovação, Trump encerra primeiro ano na Casa Branca

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, completará neste sábado (20) seu primeiro ano na Casa Branca com a aprovação mais baixa de um

Vídeo: Moradores destacam a importância das obras de pavimentação

Teixeira de Freitas: Nos últimos meses a Prefeitura Municipal tem trabalhado muito na infraestrutura da cidade, com a realização de várias

Temer chama de impertinente pergunta sobre ex-assessor

Investigação apura se o presidente teria beneficiado empresas portuárias O presidente Michel Temer (MDB) entregou ao STF (Supremo Tribunal

Ex-vice-prefeito de cidade na BA, que foi alvo na Lava-Jato, é morto

José Roberto Soares Vieira tinha 47 anos e foi baleado na entrada da empresa dele na região metropolitana de Salvador. ex-vice prefeito de

Petrobras baixa preço do gás de cozinha em 5% nas refinarias

O preço do botijão do gás de cozinha (GLP) cairá 5% a partir de amanhã (quinta-feira, 19 de janeiro) nas refinarias da Petrobras em todo o

Bolsonaro falta a 70% das sessões de ‘comissão militar’

Em ano pré-eleitoral, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) faltou a 70% das reuniões e audiências públicas realizadas pela Comissão de

Lula diz “querem transformar o Brasil no Caldeirão do Hulk”

Diante de uma plateia de cerca de mil apoiadores, majoritariamente da área da cultura, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sugeriu na noite

Temer determina afastamento de quatro vice-presidentes da Caixa 

Decisão é anunciada após Ministério Público e Banco Central recomendarem ao governo o afastamento dos vice-presidentes. MPF e Polícia Federal

Lecão natal
Casa das Correias
previcon
Connect Informática
Pitagoras Connect
Nossos Apoiadores: