Quase cinco meses após o anúncio do pacote de iniciativas para conter gastos com pessoal, o presidente Michel Temer assinou nesta terça-feira, 9 de janeiro de 2017, o decreto para extinguir 60.923 cargos públicos do Poder Executivo. A medida, porém, não tem impacto fiscal imediato, ao contrário do adiamento dos reajustes de servidores e da elevação da alíquota previdenciária do funcionalismo público, suspensa por liminar do Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo o Ministério do Planejamento, 37,8 mil dos cargos que serão extintos estão vagos. Os demais serão fechados à medida que os funcionários forem se aposentando ou deixarem o serviço público. O secretário de Gestão de Pessoas do Planejamento, Augusto Chiba, explicou ao Estadão/Broadcast que não é possível prever em quanto tempo isso vai ocorrer, mas ressaltou que o decreto é importante para evitar que os órgãos preencham futuramente essas vagas, trazendo mais custos.

“A maioria ingressou há bastante tempo, então são pessoas que já têm mais idade. Estão mais próximas da aposentadoria”, disse Chiba.

O corte inclui profissões consideradas obsoletas, como telefonista, editor de vídeo tape, assistente de som, datilógrafo e digitador. São postos que exigem escolaridade até ensino fundamental ou médio, voltados a atividades auxiliares e cujas funções têm sido atendidas pela modernização. A previsão é que gastos com pessoal no Executivo cheguem a R$ 322,8 bilhões neste ano, ante R$ 285 bilhões em 2017.

Fonte: O Estado de S. Paulo


DEM denuncia Rui à Justiça Eleitoral por captação ilegal de votos

O diretório do Democratas na Bahia vai entrar com uma ação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) contra o governador Rui Costa por abuso de

Presidente do PSL diz que acusações do PT são ataque à democracia

O presidente do PSL, Gustavo Bebianno, afirmou na noite desta sexta-feira (19) que as acusações feitas pelo PT contra a campanha de Jair

Dinheiro: Nascidos em outubro podem sacar o PIS a partir de hoje

Mais de 1,89 milhão de beneficiários receberão R$ 1,38 bilhão referentes ao calendário 2018/2019, ano-base 2017 Começa nesta quinta-feira

Só 4 das 50 imagens sobre as eleições, replicadas no WhatsApp são

Um estudo em conjunto da USP, UFMG e da Agência Lupa analisou o grau de veracidade de 50 imagens que mais circularam em grupos de WhatsApp entre

Canadá legaliza maconha para uso recreativo

O Canadá legalizou a partir desta quarta-feira, 17, o uso recreativo da maconha. Pela lei, os canadenses podem comprar e cultivar. A discussão se

A NICA DA LIBERDADE 187

Ramiro Guedes A GORDA DO TIKI BAR Um contista dos maiores desse Brasil, também chamado de Vampiro de Curitiba, Dalton Trevisan, nos brinda com

Polícia Federal indicia Michel Temer e pede prisão do coronel Lima

Presidente e outras 10 pessoas são investigados por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa no inquérito dos Portos A

Haddad é mais rejeitado pelos eleitores que Bolsonaro, aponta Ibope

Entre os dois candidatos à Presidência da República que disputam o segundo turno, Fernando Haddad (PT) é o mais rejeitado, conforme demonstrou

Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%

Jair Bolonsaro, candidato do PSL à Presidência da República, abriu 18 pontos de  vantagem em relação a Fernando Haddad (PT) na disputa em

Bolsonaro lidera com 59% dos votos válidos; Haddad tem 41%

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, continua na liderança das intenções de voto para o segundo turno, segundo

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: