As criptomoedas, que hoje estão na carteira de muitos investidores, não poderão constar no portfólio dos fundos de investimento, conforme entendimento da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A autarquia esclareceu nesta sexta-feira, 12, ao mercado consultas feitas sobre a possibilidade dos fundos regulados pela instrução 555 – que regula fundos abertos – poderem ou não ter esse ativo.

“No Brasil e em outras jurisdições tem se debatido a natureza jurídica e econômica dessas modalidades de investimento e não se chegou a nenhuma conclusão, em especial no mercado e regulação domésticos”, destaca em ofício o superintendente da Superintendência de Relações com Investidores Institucionais (SIN) da CVM, Daniel Maeda.

O documento diz ainda que há muita indefinição e que a interpretação da área técnica foi de que as criptomoedas, assim, não podem ser classificadas como ativos financeiros e, dessa forma, sua aquisição não pode ser permitida pelos fundos de investimento regulados.

A Superintendência diz que tem chegado à CVM consultas sobre a possibilidade de criação de fundos específicos para investimento em criptomoedas, mas que as discussões hoje existentes sobre esses investimentos, “seja diretamente pelos fundos ou de outras formas”, são incipientes, sendo que há um projeto de lei (2.303/2015) “que pode vir a impedir, restringir ou mesmo criminalizar a negociação de tais modalidades de investimento”.

A CVM frisa que há muitos riscos associados a sua natureza, como ordem de segurança cibernética e particulares de custódia, ou até mesmo relacionados à legalidade futura de sua aquisição ou negociação.

“Dessa forma, esta Superintendência informa que todas essas variáveis vêm sendo levadas em consideração na avaliação da possibilidade de constituição e estruturação do investimento indireto em criptomoedas, sem que se tenha chegado, ainda, a uma conclusão a respeito dessa possibilidade”, destaca a autarquia.

Por fim, a CVM pede aos gestores que aguardem manifestação posterior e conclusiva sobre esse tema para que possa ser estruturado investimento indireto em criptomoedas ou outras formas alternativas dessa natureza de exposição a risco.

Fonte: Estadão


Haddad é mais rejeitado pelos eleitores que Bolsonaro, aponta Ibope

Entre os dois candidatos à Presidência da República que disputam o segundo turno, Fernando Haddad (PT) é o mais rejeitado, conforme demonstrou

Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%

Jair Bolonsaro, candidato do PSL à Presidência da República, abriu 18 pontos de  vantagem em relação a Fernando Haddad (PT) na disputa em

Bolsonaro lidera com 59% dos votos válidos; Haddad tem 41%

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, continua na liderança das intenções de voto para o segundo turno, segundo

Tribunal Superior Eleitoral tratará de fake news com WhatsApp

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai marcar uma reunião para os próximos dias com representantes do WhatsApp com o objetivo de discutir a

Igreja centenária amanhece pichada com suásticas

A centenária capela de São Pedro da Serra, em Nova Friburgo, cidade da Região Serrana distante 140 quilômetros da capital do Rio de Janeiro,

Ultimo dia para se inscrever no concurso do Banco do Nordeste

Taxa de inscrição tem o valor de R$ 59 para nível médio e R$ 67, para superior. As inscrições para o concurso do Banco do Nordeste terminam

'O eleitor decide o voto cada vez mais tarde', diz diretora do Ibope

Às 19h do domingo de eleições, assim que a votação acabou no Acre e a contagem de votos passou a ser acompanhada em todo o país, a pesquisa

Bolsonaro acusa Boulos e Gleisi de incitarem invasão em sua casa

Um vídeo feito durante uma manifestação contra  o candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL),  na Avenida Paulista, nesta

Haddad vai explorar críticas de Bolsonaro ao Bolsa Família

A campanha de Fernando Haddad (PT) vai explorar contradições de propostas apresentadas por Jair Bolsonaro (PSL), ao destacar posições

Mulheres que não receberam voto dizem que não sabiam de candidatura

Mulheres que foram registradas como candidatas na eleição deste ano e não receberam nenhum voto dizem que não sequer sabiam que estavam

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: