Versão alternativa do texto prevê pensão integral para viúvas e viúvos de policiais mortos em serviço; meta é aprovar a reforma até o fim de fevereiro

A última mudança na proposta da reforma da Previdência que tramita na Câmara dos Deputados vai custar 400 milhões de reais em dez anos. O cálculo é da Secretaria de Previdência Social do Ministério da Fazenda. A alteração anunciada na quarta-feira pelo relator do texto, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), prevê pensão integral para viúvas e viúvos de policiais mortos em serviço.

Com a mudança, a economia de despesas prevista com a reforma no Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) – regime de previdência dos servidores públicos – cai de 88,1 bilhões de reais para 87,7 bilhões de reais em dez anos. Essa economia só leva em conta os gastos da União. Não está incluído o impacto da mudança nas finanças dos estados.

O governo incluiu essa medida na proposta de reforma para obter mais votos favoráveis à reforma da chamada Bancada da Bala. O relator disse, durante o anúncio, que é uma medida importante neste momento em que policiais têm morrido em ação por conta do aumento da criminalidade no Brasil.

A expectativa do governo e das lideranças da base no Congresso Nacional é de tentar votar a proposta até o dia 28 de fevereiro. Se não houver condições favoráveis, a estratégia é retirar a reforma da pauta na Câmara dos Deputados. A reforma da Previdência foi aprovada em maio por uma comissão especial sobre o tema, mas o governo busca apoio para aprovar a medida em plenário. Como é uma emenda à Constituição, também precisa passar pelo Senado, em dois turnos, e novamente pela Câmara.

Negociação

Na quinta-feira, o secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, disse que os próximos dias serão tomados por uma agenda “super intensa” de negociações com o Congresso e que telefonemas também deverão ser feitos a parlamentares mesmo durante o Carnaval com o objetivo de aprovar a proposta de emenda constitucional que muda as regras das aposentadorias.

“No Carnaval, acho que vai ter muito telefonema e logo na sequência se retoma o conjunto de conversas. Tem que ser uma agenda realmente bastante intensa nesses dias que se seguem para concretizar a aprovação da reforma”, comentou o secretário.

Caetano disse estar confiante na aprovação do texto. Disse que a reforma nas aposentadorias é necessária para reequilibrar as contas públicas e, como consequência, criar um ambiente melhor para o país ter taxas de juros mais baixas e atrair mais investimentos. Segundo o secretário, o problema da Previdência é estrutural e não de conjuntura.

Fonte: Veja


Início dos trabalhos legislativos em Lajedão é marcado por posse

Lajedão: Na noite desta última segunda-feira (13), retornaram os trabalhos legislativos da Câmara Municipal de Vereadores da cidade de Lajedão,

Teixeira: Liminar suspende apreensão de veículos com atraso de IPVA

Após a liminar que suspendeu a cobrança de 80 por cento sobre as contas de água como taxa de esgoto, o juiz Roney Moreira, titular da Vara da

A NICA DA LIBERDADE 179

Ramiro Guedes DOLORES DURAN Deslumbrado, esse escriba termina a leitura de “Dolores Duran – A noite e as canções de uma mulher

Às vésperas da eleição, Temer vai facilitar renovação da CNH

O governo federal vai editar nos próximos dias uma medida provisória que facilita a renovação da carteira de habilitação, de acordo com a

Wagner receberá R$ 1,3 mi do fundo partidário para campanha

Tratadas como prioridade dentro do Partido dos Trabalhadores, as candidaturas ao Senado de Eduardo Suplicy (PT) e Jaques Wagner (PT) receberão uma

PF está pronta para assumir as investigações do caso Marielle

A Polícia Federal (PF) está pronta para assumir as investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson

Na presença de autoridades locais a Diocese de Teixeira/Caravelas

Teixeira de Freitas: Diocese de Teixeira de Freitas faz o lançamento da Campanha “Cidade Limpa”, o evento foi realizado no auditório Dom

Melhor prefeito do Brasil vai palestrar em Harvard

Sérgio Meneguelli é uma das personalidades públicas convidadas a fazer uma palestra na “Brazilian International Live Conference” (Brilive

MP move Ação Pública contra o prefeito Temóteo Brito por prática

Teixeira de Freitas: O Ministério Público do Estado da Bahia, na pessoa do Promotor de Justiça, Dr. George Elias Gonçalves Pereira, ajuizou uma

PF desloca 160 agentes para fazer segurança de presidenciáveis

Com 13 candidatos na disputa pela Presidência da República, a Polícia Federal (PF) encontrou dificuldades para garantir a segurança de todos

Nossos Apoiadores: