Em tom de campanha, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), que esteve nesta terça, 13, em Salvador para curtir o último dia de Carnaval a convite do prefeito ACM Neto (DEM), defendeu, em entrevista à imprensa, que deputados se aposentem com 65 anos de idade e 30 anos de serviço, que o auxílio moradia para o Judiciário só deve existir para os que trabalham em trânsito e voltou a defender que servidor que ganha salário de R$ 20 mil a R$ 30 mil deve se aposentar aos 65 anos, como acontece com o trabalhador que recebe o salário mínimo.

Perguntado sobre suposta candidatura, Maia disse que ele trabalha para que o DEM tenha candidato e que em um eventual cenário no qual Lula não esteja no páreo, todos têm chance. No próximo dia 08 de março o DEM realiza encontro no qual pode definir o candidato do partido à presidência da República.

"Nós trabalhamos para o DEM ter candidato. Essa é uma eleição que está aberta. Todo aquele que conseguir se organizar vai ter chance de ganhar. A decisão do DEM vai se dar entre março e junho (...). Não há nenhum constrangimento de dizer que o DEM deve ter candidato. Tem o ministro da Educação, o meu... se a gente entende que isso não vai contra a mudança que o Brasil precisa, tenho certeza que o DEM vai ter seu próprio candidato com chance de vitória", disse Maia.

Previdência: Provocado, Maia disse que acha difícil votar a Reforma da Previdência até o final deste mês, como aposta do governo, mas que está trabalhando para isso. O deputado desconversou sobre a soma dos votos favoráveis à reforma e defendeu a "igualdade do sistema", ou seja, que os servidores públicos que ganham até R$ 30 mil se aposentem com 65 anos, assim como ocorre com quem ganha um salário mínimo.

Segundo ele, a disparidade gera um rombo de R$ 40 milhões anuais que poderiam ser investidos na sociedade em saúde, educação e segurança.

O deputado disse, ainda, que servidores disseminam falsas informações sobre a reforma em benefício próprio. "Antes de saber se vai passar ou não vai [a Reforma], o importante é a gente convencer a sociedade brasileira que hoje, no Brasil, os que ganham R$ 30 mil se aposentam com 55 anos e os que ganham salário mínimo com 65 anos. A maioria dos que curtem Carnaval em Salvador se aposenta com 65 anos. A única defesa que eu faço da Previdência é essa: a igualdade de direitos. Agora, se o plenário vai votar ou não vai é uma decisão democrática de cada um, todo mundo foi eleito, tem mandato e está na hora de cada um assumir sua responsabilidade", disse Maia.

Ao ser questionado sobre a facilidade de aposentadorias para parlamentares, Maia foi enfático ao dizer que a lei para Legislativo é mais rígida do que para o Judiciário e Executivo e assinalou que defende que deputado se aposente aos 65 anos e com 30 anos de serviço – hoje deputado se aposenta com 60 anos e 35 de serviço –, e lembrou que desde 1997 somente 40 deputados se aposentaram.

"Depois de 1997 com quantos anos o deputado se aposenta? 60 anos e 35 anos de serviço. Sabe quantos deputados se aposentaram desde 97? 40, só 40. A nossa lei hoje é mais dura do que qualquer setor do mundo. Do Executivo é 60 anos com contrapedágio – a cada ano a partir dos 35 anos é um ano a menos, por isso se aposenta com 55 anos. Parlamentar é sem contrapedágio, 65 anos e sem transição.

Auxílio Moradia: Sobre a questão do auxílio moradia, que deve ser votada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em março, Maia diz acreditar que o benefício só valerá para quem mora na cidade onde trabalha. "Muitas vezes nós que estamos na política não enxergamos que as coisas estão avançando muito rápido. E que a sociedade cada vez exige cada vez mais de todos nós respostas que no passado eram tranquilas. Quem tem direito a auxilio moradia: só aqueles que trabalham em trânsito, mais ninguém. Quem vai e volta e não fixa residência. Fora esses, qualquer tipo de auxilio moradia é um erro que a sociedade vai punir".

O presidente da Câmara disse, ainda, que o Supremo votando a matéria em março, a Câmara deve regularizar na sequência.

Fonte: Atarde

Garotinho é internado com dores no peito, diz advogado

Rosinha afirma que o marido está bem e passa por exames. Em 2016, após Garotinho ser preso pela Polícia Federal, ele passou mal e chegou a ser

Candidatura de Temer enfrenta resistência no MDB

A possível candidatura do presidente Michel Temer a um segundo mandato enfrenta resistências não apenas em partidos da base aliada do governo,

PIS: Trabalhadores nascidos em março e abril começam a receber

Valores variam de R$ 80 a R$ 954 conforme o tempo de trabalho em 2016, de acordo com a Caixa Econômica Federal O pagamento do abono salarial PIS

STJ aceita denúncia, e Mário Negromonte vira réu por corrupção

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) aceitou nesta quarta-feira (21), por unanimidade, a denúncia da Procuradoria-Geral da

Trump fala em mudanças de regras sobre armas nos EUA

Os protestos na Flórida e em frente à Casa Branca de alunos da escola de Parksland, onde um jovem matou 17 pessoas e feriu 14 há uma semana,

Juiz que dirigiu Porsche de Eike é condenado a 52 anos de prisão

Três anos após ser flagrado dirigindo o Porsche que pertencia ao empresário Eike Batista e havia sido apreendido pela Justiça, o juiz federal

Ministro anuncia suspensão da reforma da Previdência

Carlos Marun, principal articulador de Temer para a reforma da Previdência, disse que há "insegurança jurídica" para votar medida em meio a

Câmara aprova decreto sobre intervenção militar no Rio

A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta terça-feira, 20, o decreto que autoriza a intervenção federal na segurança pública do

Vídeo: Prefeito Manoelzinho responde às denúncias dos moradores de

Nova Viçosa: Na noite desta sexta-feira, 19 de fevereiro de 2018, o prefeito de Nova Viçosa, Manoel Costa Almeida (Manoelzinho da Madeira),

Valor médio do gás para botijão de cozinha é de R$ 23,16

Empresa passou a divulgar preço do gás a cada três meses, com o objetivo de reduzir a volatilidade do preço do produto A Petrobras informou

Nossos Apoiadores: