A Petrobras anunciou a elevação de 2,25% no preço da gasolina comercializada nas refinarias. Com a alta, o litro da gasolina A nas refinarias passará de R$ 1,9671 para R$ 2,0113, a partir deste sábado (2), segundo informou a companhia. Trata-se da 2ª alta seguida após uma sequência de 5 quedas.

Na quarta-feira, a estatal havia anunciado aumento de 0,74% no preço da gasolina. Na terça-feira, os preços tinham sido reduzidos em 2,84%. Desde o início de maio, já foram anunciadas 14 altas e 6 quedas no preço da gasolina. Em 1 mês, o combustível acumula alta de 11,29% nas refinarias. Veja tabela abaixo:

Já o preço do diesel seguirá em R$ 2,1016 o litro nas refinarias até o dia 7 de junho, conforme ficou estabelecido pelo programa de subvenção ao combustível anunciado pelo governo, que prevê redução de R$ 0,46 no preço do diesel por 60 dias. Com a redução, o preço do combustível recuou 2,69% na comparação com o início de maio.

O repasse dos preços cobrados nas refinarias para as bombas depende das distribuidoras e dos donos dos postos. Nas últimas semanas, os cortes anunciados pela Petrobras não foram sentidos pelos consumidores, em meio à crise de abastecimento provocada pelos protestos dos caminhoneiros.

A Petrobras adotou novo formato na política de ajuste de preços em 3 de julho do ano passado. Segundo a nova metodologia, os reajustes acontecem com maior frequência, inclusive diariamente, refletindo as variações do petróleo e derivados no mercado internacional, e também do dólar. Desde o início do formato, o preço da gasolina comercializado nas refinarias acumula alta de cerca de 50%.

A variação do dólar e da cotação do petróleo são as principais influências sobre o valor praticado nas refinarias. O petróleo, depois de dois anos em mínimas recordes, vem ficando mais caro desde junho de 2017 e passou a ser negociado próximo a US$ 80. Já o dólar acumula alta de 13,6% no ano. Somente nesta semana, a moeda dos EUA teve subiu 2,73% frente ao real.

Fonte: G1


Presidente do PSL diz que acusações do PT são ataque à democracia

O presidente do PSL, Gustavo Bebianno, afirmou na noite desta sexta-feira (19) que as acusações feitas pelo PT contra a campanha de Jair

Dinheiro: Nascidos em outubro podem sacar o PIS a partir de hoje

Mais de 1,89 milhão de beneficiários receberão R$ 1,38 bilhão referentes ao calendário 2018/2019, ano-base 2017 Começa nesta quinta-feira

Só 4 das 50 imagens sobre as eleições, replicadas no WhatsApp são

Um estudo em conjunto da USP, UFMG e da Agência Lupa analisou o grau de veracidade de 50 imagens que mais circularam em grupos de WhatsApp entre

Canadá legaliza maconha para uso recreativo

O Canadá legalizou a partir desta quarta-feira, 17, o uso recreativo da maconha. Pela lei, os canadenses podem comprar e cultivar. A discussão se

A NICA DA LIBERDADE 187

Ramiro Guedes A GORDA DO TIKI BAR Um contista dos maiores desse Brasil, também chamado de Vampiro de Curitiba, Dalton Trevisan, nos brinda com

Polícia Federal indicia Michel Temer e pede prisão do coronel Lima

Presidente e outras 10 pessoas são investigados por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa no inquérito dos Portos A

Haddad é mais rejeitado pelos eleitores que Bolsonaro, aponta Ibope

Entre os dois candidatos à Presidência da República que disputam o segundo turno, Fernando Haddad (PT) é o mais rejeitado, conforme demonstrou

Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%

Jair Bolonsaro, candidato do PSL à Presidência da República, abriu 18 pontos de  vantagem em relação a Fernando Haddad (PT) na disputa em

Bolsonaro lidera com 59% dos votos válidos; Haddad tem 41%

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, continua na liderança das intenções de voto para o segundo turno, segundo

Tribunal Superior Eleitoral tratará de fake news com WhatsApp

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai marcar uma reunião para os próximos dias com representantes do WhatsApp com o objetivo de discutir a

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: