A defesa do deputado Lúcio Vieira Lima (MDB-BA) pediu ao Conselho de Ética da Câmara a realização de uma nova perícia nos R$ 51 milhões apreendidos pela Polícia Federal em um apartamento em Salvador (BA). O dinheiro já foi periciado pela PF, que encontrou as digitais de Geddel Vieira Lima, irmão do deputado, no imóvel.

Lúcio Vieira Lima é alvo de um processo no Conselho de Ética, aberto em 27 de fevereiro, por suposta quebra de decoro parlamentar. O processo pode levar à cassação do mandato. O deputado do MDB, Geddel e a mãe deles, Marluce Vieira Lima, são réus no Supremo Tribunal Federal (STF) por suposto envolvimento com o dinheiro.

Segundo o Ministério Público Federal, os R$ 51 milhões têm como possíveis origens: propinas da construtora Odebrecht; repasses do operador financeiro Lúcio Funaro; desvios de políticos do MDB. Além disso, Lúcio Vieira Lima é suspeito de ter se apropriado de parte dos salários de dois funcionários do gabinete do parlamentar e de usar servidores para serviços privados.

O pedido da defesa

No documento apresentado ao Conselho de Ética, a defesa de Lúcio Vieira Lima pede que a Superintendência da Polícia Federal na Bahia forneça o material utilizado na primeira perícia e realize uma nova avaliação.

Os advogados argumentam que, com a nova perícia, será possível "confirmar ou rejeitar a conclusão alcançada pela autoridade policial, agora sob o crivo do contraditório, e provar a inexistência de qualquer relação entre o representado e o dinheiro encontrado".

A defesa também pediu:

Perícia nas contas bancárias de Job Brandão (ex-assessor da Câmara), no período de 2011 a 2017;

Quebra de sigilo telefônico do NIP da Superintendência da Polícia Federal da Bahia relativo ao dia 14 de julho de 2017, com a finalidade de "verificar quais números ligaram para o referido telefone, e assim identificar a cadeia de custódia da prova e o teor exato da denúncia".

Segundo os advogados de Lúcio Vieira Lima, os pedidos, se atendidos, servirão para "demonstrar que as acusações impostas não passam de ilação".

Fonte: G1


Maia diz que comissão pode aprovar Previdência na semana que vem

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (17) que a reforma da Previdência pode ser aprovada pela comissão

Governo suspende exigência de aulas para tirar habilitação das

Depois desse período, número de aulas práticas para obter ACC vai cair de 20 para 5. Decisão passa a valer daqui 90 dias. O Conselho Nacional

Auxílio-reclusão e pensões podem ser inferiores ao salário

O relatório da reforma da Previdência, entregue nesta quinta-feira, 13, pelo deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), estabelece que o

Criminalização da homofobia: STF deve retomar julgamento

Se previsão for confirmada, será a sexta sessão em que o STF tratará do tema O Supremo Tribunal Federal (STF) deve retomar na quinta-feira, 13

Morre Adhemar Bento Gomes, ex-presidente do TCE-BA

Morreu nesta quarta-feira, 12, o conselheiro aposentado e ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) Adhemar Martins Bento

Segundo Otto, o Vazajato é grave e vai resultar em CPI

A vida é mesmo cheia de ironias. Quando o então juiz Sérgio Moro, a uma semana da eleição, deixou vazar a delação do ex-ministro de Lula,

Governo anuncia antecipação do pagamento de parte do salário

O governo baiano vai antecipar o pagamento de 40% do salário do mês de junho para os cerca de 270 mil servidores ativos, aposentados e

Antigo espaço dos Correios é requisitado pela Prefeitura de

Teixeira de Freitas: Nesta segunda-feira (10), o secretário de Educação e Cultura de Teixeira de Freitas, Hermon Freitas, esteve em Salvador

Projeto “Prefeitura mais perto de você” será lançado em

Teixeira de Freitas: A Prefeitura de Teixeira de Freitas lança, nesta sexta-feira (14), o projeto “Prefeitura mais perto de você”. O

A NICA DA LIBERDADE 207

Ramiro Guedes DIVÓRCIO Leio com sofreguidão, neste final de semana, “Divórcio”, deRicardo Lísias.  Vejo a literatura de Lísias como um

Nossos Apoiadores: