A Câmara Municipal de Teixeira de Freitas recebeu no último dia 7 de junho, o protocolo do Projeto de Lei nº 036 de 06 de junho de 2018, de autoria dos vereadores Marcos Gusmão Pontes Belitardo (PHS) e Jorís Bento Xavier, o “Joris de Jel” (PTC), que dispõe sobre a proibição da Blitz do IPVA e apreensão de veículos para pátios particulares. O Projeto de Lei deve ser lido na sessão ordinária do Poder Legislativo de quarta-feira do próximo dia 13 de junho, para que siga para tramitação nas comissões permanentes.

De acordo com o vereador Marcos Belitardo, o Projeto de Lei visa moralizar a situação e assegurar os direitos e garantias dos donos de veículos, o que declarou como absurdo se apreender um veículo por não pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), sendo que nenhuma legislação brasileira autoriza se apreender qualquer veículo por não pagamento do IPVA. Para ele a possibilidade de indenização pelo abuso de autoridade nos casos em que a apreensão do veículo ocorrer exclusivamente por falta de pagamento do IPVA é pertinente. O artigo 37 da Constituição, parágrafo 6º, define que “as pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado prestadoras de serviços públicos responderão pelos danos que seus agentes, nessa qualidade, causarem a terceiros”.

O vereador Marcos Belitardo que é oficial de justiça do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia e também habilitado como advogado, esclarece que ao contrário do que estão fazendo em Teixeira de Freitas, a Lei determina que a administração pública não poderá atuar nestas condições, principalmente por meio de qualquer autoridade de trânsito municipal, cumprindo o que determina o artigo 150 da Constituição Federal onde “Sem prejuízo de outras garantias asseguradas ao contribuinte, é vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios utilizar tributo com efeito de confisco”.

O vereador Jorís Bento Xavier, o “Jorís de Jel” destaca que esta legislatura tem se preocupado em atender às reivindicações dos cidadãos, dentro dos trâmites legais, representando a população e colaborando para sanar alguns dos problemas que enfrentam na cidade. E para ele é inadmissível permitir o que vem ocorrendo, aceitar o Estado da Bahia por meio da Polícia Militar e da Guarda Municipal apreender e encaminhar veículos para pátios particulares com a finalidade de angariar dinheiro com os alugueis dos pátios e obrigando com o confisco ao dono do veículo a pagar um tributo passivo de tolerância e negociação.

Para o vereador Jorís Bento Xavier, a apreensão do carro por IPVA atrasado é ilegal e pode gerar indenização e defende que o atraso no pagamento do tributo não dá ao Estado o direito de tomar bens e outras formas de cobrança devem ser adotadas. Ele considera que a apreensão exclusivamente devido ao tributo atrasado é inconstitucional. Para o vereador Jorís, é possível recorrer a outras formas de cobrança do imposto, sem precisar ofender o direito à propriedade, garantido pela Constituição Federal. “O Estado não pode executar de ofício, isto é, sem o Judiciário, o débito que o contribuinte tenha”, afirma.

O Supremo Tribunal Federal (STF) já tomou decisões no sentido de que o Estado não pode fazer apreensão de bens para cobrar dívidas tributárias. Contudo, as decisões se referem a questões comerciais, por isso o entendimento de que isso se aplicaria ao IPVA não é pacificado. O Projeto de Lei dos vereadores Marcos Belitardo e Jorís Bento Xavier dará entrada no plenário na sessão ordinária desta quarta-feira, dia 13 de junho, mas ainda deve ser encaminhado as comissões permanentes e deve gerar uma série de entendimentos nos próximos dias.

Por: Liberdadenews/Ascom


STJ solta acusados de tentar matar manifestante anti-Lula

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu habeas corpus ao ex-vereador de Diadema (SP) Manoel Eduardo Marinho, o Maninho (PT), preso em maio

Por unanimidade, vereador Jovino Viana é eleito novo presidente da

Lajedão: A Câmara Municipal realizou na noite da última sexta-feira, 14 de dezembro, a última Sessão Ordinária do ano de 2018, sob a

Lajedão: Pelo sexto ano consecutivo as contas do prefeito Betão

Lajedão: O Tribunal de Contas dos Municípios aprovou no último dia 05 de dezembro, as contas do prefeito de Lajedão, Humberto Carvalho Cortes,

Por que bombardeiros russos estão aterrissando na Venezuela

Quatro aeronaves - incluindo dois bombardeiros Tupolev 160 (Tu-160), com capacidade para transportar armas nucleares - pousaram na segunda-feira no

Assessora de Bolsonaro era personal trainer e atendia em expediente

Nathalia Melo de Queiroz esteve lotada no gabinete do presidente eleito entre 2016 e 2018. Ela é filha de Fabrício José de Queiroz, ex-assessor de

Contas da prefeita de Prado são rejeitadas

Prado: Na sessão desta quinta-feira (13/12), o Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as contas da Prefeitura de Prado, da responsabilidade

Coaf detecta quase seis mil operações suspeitas na Bahia, diz

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) detectou 5.991 operações suspeitas na Bahia desde o início deste ano, segundo a coluna

Temer libera 100% do capital estrangeiro nas companhias aéreas

Depois de várias tentativas de se aprovar um projeto de lei no Congresso Nacional, o presidente Michel Temer assinou nesta quinta-feira, 13, uma

Haddad é condenado a pagar 79 mil por ofensas a Edir Macedo

Petista acusou o líder espiritual da Igreja Universal do Reino de Deus de ser um “charlatão fundamentalista”. Dinheiro vai para instituição

Presidente da Câmara publica portaria da comissão técnica com

O Presidente da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, vereador Agnaldo Teixeira Barbosa, o “Agnaldo da Saúde” (PR), que já havia assinado

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: