Teixeira de Freitas: O vice-prefeito de Teixeira de Freitas, Ubiratan Lucas Rocha Matos, mesmo sendo radialista e representante da imprensa local, não vem aceitando bem as críticas, uma vez que se tornou homem público, político, vice-prefeito de uma cidade, e que por conta do cargo público passou a ter maiores responsabilidades, e consequentemente, a ser mais cobrado pela imprensa local e pelo povo que o elegeu. Em seu programa diário, o vice-prefeito não economiza crítica aos órgãos públicos da cidade e outros segmentos, e na maioria das vezes, sem ouvir o contraditório, mas, quando outros órgãos o critica, a resposta do vice-prefeito tem sido acionar a Justiça, em ações desnecessárias, desgastante e sem fundamento.

Em mais uma ação contra o jornalista e radialista Edvaldo Alves, o vice-prefeito Lucas Bocão, perdeu novamente. Dessa vez, não satisfeito com as críticas publicadas em uma matéria intitulada: Teixeira: Vice-prefeito denuncia nepotismo mas indicou sua irmã para um cargo na Saúde, o radialista e vice-prefeito moveu uma ação indenizatória, processo N.º: 0004455-11.2017.8.05.0256, com pedido de indenização por danos morais no importe de R$ 34.000,00 (trinta e quatro mil reais). Após juntada de documentos, audiência de conciliação e contestação, promovida pelo promovido (Edvaldo Alves da Costa, através do seu advogado Dr. Alex Gonçalves de Jesus Santiago, o juiz decidiu o mérito.

Vale ressaltar que na defesa do Promovido Edvaldo Alves, o advogado Dr. Alex Santiago, argumentou que o jornalista não escreveu a matéria, a qual foi escrita “Por Redação”, e que logo, se reconhece a ilegitimidade passiva do promovido Edvaldo Alves. [...] “Portanto, pelos documentos acima referidos, tem-se que EDVALDO ALVES DA COSTA [...] é parte ilegítima para figurar no polo passivo da demanda. Não havendo relação de direito material entre as partes [...] Assim, ante à falta de comprovação do pressuposto processual de legitimidade passiva, forçoso concluir pela extinção do feito sem julgamento do mérito, nos termos do art. 485 do Código de Processo Civil.

E por fim, o Juiz de Direito, Dr. Humberto José Marçal decidiu: “Face ao exposto, JULGO EXTINTO O FEITO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO, nos termos do art. 485, VI do Código de Processo Civil. Sem custas e sem honorários.

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews


Ex-governador do Paraná, Beto Richa volta a ser preso

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) voltou a ser preso na manhã desta terça-feira (19) em Curitiba. A prisão, que é preventiva, ou

Geddel acionou Casa Civil sobre prédio em Salvador, diz ex-assessor

O ex-subchefe de assuntos jurídicos da Casa Civil, Gustavo do Vale Rocha, testemunhou em juízo nesta sexta-feira, 15, ter participado de uma

Ex-canditato a vereador é morto enquanto trabalhava

O ex- candidato a vereador do município de Capim Grosso (distância de 275 km de Salvador), Nildo Carneiro, foi morto na noite do sábado, 16,

Grupo fecha vias da BA-001 em protesto contra estado de rodovia

Moradores fazem protestos em trechos da BA-001 entre Valença, Taperoá e Igrapiúna, no Baixo Sul baiano, na manhã desta sexta-feira (15).

Vídeo: Câmara de Vereadores de Lajedão inicia Ano Legislativo 2019

Lajedão: A Câmara Municipal de Lajedão deu início ao ano legislativo de 2019, em Sessão Solene Legislativa Ordinária realizada na última

Concurso oferece 235 vagas para prefeitura de Itapitanga

Estão abertas até sexta-feira (15) as inscrições para o concurso da prefeitura de Itapitanga, cidade do sul da Bahia, que oferece 235 vagas

Prefeitura de Teixeira inicia o mutirão de Escritura Legal

Teixeira de Freitas: Nesta quinta-feira (14), a Prefeitura de Teixeira de Freitas, por meio da secretaria de Habitação e Regularização

Despesas com pessoal na Bahia crescem e ficam acima da média

Os gastos do governo da Bahia com servidores na ativa e aposentados cresceram de 2017 para 2018. De acordo com levantamento feito pelo G1, essa

Prefeito renuncia ao cargo em Aiquara (BA)

O prefeito de Aiquara (BA), Jositan Pimentel, renunciou ao cargo na noite desta sexta-feira (8). Conhecido como “Tam”, ele se despediu dos

Prefeito dá tapa em fazendeiro após ser chamado de 'moleque'

O prefeito da cidade de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, Léo Dourado (PR), deu um tapa na cara de um fazendeiro após ser chamado de

UAI Brasil
O teixeirão 2018
Connect Informática
Nossos Apoiadores: