Teixeira de Freitas: O vice-prefeito de Teixeira de Freitas, Ubiratan Lucas Rocha Matos, mesmo sendo radialista e representante da imprensa local, não vem aceitando bem as críticas, uma vez que se tornou homem público, político, vice-prefeito de uma cidade, e que por conta do cargo público passou a ter maiores responsabilidades, e consequentemente, a ser mais cobrado pela imprensa local e pelo povo que o elegeu. Em seu programa diário, o vice-prefeito não economiza crítica aos órgãos públicos da cidade e outros segmentos, e na maioria das vezes, sem ouvir o contraditório, mas, quando outros órgãos o critica, a resposta do vice-prefeito tem sido acionar a Justiça, em ações desnecessárias, desgastante e sem fundamento.

Em mais uma ação contra o jornalista e radialista Edvaldo Alves, o vice-prefeito Lucas Bocão, perdeu novamente. Dessa vez, não satisfeito com as críticas publicadas em uma matéria intitulada: Teixeira: Vice-prefeito denuncia nepotismo mas indicou sua irmã para um cargo na Saúde, o radialista e vice-prefeito moveu uma ação indenizatória, processo N.º: 0004455-11.2017.8.05.0256, com pedido de indenização por danos morais no importe de R$ 34.000,00 (trinta e quatro mil reais). Após juntada de documentos, audiência de conciliação e contestação, promovida pelo promovido (Edvaldo Alves da Costa, através do seu advogado Dr. Alex Gonçalves de Jesus Santiago, o juiz decidiu o mérito.

Vale ressaltar que na defesa do Promovido Edvaldo Alves, o advogado Dr. Alex Santiago, argumentou que o jornalista não escreveu a matéria, a qual foi escrita “Por Redação”, e que logo, se reconhece a ilegitimidade passiva do promovido Edvaldo Alves. [...] “Portanto, pelos documentos acima referidos, tem-se que EDVALDO ALVES DA COSTA [...] é parte ilegítima para figurar no polo passivo da demanda. Não havendo relação de direito material entre as partes [...] Assim, ante à falta de comprovação do pressuposto processual de legitimidade passiva, forçoso concluir pela extinção do feito sem julgamento do mérito, nos termos do art. 485 do Código de Processo Civil.

E por fim, o Juiz de Direito, Dr. Humberto José Marçal decidiu: “Face ao exposto, JULGO EXTINTO O FEITO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO, nos termos do art. 485, VI do Código de Processo Civil. Sem custas e sem honorários.

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews


STJ solta acusados de tentar matar manifestante anti-Lula

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu habeas corpus ao ex-vereador de Diadema (SP) Manoel Eduardo Marinho, o Maninho (PT), preso em maio

Por unanimidade, vereador Jovino Viana é eleito novo presidente da

Lajedão: A Câmara Municipal realizou na noite da última sexta-feira, 14 de dezembro, a última Sessão Ordinária do ano de 2018, sob a

Lajedão: Pelo sexto ano consecutivo as contas do prefeito Betão

Lajedão: O Tribunal de Contas dos Municípios aprovou no último dia 05 de dezembro, as contas do prefeito de Lajedão, Humberto Carvalho Cortes,

Por que bombardeiros russos estão aterrissando na Venezuela

Quatro aeronaves - incluindo dois bombardeiros Tupolev 160 (Tu-160), com capacidade para transportar armas nucleares - pousaram na segunda-feira no

Assessora de Bolsonaro era personal trainer e atendia em expediente

Nathalia Melo de Queiroz esteve lotada no gabinete do presidente eleito entre 2016 e 2018. Ela é filha de Fabrício José de Queiroz, ex-assessor de

Contas da prefeita de Prado são rejeitadas

Prado: Na sessão desta quinta-feira (13/12), o Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as contas da Prefeitura de Prado, da responsabilidade

Coaf detecta quase seis mil operações suspeitas na Bahia, diz

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) detectou 5.991 operações suspeitas na Bahia desde o início deste ano, segundo a coluna

Temer libera 100% do capital estrangeiro nas companhias aéreas

Depois de várias tentativas de se aprovar um projeto de lei no Congresso Nacional, o presidente Michel Temer assinou nesta quinta-feira, 13, uma

Haddad é condenado a pagar 79 mil por ofensas a Edir Macedo

Petista acusou o líder espiritual da Igreja Universal do Reino de Deus de ser um “charlatão fundamentalista”. Dinheiro vai para instituição

Presidente da Câmara publica portaria da comissão técnica com

O Presidente da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, vereador Agnaldo Teixeira Barbosa, o “Agnaldo da Saúde” (PR), que já havia assinado

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: