Teixeira de Freitas: O presidente da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, o vereador Agnaldo Teixeira Barbosa, o “Agnaldo da Saúde” (PR), tornou público no final da manhã desta quarta-feira (11/07), que na próxima reunião ordinária após o recesso paramentar, no dia 1º de agosto, estará em pauta para votação de julgamento, as contas públicas relativas ao exercício do ano de 2015, do ex-prefeito João Bosco Bittencourt (PT).

As contas chegaram à Câmara Municipal desde 7 de dezembro de 2017, oriundas do TCM – Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia, de onde vieram reprovadas. Para que as contas de João Bosco sejam aprovadas, tendo em vista que a votação na Câmara Municipal é soberana ao julgamento técnico do TCM, o ex-prefeito precisa de dois terços do parlamento, ou seja, será preciso 13 votos dos 19 vereadores para que as contas públicas sejam aprovadas. Caso contrário, as contas seguirão rejeitadas.

No dia 30 de agosto de 2015, as contas públicas relativas ao exercício do ano de 2013 do então prefeito João Bosco foram votadas pela composição do parlamento da época, na mesma situação de agora, mas na ocasião o gestor que precisava de 13 votos acabou obtendo 16 votos a favor da sua contabilidade pública. As contas dos anos de 2014 e 2016 ainda estão sob análise do Tribunal de Contas dos Municípios, em Salvador.

O presidente Agnaldo da Saúde informou que as contas em pauta, relativas ao exercício do ano de 2015, do ex-prefeito João Bosco, percorreu todos os tramites legais do Poder Legislativo e todos os prazos solicitados pela defesa do ex-prefeito foram concedidos e todos os recursos foram permitidos, como dilação do prazo de defesa, solicitação de documentos, oitiva de testemunhas e outros. E esgotada a fase instrutória, o julgamento das contas foi marcado para o dia 11 de julho de 2018, mas depois de várias tentativas de intimação do ex-prefeito, e não havendo possibilidade de dá ciência ao mesmo, para que sustentasse a sua defesa oral no dia do julgamento, conforme certidões contidas nos anexos dos autos, o julgamento foi redesignado para o dia 1º de agosto de 2018, às 09h, no Auditório Francistônio Alves Pinto da Câmara Municipal.

Nesta quarta-feira (11), as 10h38 da manhã, foi possível os servidores da Câmara Municipal, localizar o ex-prefeito na sua casa no bairro Jardim Planalto e havendo  a recusa do ex-prefeito em assinar a intimação, o presidente da Câmara Municipal, após certidão de recusa emitida pelos servidores designados para o ato, declarou o ex-gestor intimado para a reunião de julgamento das suas contas administrativas e tornou público a data do julgamento das suas contas públicas para o próximo dia 1º de agosto de 2018, inclusive, publicando oficialmente a intimação na imprensa oficial do município, conforme traz a Edição nº 1063, Ano VI, do Diário Oficial do Legislativo desta quarta-feira, 11 de julho de 2018.

Por: Liberdadenews/Ascom


Juízes fazem dossiê para rebater Bolsonaro e blindar a Justiça do

Bolsonaro acenou com a possibilidade de acabar com a Justiça do Trabalho A Associação Juízes para a Democracia (AJD), entidade não

Seis pontos mal explicados no decreto pró-armas de Bolsonaro

Afrouxamento nos requisitos para registro abre espaço para arsenal ilimitado, corrupção policial e explosão na taxa de acidentes domésticos O

ACM Neto defende que Maia continue a negociar com PT

Apesar da resistência dos petistas ao nome de Rodrigo Maia (DEM) à presidência da Câmara dos Deputados, o presidente nacional do DEM, o

Detran divulga lista de motoristas que podem perder CNH; confira

Bahia; Foi divulgada a lista dos motoristas que podem perder a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na Bahia. Segundo Departamento de

A NICA DA LIBERDADE 199

Ramiro Guedes VERDADE INDIZÍVEL “A tristeza é a primeira que desfalece. A solidão é a segunda que desmaia. A beleza é a terceira que

MBL apresenta representação criminal contra Gleisi Hoffmann na PGR

Após a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, comparecer à posse do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, o Movimento Brasil Livre (MBL)

Plano para demarcações indígenas pode parar na Justiça

Nas primeiras horas de governo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) editou uma medida provisória e um decreto que esvaziam as principais atribuições

Ministra Damares se envolve em nova polêmica: a teoria da evolução

Segundo ministério, declaração foi dada em contexto teológico, sem relação com gestão pública. Damares já disse que meninos vestem azul e

Governo Bolsonaro confirma saída de pacto de migração da ONU

Em telegrama emitido nesta terça-feira, o Ministério das Relações Exteriores pediu a diplomatas brasileiros que comuniquem à ONU que o Brasil

'Não se deve misturar ciência com religião', diz ministro Marcos

Ele rebateu fala da ministra Damares sobre Teoria da Evolução O ministro de Ciência e Tecnologia Marcos Pontes rebateu, nesta quinta-feira,

UAI Brasil
O teixeirão 2018
Connect Informática
Nossos Apoiadores: