Os eleitores que perderam ou tiveram extraviado o título de eleitor, e que pretendem requerer a segunda via do documento foram da cidade onde votam, podem realizar a solicitação até o dia 8 de agosto. Já os eleitores que estão em seu domicílio eleitoral e querem tirar a segunda via têm até 10 dias antes da eleição, ou seja, até 27 de setembro, para realizar o procedimento, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA).

O procedimento só precisa ser feito por quem quer ter em mãos o título de papel. Sem ele, é possível votar com o e-Título, documento digital que pode substituir o título de papel no dia da eleição, ou apresentando um documento oficial com foto. Quem teve o título cancelado pela não realização do recadastramento biométrico, no entanto, não pode votar nas eleições de 2018 e só pode regularizar a situação depois das eleições, a partir de novembro, informa o TRE-BA.

As eleições 2018 serão realizadas no dia 7 de outubro, em primeiro turno, e no dia 28 de outubro, nos casos de segundo turno. Para tirar a segunda via do título é necessário apresentar um documento de identificação original com foto - a exemplo de RG, Carteira de Trabalho e Previdência Social, carteira emitida pelos órgãos criados por lei federal, controladores do exercício profissional (OAB, CRM, CREA etc) ou Carteira Nacional de Habilitação.

Não será aceito o modelo antigo do passaporte, por não conter dados de filiação. Além disso, os documentos devem estar em bom estado e dentro do prazo de validade. Os eleitores que pretendem tirar a segunda via do título fora do domicílio eleitoral pode fazer a solicitação junto a qualquer cartório eleitoral.

O eleitor deve estar quite com a Justiça Eleitoral, ou seja, não poderá ter débitos por ausência às urnas ou aos trabalhos eleitorais. A consulta à situação pode ser feita por meio do nome do eleitor ou do número do título no site do TRE-BA.

Além da quitação, o interessado não poderá possuir condenação criminal cuja pena não tenha sido integralmente cumprida, possuir condenação por improbidade administrativa cuja pena de suspensão de direitos políticos não tenha sido cumprida; estar cumprindo ou não ter prestado o serviço militar obrigatório, ter pendência no cadastro eleitoral referente a não apresentação de prestação de contas de campanha eleitoral e inabilitação.


Tarifas de pedágios da BA-093 aumentam a partir de segunda-feira

As tarifas do sistema da BA-093 terão aumento a partir de segunda-feira (12). O anúncio foi publicado no Diário Oficial do Estado de

Lula começa a dar primeiros sinais de tristeza na prisão

Preso desde 7 de abril deste ano, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva começa a dar os primeiros sinais de tristeza, segundo a coluna Radar,

Campanha online mobiliza mais de dois milhões contra reajuste dos

Mais de dois milhões de assinaturas já foram declaradas em uma campanha online contra o reajuste de 16,38% no salário dos ministros do Supremo

Presidente da Câmara de Vereadores entrega dois novos prédios

O presidente da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, vereador “Agnaldo da Saúde” (PR) entregou oficialmente na manhã desta sexta-feira

Projeto Executivo do PAC 2 é apresentado aos lojistas do Shopping

Teixeira de Freitas: Na tarde desta quinta-feira, dia 8 de novembro, os lojistas e a equipe administrativa do Shopping Teixeira Mall foram

Governo: Bolsonaro terá 6.099 cargos para nomear sem concurso

Cargos comissionados têm a função de permitir a contratação de 'pessoas com competências que não podem ser medidas em concursos públicos', de

Vice-governador de MG e Joesley Batista são presos em operação

Antonio Andrade é acusado de participar de esquema de pagamento de propina durante período em que foi ministro da Agricultura, no governo Dilma

Bahia tem aumento de 57 mil pessoas que trabalham nas ruas

A Bahia apresentou um aumento de 57 mil pessoas que trabalham nas ruas em 2017, segundo aponta a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

A NICA LIBERDADE 190

Ramiro Guedes O PREFEITO GRACILIANO RAMOS O escritor Graciliano Ramos teve uma passagem pela política quando foi prefeito de Palmeira dos

Reajuste de ministros do Supremo custará R$ 4,1 bilhões

Reajuste para os vencimentos de ministros do Supremo e do procurador-geral da República, aprovado pelo Senado, afetará diretamente o próximo

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: