O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia vai lavrar Termos de Ocorrência para apurar a compra de diplomas e medalhas, por parte de prefeitos e vereadores – que são vendidos por empresários espertalhões, a título de honraria, por suposto destaque na administração municipal ou desempenho nas câmaras em cidades do interior do Brasil. O TCM vai instaurar processo para que prefeitos e presidentes de câmaras municipais devolvam aos cofres públicos os recursos gastos com a taxa de inscrição para a “cerimônia de entrega da honraria”, assim como os valores gastos de recursos públicos com diárias, hospedagem e transporte para o local do evento.

A decisão de instaurar a investigação para punir os gestores públicos baianos envolvidos foi tomada nesta segunda-feira (06/08) pelo presidente do TCM, conselheiro Francisco de Souza Andrade Netto, após reportagem exibida pela Rede Globo de Televisão, no programa “Fantástico”, no último domingo, denunciando a verdadeira indústria de venda de homenagens que existe no país que atrai – e em alguns casos ilude – gestores públicos de municípios de todo o país. A reportagem comprovou a venda de “diploma de mérito e medalha” ao mostrar um jumento – que foi identificado como administrador municipal – sendo homenageado como um dos “Cem melhores prefeitos do país”.

Numa apuração preliminar feita pelo TCM, 26 prefeituras e 30 câmaras municipais baianas pagaram pelas distinções negociadas pelas empresas “União Brasileira de Divulgação – UBD” e “Instituto Tiradentes”, nos anos de 2017 e 2018. Os diplomas e medalhas custaram um total R$92.983,00.

O “Instituto Tiradentes” foi mais ativo, arrecadou R$80.833,00 nos municípios – 13 prefeituras em 2017 e 26 câmaras no mesmo ano. Em 2018 vendeu prêmios para 12 prefeituras e 10 câmaras. Já o UBD teve como clientes oito prefeitos em 2017 e dois prefeitos em 2018. E ganhou R$12.150,00.

Informações Assessoria de Comunicação


STJ solta acusados de tentar matar manifestante anti-Lula

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu habeas corpus ao ex-vereador de Diadema (SP) Manoel Eduardo Marinho, o Maninho (PT), preso em maio

Por unanimidade, vereador Jovino Viana é eleito novo presidente da

Lajedão: A Câmara Municipal realizou na noite da última sexta-feira, 14 de dezembro, a última Sessão Ordinária do ano de 2018, sob a

Lajedão: Pelo sexto ano consecutivo as contas do prefeito Betão

Lajedão: O Tribunal de Contas dos Municípios aprovou no último dia 05 de dezembro, as contas do prefeito de Lajedão, Humberto Carvalho Cortes,

Por que bombardeiros russos estão aterrissando na Venezuela

Quatro aeronaves - incluindo dois bombardeiros Tupolev 160 (Tu-160), com capacidade para transportar armas nucleares - pousaram na segunda-feira no

Assessora de Bolsonaro era personal trainer e atendia em expediente

Nathalia Melo de Queiroz esteve lotada no gabinete do presidente eleito entre 2016 e 2018. Ela é filha de Fabrício José de Queiroz, ex-assessor de

Contas da prefeita de Prado são rejeitadas

Prado: Na sessão desta quinta-feira (13/12), o Tribunal de Contas dos Municípios rejeitou as contas da Prefeitura de Prado, da responsabilidade

Coaf detecta quase seis mil operações suspeitas na Bahia, diz

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) detectou 5.991 operações suspeitas na Bahia desde o início deste ano, segundo a coluna

Temer libera 100% do capital estrangeiro nas companhias aéreas

Depois de várias tentativas de se aprovar um projeto de lei no Congresso Nacional, o presidente Michel Temer assinou nesta quinta-feira, 13, uma

Haddad é condenado a pagar 79 mil por ofensas a Edir Macedo

Petista acusou o líder espiritual da Igreja Universal do Reino de Deus de ser um “charlatão fundamentalista”. Dinheiro vai para instituição

Presidente da Câmara publica portaria da comissão técnica com

O Presidente da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, vereador Agnaldo Teixeira Barbosa, o “Agnaldo da Saúde” (PR), que já havia assinado

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: