O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Sérgio Banhos determinou, na segunda-feira (8), em caráter liminar, a retirada de 33 fake news sobre Manuela D'Ávila (PCdoB), candidata a vice na chapa de Fernando Haddad (PT). Segundo a decisão, o conteúdo deve ser retirado em até 24 horas do ar pelo Facebook. Os autores devem ser identificados pela rede social à Justiça e o Ministério Público Eleitoral deve ser intimado a se manifestar sobre o caso.

Em representação, os advogados da coligação 'O Povo Feliz de Novo' (PT/PC do B/PROS) afirmam que "as pessoas representadas responsáveis pelas contas e páginas no Facebook teriam se utilizado da rede social para ofender e difamar a candidata Manuela D'Ávila e a coligação representante, por meio da publicação de vídeo, no qual se atribui condutas moralmente reprováveis à candidata".

Além disso, a defesa afirma que as publicações "contém trechos de vídeo de autoria da candidata, com inserção de matéria jornalística a respeito de manifestação ocorrida no Rio de Janeiro, na qual há imagem de dois manifestantes distribuindo imagens de santas e chutando crucifixos”.

 "Após a apresentação das referidas imagens, é inserido novo trecho de vídeo da candidata produzido para combater a homofobia nas escolas. Entretanto, aparece sua voz ao fundo com sobreposição de imagens que deturpariam o real conteúdo da publicidade", afirmam os advogados.

O ministro entendeu ser 'viável' a concessão da liminar para derrubar o conteúdo pelo fato de as publicações "mancharem a imagem da candidata perante o público católico e cristão, com o objetivo evidente de interferir no pleito eleitoral". "Ademais, a mídia foi claramente editada com uso de montagem - por meio da qual se desvirtuou o conteúdo original do vídeo produzido pela candidata representante para combater a homofobia nas escolas -, contendo agressão e ataque à imagem da candidata, atribuindo-lhe conceito sabidamente inverídico", anotou.

Ele decidiu que "deve ser deferido o pedido liminar para imediata retirada do conteúdo ora impugnado, bem como para disponibilização dos dados pessoais dos responsáveis pelas publicações, nos termos do art. 34 da Res -TSE n 23.551/2017, uma vez que se trata de o medida necessária para eventual responsabilização". "Ante o exposto, defiro o pedido liminar para determinar que a empresa Facebook retire, no prazo de máximo de 24h, o conteúdo hospedado nas URLs acima identificadas", determinou.

O ministro ainda obrigou o Facebook a, "no prazo de 48h, fornecer a identificação do número de IP da conexão usada para realização do cadastro inicial no Facebook; e ii) os dados pessoais dos criadores e dos administradores dos perfis".

Fonte: Correio24h


Pressão da oposição faz Coronel voltar atrás e encerrar sessão

Após conversa com representantes da oposição o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Angelo Coronel, decidiu encerrar a sessão

Projeto Escola Sem Partido será arquivado

Projeto proíbe que professores manifestem posicionamentos políticos ou ideológicos e que discutam questões de gênero em sala de aula. Foi a 12ª

Cerca de 200 delegados entregam cargos em protesto contra PEC do teto

Decisão foi tomada em assembleia realizada nesta terça-feira com mais de 400 delegados Cerca de 200 delegados que integram a cúpula da Polícia

As 7 forças que mudarão o futuro da economia global

Atualmente, a produtividade econômica de algumas cidades da China é maior do que a de países inteiros A chegada da internet no início dos anos

'Vou tentar acalmar os ânimos', diz Bolsonaro sobre PSL

O presidente eleito Jair Bolsonaro confirmou que se reunirá com o PSL na próxima semana e disse que irá acalmar o partido. "PSL é um partido

Paulo Guedes anuncia mais seis nomes da próxima equipe econômica

Futuro ministro definiu que Waldery Rodrigues será o secretário de Fazenda. O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, e o secretário-executivo

Moro escolhe superintendente do Paraná como diretor-geral da PRF

O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, anunciou nesta terça-feira (4) que Adriano Marcos Furtado será o diretor-geral da Polícia

Jurista protocola pedido de impeachment de Lewandowski

O jurista Modesto Carvalhosa vai protocolar um pedido de impeachment contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski nesta

Entre ameaças e agressões Câmara de Nova Viçosa aprova projeto de

Nova Viçosa: Tensão, xingamentos, ameaças e até agressões deixaram marcas na manhã desta sexta-feira 07 de dezembro, na Sessão Ordinária da

A NICA DA LIBERDADE 194

Ramiro Guedes RELENDO “A RELÍQUIA” Em êxtase literário, terminei, pela enésima vez, a leitura de “A Relíquia”, de Eça de Queirós.

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: