O governador eleito Ronaldo Caiado ao votar no último domingo

Márcio Venicio/TV Anhanguera

O governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), viajará ao Rio de Janeiro nesta quarta-feira (10) para anunciar o apoio ao candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro.

Bolsonaro também deve receber nesta quarta-feira o apoio da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) do Congresso, conhecida como a "bancada ruralista".

Ao blog, Caiado antecipou a decisão de apoiar Bolsonaro. "Vou ao Rio de Janeiro para apoiar Bolsonaro. Ele me ligou hoje [terça, 9], no fim da tarde. No segundo turno, é preciso ter um lado. Tenho 24 anos de mandato parlamentar e nunca votei abstenção. Sempre tive lado", disse.

Questionado sobre o motivo de não ter apoiado Bolsonaro já no primeiro turno, Caiado explicou que tinha um palanque com 12 partidos e que os aliados deles apoiavam no primeiro turno várias candidaturas, como a de Ciro Gomes (PDT) e a de Alvaro Dias (Podemos).

Apesar de Caiado ser do DEM, ele não apoiou a candidatura do tucano Geraldo Alckmin (PSDB). Isso porque o ex-governador de Goiás Marconi Perillo, adversário político no estado, era o coordenador da campanha do PSDB.

Caiado fez críticas à situação que vai herdar no estado. “Tenho um governo do estado com sérias dificuldades. Dilapidaram com o estado de Goiás. O maior hospital de emergência está fechado”, disse o governador eleito.

Frente Agropecuária

Além de Caiado, Bolsonaro deve receber nesta quarta-feira vários representantes da Frente Parlamentar da Agropecuária.

A articulação com as bancadas temáticas tem sido feita pelo deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), apontado por Bolsonaro como novo ministro da Casa Civil num eventual governo.

"As conversas na Câmara rederam muito", disse Lorenzoni ao blog nesta terça. Ele estava a caminho da 26ª conversa do dia com parlamentares.

 

Editoria de Arte / G1


Após denúncia sobre ar-condicionado quebrados no SAC/Teixeira, SAEB

Teixeira de Freitas: Após matéria publicada no Liberdade News denunciando a alta temperatura no SAC por conta do ar-condicionado que está

Declaração do IR deve ser entregue a partir do dia 7 de março

A Declaração de Imposto da Pessoa Física deve ser entregue entre 7 de março e 30 de abril de 2019, pela internet. As regras para a entrega da

Criminalização da homofobia: Julgamento é suspenso no STF

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), leu nesta quinta-feira, 21, o quarto voto favorável à equiparação da

Vereda: Prefeito reeleito tem contas de 2017 rejeitadas

Vereda: O prefeito de Vereda, no extremo sul, Dinoel Souza Carvalho, teve as contas rejeitadas referente ao ano de 2017. A punição foi

Clientes desmaiam no SAC/Teixeira por conta do calor: Ar-condicionado

Teixeira de Freitas: Clientes do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) denunciaram a situação de extremo calor na unidade por falta da

Exclusivo: áudios desmentem o presidente Jair Bolsonaro

Jornalista diz que Bebianno vazou áudios Nos bastidores da crise que resultou na demissão de Gustavo Bebianno da Secretaria-Geral da

Governo apresenta hoje a proposta de reforma da Previdência

Expectativa é que Bolsonaro entregue a proposta pessoalmente ao Congresso. Governo já confirmou idade mínima de 65 anos para homens e 62 para

Exportação de jumentos do Brasil para a China vira caso de polícia

Cerca de 200 jumentos foram encontrados mortos em uma fazenda na cidade de Canudos, a 372 km de Salvador No final do mês passado, algum morador

No fim das contas, caso Bebianno tem o mesmo DNA da Lava Jato

Otávio do Rêgo Barros, o porta-voz da Presidência, até tentou despistar. Foi curto ao comunicar a demissão do ministro Gustavo Bebianno, e

Bolsonaro assina Projeto de Lei Anticrime

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira, 19, em solenidade no Palácio do Planalto, o Projeto de Lei Anticrime. O ministro da

UAI Brasil
O teixeirão 2018
Connect Informática
Nossos Apoiadores: