O prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, disse que vai apoiar e votar em Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno das eleições presidenciais. O anúncio foi feito em coletiva de imprensa realizada na tarde desta quarta-feira (10), em um hotel no bairro do Rio Vermelho, na capital baiana.

Mais cedo, Neto divulgou nota nacional em que afirma que o partido não vai apoiar nem Haddad e nem Bolsonaro, mas que os líderes da sigla, individualmente, estavam "liberados para, seguindo as suas convicções, apresentarem a sua manifestação de voto neste segundo turno". Ele deixou claro que a posição de apoiar Bolsonaro é dele.

"O partido nacional manifestou na manhã de hoje a sua posição muito clara, coerente com a sua história, coerente com tudo que nós defendemos ao longo dos últimos anos. Nosso campo não é o campo do PT, mas o partido, nacionalmente, liberou as suas lideranças, a sua militância, para que em cada estado pudesem se manifestar, expressar a sua preferência, a sua opinião em relação a esse segundo turno. O que estou fazendo aqui, agora de imediato na Bahia, é, como cidadão, anunciar meu apoio à candidatura do candidato do PSL Jair Bolsoaro", disse.

Neto, que no primeiro turno apoiou a candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) à presidência, afirmou que diverge de algumas ideias defendidas por Bolsonaro, mas diz acreditar que ele possa fazer uma mudança no país.

"Mesmo não concordando com tudo, do ponto de vista ideológico e programático, que defende o candidato Bolsonaro, na minha opinião, existe uma coisa que nos une é que é mais forte: que é exatamente não deixar um governo tomado pelo PT, que foi o partido que trouxe ao Brasil mais de 13 milhões de desempregados, o partido do Mensalão, do Petrolão", disse.

"Por isso é que eu, particularmente aqui na Bahia, estou dando um voto de confiança à candidatura de Jair Bolsonaro. O PT não vai nos trazer nada de positivo ou de novo para traduzir esse desejo apresentado pela população nas urnas", afirmou o prefeito.

Neto falou na coletiva ao lado do ex-prefeito de Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador, Zé Ronaldo, também do DEM, que ficou em segundo lugar na disputa pelo governo da Bahia e que, já no primeiro turno, mesmo antes do partido se manifestar nacionalmente, já havia declarado apoio a Bolsonaro. "Fico feliz com essa decisão", disse Zé, na coletiva, após o anúncio de Neto.

"No primeiro turno, nosso apoio foi para Geraldo Alckmin, mas o nosso gosto não foi o gosto da maioria da população. Isso é a democracia. No entanto, agora no segundo turno, votarei em Bolsonaro. Não concordo com tudo que ele diz, mas queremos mudança, algo novo", completou Neto.

Fonte: G1


Dinheiro: Nascidos em outubro podem sacar o PIS a partir de hoje

Mais de 1,89 milhão de beneficiários receberão R$ 1,38 bilhão referentes ao calendário 2018/2019, ano-base 2017 Começa nesta quinta-feira

Só 4 das 50 imagens sobre as eleições, replicadas no WhatsApp são

Um estudo em conjunto da USP, UFMG e da Agência Lupa analisou o grau de veracidade de 50 imagens que mais circularam em grupos de WhatsApp entre

Canadá legaliza maconha para uso recreativo

O Canadá legalizou a partir desta quarta-feira, 17, o uso recreativo da maconha. Pela lei, os canadenses podem comprar e cultivar. A discussão se

A NICA DA LIBERDADE 187

Ramiro Guedes A GORDA DO TIKI BAR Um contista dos maiores desse Brasil, também chamado de Vampiro de Curitiba, Dalton Trevisan, nos brinda com

Polícia Federal indicia Michel Temer e pede prisão do coronel Lima

Presidente e outras 10 pessoas são investigados por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa no inquérito dos Portos A

Haddad é mais rejeitado pelos eleitores que Bolsonaro, aponta Ibope

Entre os dois candidatos à Presidência da República que disputam o segundo turno, Fernando Haddad (PT) é o mais rejeitado, conforme demonstrou

Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%

Jair Bolonsaro, candidato do PSL à Presidência da República, abriu 18 pontos de  vantagem em relação a Fernando Haddad (PT) na disputa em

Bolsonaro lidera com 59% dos votos válidos; Haddad tem 41%

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, continua na liderança das intenções de voto para o segundo turno, segundo

Tribunal Superior Eleitoral tratará de fake news com WhatsApp

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai marcar uma reunião para os próximos dias com representantes do WhatsApp com o objetivo de discutir a

Igreja centenária amanhece pichada com suásticas

A centenária capela de São Pedro da Serra, em Nova Friburgo, cidade da Região Serrana distante 140 quilômetros da capital do Rio de Janeiro,

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: