Como a primeira medida de impacto de seu mandato, o presidente Jair Bolsonaro pretende assinar nos próximos dias decreto para permitir a posse de arma de fogo a todas as pessoas sem ficha criminal do país. A ideia é que a medida seja colocada em vigor antes da participação do presidente no Fórum Econômico Mundial, em Davos, que ocorrerá entre os dias 22 e 25.

"Ele deve implementar, com certeza, antes da viagem", disse à reportagem o vice-presidente Hamilton Mourão. Para a assinatura do decreto, o presidente deve promover uma cerimônia no Palácio do Planalto com a presença de parlamentares da bancada da bala, favoráveis à edição da medida. A iniciativa deve incluir a anistia para pessoas que já possuem armas e perderam o prazo de renovação e o aumento do prazo de validade da autorização de posse de 5 para 10 anos.

O decreto foi discutido nesta terça-feira (8) em reunião ministerial. Segundo relatos, o ministro da Justiça, Sergio Moro, disse que o decreto está em fase final de elaboração. Moro também disse no encontro que tem tido êxito o envio da Força Nacional para o Ceará para reprimir uma onda de violência estadual. De acordo com presentes, Bolsonaro negou na reunião que será instalada uma base americana no Brasil durante seu mandato. 

O presidente havia citado a possibilidade em entrevista, na semana passada, mas recuou após repercussão negativa. Ele também orientou a equipe ministerial que seja clara e transparente nas informações repassadas, evitando mal-entendidos. Na semana passada, os ministros Paulo Guedes (Economia) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil) tiveram um embate em torno da reforma previdenciária.

"Em um início de governo, com certeza, pode ter desconforto, mas isso já passou", disse o ministro da Secretaria de Governo, Santos Cruz.

Fonte: Bahianoticias


Temóteo Brito entrega equipamentos para a Assistência Social

O prefeito de Teixeira de Freitas, Temóteo Brito, entregou na manhã desta quarta-feira (16), 231 novos equipamentos para fortalecer a estrutura

Governo aumenta valor de auxílio-reclusão e salário-família

Teto do benefício para presos passou de R$ 1.319,18 para R$ 1.364,43, com aumento de R$ 45,25. Portaria foi publicada no Diário Oficial da

Mais de 200 mil títulos de eleitor podem ser cancelados na Bahia

Saiba o que fazer para não perder seu título A partir do dia 23 de fevereiro, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) pode cancelar mais

Juízes fazem dossiê para rebater Bolsonaro e blindar a Justiça

Bolsonaro acenou com a possibilidade de acabar com a Justiça do Trabalho A Associação Juízes para a Democracia (AJD), entidade não

Seis pontos mal explicados no decreto pró-armas de Bolsonaro

Afrouxamento nos requisitos para registro abre espaço para arsenal ilimitado, corrupção policial e explosão na taxa de acidentes domésticos O

ACM Neto defende que Maia continue a negociar com PT

Apesar da resistência dos petistas ao nome de Rodrigo Maia (DEM) à presidência da Câmara dos Deputados, o presidente nacional do DEM, o

Detran divulga lista de motoristas que podem perder CNH; confira

Bahia; Foi divulgada a lista dos motoristas que podem perder a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na Bahia. Segundo Departamento de

A NICA DA LIBERDADE 199

Ramiro Guedes VERDADE INDIZÍVEL “A tristeza é a primeira que desfalece. A solidão é a segunda que desmaia. A beleza é a terceira que

MBL apresenta representação criminal contra Gleisi Hoffmann na PGR

Após a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, comparecer à posse do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, o Movimento Brasil Livre (MBL)

Plano para demarcações indígenas pode parar na Justiça

Nas primeiras horas de governo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) editou uma medida provisória e um decreto que esvaziam as principais atribuições

UAI Brasil
O teixeirão 2018
Connect Informática
Nossos Apoiadores: