A isenção de visto de visita para estrangeiros da Austrália, do Canadá, dos Estados Unidos e do Japão, já passou a valer. Determinada por meio de decreto pelo presidente Jair Bolsonaro em março, a medida não exige reciprocidade dos países, ou seja, brasileiros interessados em visitar esses destinos ainda precisarão passar pelo trâmite normal para obter permissão de entrada.

O decreto é questionado tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado, com projetos que propõem a extinção da determinação, mas ainda não houve nenhuma votação em plenário para derrubá-lo definitivamente. Nos dois casos, os projetos estão parados com os respectivos relatores, que ainda não entregaram parecer para a proposta ser votada.

No Senado, o projeto do senador Randolfe Rodrigues (Rede-PE) ficou cerca de dois meses aguardando designação do relator. A proposta foi distribuída ao senador Marcos do Val (Cidadania-ES). Na Câmara, proposta semelhante está há quase dois meses parada na Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional, com o relator Marcel Van Hatten (Novo-RS).

"Este favorecimento enfraquece o poder de negociação do Brasil em relação às condições migratórias impostas a brasileiros que viajam e migram e favorece países específicos em detrimento da soberania nacional e da proteção de nossos cidadãos", argumentam os deputados do PSOL em sua proposta.

Regras

A dispensa do visto de visitante permite a cidadãos dos quatro países entrar, sair, transitar e permanecer no território brasileiro. O prazo de estada permitido é de 90 dias, e pode ser prorrogado por igual período. O visitante não pode ultrapassar o total de 180 dias em 12 meses no País, contados a partir da primeira visita.

A isenção de visto é permitida para fins de turismo, negócios, trânsito, e a realização de atividades artísticas ou esportivas. O texto do decreto prevê ainda que a isenção pode ser concedida em "situações excepcionais por interesse nacional", sem especificar em quais condições isso pode ser considerado. O benefício não pode ser usado para fixar residência no Brasil.

Fonte: Estadão Conteúdo


Rodrigo Maia “paga promessa” e visita a Fundação Dr. Jesus

Uma semana depois de conduzir a votação que levou à aprovação da reforma da Previdência, em primeiro turno, na Câmara Federal, o presidente

Caravelas investe em capacitação e treinamento para servidores

O curso, com carga horária de quarenta horas, está sendo ministrado pelo Instituto de Psicologia, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), entre

Rui Costa sobrevoa áreas atingidas por rompimento de barragem

O governador Rui Costa voltou a visitar, neste domingo, 14, os municípios de Pedro Alexandre e Coronel João Sá, atingidos pelo rompimento da

Morre mãe da ex-presidente Dilma Rousseff

A mãe da ex-presidente da República Dilma Rousseff (PT), Dilma Jane da Silva, morreu na manhã de hoje, 13, em Belo Horizonte aos 96 anos. A

Prefeitura realiza podas de árvores como medida preventiva

A Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas, através da Secretaria de Meio Ambiente, realiza um trabalho preventivo de podas de árvores em

Secretaria de Assistência Social faz entrega de cobertores a

Teixeira de Freitas: Na noite desta quarta-feira (10) a equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social esteve em diversos pontos do

Bolsonaro participará de inauguração de aeroporto na Bahia

Em sua primeira visita à Bahia, o presidente Jair Bolsonaro marcará presença na inauguração do Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da

Câmara aprova em 1º turno texto-base da reforma da Previdência

A reforma da Previdência, promovida pelo presidente Jair Bolsonaro, foi aprovada nesta quarta-feira, 10, na primeira das duas votações na

NOVO REFIS: Prefeito encaminha Projeto de Lei à Câmara para a

Teixeira de Freitas: O prefeito Temóteo Brito encaminhou para a Câmara Municipal de Teixeira de Freitas o projeto de lei que dispõe sobre a

Inaugurado o posto eleitoral em São José de Alcobaça

A iniciativa é da Prefeitura de Alcobaça, em parceria com o Tribunal de Justiça da Bahia, por meio dos serviços da 112ª Zona Eleitoral. O ato

Nossos Apoiadores: