A prefeita afastada de Santa Luzia, Roseli Ferreira Pimentel (PSB), deixou a penitenciária Estevão Pinto, em Belo Horizonte, neste sábado (7), depois que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu prisão domiciliar à ela. A política foi presa no início de setembro, por suspeita de envolvimento na morte de um jornalista em agosto do ano passado.

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap), a prefeita é monitorada por meio de tornozeleira eletrônica. O advogado dela, Marcelo Leonardo, informou que havia pedido ainda no habeas corpus o cancelamento do afastamento da política da Prefeitura de Santa Luzia, mas o pedido não foi julgado. A prefeita afastada estava presa no Complexo Penitenciário Feminino Estevão Pinto, em Belo Horizonte, desde o dia 7 de setembro. Ela é suspeita de envolvimento na morte do jornalista Maurício Campos Rosa, do jornal "O Grito".

O crime foi em agosto do ano passado. Segundo a polícia, a prefeita pagou R$ 20 mil pela execução do assassinato e para isso cometeu outro crime: peculato. As investigações apontam que o dinheiro saiu da prefeitura, por meio de uma nota fiscal que simulou a compra de três toneladas de mamão para merenda escolar. Em setembro, a assessoria Executivo municipal informou que a prefeita afastada não está recebendo salário e que o vice, Fernando César de Almeida Nunes Rezende (PRB), assumiu a administração do município.

Roseli teve o mandato cassado cinco vezes e ainda estava no cargo por causa de liminar. Ela e o vice-prefeito, Fernando Rezende, são acusados de captação ou gasto ilícito de recursos financeiros na campanha eleitoral. Outra condenação Roseli já havia sido condenada em primeira instância por outra irregularidade. Nesta ação, ela foi considerada culpada de ter determinado, por meio de mensagens enviadas por celular, que diretores de escolas municipais influenciassem pais de alunos durante as eleições. Segundo a juíza eleitoral Arlete Aparecida da Silva Coura, houve abuso de poder político e econômico. Ela teria se aproveitado de sua influência política e dos recursos municipais para favorecer a sua candidatura.

A prefeita é acusada de ter determinado, por meio de mensagens enviadas por celular, que diretores de escolas municipais influenciassem pais de alunos durante as eleições. De acordo com a decisão judicial, “comentários compartilhados e as experiências narradas demonstram que as servidoras públicas em questão realizaram campanha eleitoral valendo-se dos cargos por elas exercidos na rede municipal de ensino”. A prefeita e o vice foram declarados inelegíveis por oito anos e ainda foram condenados a pagar multa de R$ 15 mil.

Fonte: G1

Acusado de seis homicídios é preso em Porto Seguro

Porto Seguro: Policiais da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Eunápolis, prenderam, na quinta-feira (14),

Preso traficante que fazia delivery de drogas em Juazeiro

O traficante Felipe Nélio Viana Faustino foi preso, nesta sexta-feira (15), com 15 quilos de maconha, 500 gramas de cocaína e duas balanças de

Mulheres integrantes de facção filmam execução de jovem

Crime ocorreu na terça (12). Corpo da vítima ainda não foi encontrado. Grupo também é responsável pelo homicídio de outra jovem de facção

Córrego transborda e forma cachoeira em estrada no extremo sul

Caso foi registrado por telespectador no distrito de Caraíva, que pertence a Porto Seguro. As chuvas fortes que atingem a Bahia encheram um

Polícia Civil cumpre 37 mandados no estado

A Polícia Civil já cumpriu, nesta quinta-feira (14), na Bahia, 21 mandados de prisão e outros 16 de busca, apreendendo até o momento cinco

Professora de universidade coloca camisinha em pênis de plástico

Um vídeo em que uma professora da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) ensina a alunos do campus de Jequié como colocar camisinha

Traficante é presa por homicídio em Itabuna

A traficante Marilene Silva dos Santos, "Leninha", acusada de envolvimento em dois assassinatos no bairro de São Caetano, em Itabuna, teve o

Seis criminosos são flagrados com armas e farta munição

Guanambi: Cinco homens e uma mulher, integrantes de uma quadrilha de traficantes e homicidas que atua em Guanambi, foram flagrados, na quarta-feira

Polícia recebida a tiros em festa rave; Suspeito morre no confronto

PORTO SEGURO: A Polícia Civil informou que foi recebida a tiros, no início da madrugada desta quinta-feira (14), no bairro Vila Parracho, em

Acusado de abuso sexual, deputado americano é encontrado morto

Acusado de abusar de uma adolescente, o deputado republicano pelo estado americano do Kentucky Dan Johnson foi encontrado morto na quarta-feira

Casa das Correias
New Impress
previcon
Lecão Car 2017
Connect Informática
Pitagoras Connect
Nossos Apoiadores: