Porto Seguro: “Hoje o povo pataxó, mais uma vez, está de luto e não podemos mais nos calar diante de tanto descaso quanto aos indígenas atendidos no Hospital Luís Eduardo em Porto Seguro”. Assim destaca um manifesto divulgado pelas lideranças indígenas na sexta-feira (12), após a morte, “por negligência”, segundo a comunidade, de três índios que estavam internados naquela unidade.

Na segunda-feira (08), de acordo com o cacique Zeca Pataxó, o técnico de saúde Nerivaldo Batista da Silva, de 47 anos, estava com dores abdominais e buscou atendimento no Luís Eduardo. “Ele foi medicado e liberado. Dois dias depois, retornou com o quadro agravado e só aí realizaram exames para investigar. Ele acabou falecendo na quarta-feira”, denunciou o cacique. Na mesma quarta-feira (10), a índia Neuza Matos de Oliveira, de 54 anos, que era cadeirante, buscou atendimento no hospital, não recebeu atendimento imediato e acabou morrendo poucas horas depois. “Demoraram horas para atendê-la. Quando foram olhar, ela já estava morta”, contou o cacique, que era primo de Neuza.

A terceira vitima, segundo o cacique, foi sua irmã, a artesã Rosilda Cirino Pesca, de 46 anos. “Ela ficou sete dias hospitalizada com dores na coluna e acabou morrendo na sexta-feira (12), segundo o atestado de óbito, por parada cardiorrespiratória, infarto e infecção generalizada. A médica tinha descartado a hipótese de infarto e agora na hora da notícia da morte informaram que houve, sim, dois infartos”, revelou o cacique. Na sexta-feira, lideranças indígenas realizaram um protesto pacífico na recepção do hospital.

“Estamos aqui reivindicando, porque, para nós, o hospital está matando, não só os índios, como a população”, falou Zeca durante o protesto. “A causa da morte dos três foi a mesma, segundo o hospital. Não podemos aceitar isso. Pedi a necropsia do corpo da minha irmã. Vamos entrar na justiça contra o hospital”, concluiu o cacique, que estava na manhã deste sábado (13) no Instituto Médico de Porto Seguro, aguardando a liberação do corpo de Rosilda.

O OUTRO LADO - A assessoria de comunicação do Hospital Luís Eduardo Magalhães informou que, de antemão, não foi constatada nenhuma irregularidade nos três atendimentos, mas que será aberta uma sindicância interna para apurar, individualmente, cada um dos casos. 

Fonte: Radar64


Caminhão carregado de frutas tomba e deixa três feridos na BR-101

Três homens ficaram feridos depois que o caminhão em que eles estavam tombou, na madrugada desta segunda-feira (15), na BR-101, trecho urbano

Suspeito de assalto morre em troca de tiros com a Rondesp Sul

Guaratinga: Suspeito de cometer uma série de assaltos, Márcio Souza dos Santos, idade ainda não confirmada, foi morto em uma ação de policiais

Casal morre depois de roubar carro e fazer proprietária refém

Um homem e uma mulher morreram após uma troca de tiros com policiais militares na noite de domingo, 14, na cidade de Simões Filho, na Região

Garoto de 4 anos morre afogado em piscina de hotel

Um garoto de 4 anos morreu, no sábado (13), após se afogar na piscina de um hotel, na cidade de Rio de Contas, no sudoeste da Bahia. De acordo

Jovem é executado à queima-roupa no centro de Belmonte

Belmonte: Wellington Santos Gomes, de 21 anos, foi morto a tiros, no início da tarde deste sábado (13), na Avenida Beira mar, centro da cidade de

Eunápolis: Jovem de 15 anos é morta durante discussão em churrasco

Eunápolis: Uma adolescente de 15 anos foi morta a facadas, um pouco antes das 10h da manhã deste domingo (14), durante um churrasco que acontecia

Policial militar é morto a tiros em Entre Rios

Um policial militar foi morto a tiros na manhã desta sexta-feira (12), na cidade de Entre Rios, a cerca de 130km de Salvador. A vítima é o

Suspeito de crimes sexuais contra alunos, professor é procurado

O professor Thiago de Oliveira Moreira, que lecionava Direito Constitucional na Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em Jacobina, na região

Corpo de mulher é achado carbonizado dentro de casa

Uma mulher foi encontrada morta dentro da casa onde morava, na madrugada desta sexta-feira (12), na cidade de Irecê, no norte da Bahia. De

Roubo a idosos: Líder de quadrilha é preso

Gilvan Batista liderava grupo que atacava e agredia idosos em casa, em Amargosa. Prisão foi feita em ação conjunta da PC e PM Apontado como

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: