O município de Alcobaca realizou nesta quinta-feira (19) o mutirão do glaucoma. A ação é a segunda realizada em apenas seis meses. A última aconteceu no último mês de maio. Os alcobacenses da zona rural do município foram atendidos durante o período da manhã. Já aqueles que residem na sede, tiveram os atendimentos agendados para parte da tarde. A triagem desses pacientes aconteceu nas unidades básicas da rede de saúde.
 
O mutirão do glaucoma foi realizado no PSF01 (que fica localizado na Praça da Cacimba, no centro da cidade). O serviço foi direcionado aos pacientes da rede pública com idade acima dos 40 anos ou com histórico familiar de diagnóstico da doença.
 
Para o Secretário de Saúde de Alcobaça, Robson Mattos, essa ação contribui para a melhoria da expectativa e da qualidade de vida da população. "Esse tipo de procedimento é muito caro e o tratamento é ainda mais impactante sobre a economia de muitos desses pacientes, daí, esse tipo de ação aumenta a eficiência e a abrangência da rede de saúde", explicou.
 
O representante do Instituto Saúde de Olhos de Brasília (ISOB), Edinaldo de Souza, falou dos procedimentos realizados no mutirão do glaucoma. "Estamos realizando fundoscopia (fundo de olho), tonometria e campimetria (campo visual), procedimentos para detectação de anomalias e irregularidades na visão. Após os exames, os pacientes diagnosticados com a doença, começam a receber os medicamentos gratuitamente, de forma continuada, até o final de sua vida", esclareceu.
 
 
A vereadora Sandra do Cantagalo se sentiu muito orgulhosa de ver o serviço sendo oferecido à população. "É um prazer imenso ver a realização desse mutirão, pela segunda vez, o que mostra o compromisso do Prefeito de Alcobaça, Léo Brito, e do Secretário de Saúde, Robson Mattos, e de toda a equipe de saúde. É uma satisfação muito grande, pois, o nosso povo realmente precisa desse tipo de ação", destacou.
 
A moradora de Rancho Queimado, Sônia Maria da Costa Santos, aproveitou o serviço oferecido gratuitamente na rede pública de saúde para conferir sua visão. "Isso é muito bom, principalmente pra gente, que não tem dinheiro suficiente para fazer esse tipo de atendimento médico, daí eu vim me prevenir, mas, graças à Deus, não deu nada", afirmou.
 
Seu João Costa, morador de Igrejinha, retornou para fazer um novo exame na visão. "Estamos aqui pela segunda vez para examinar as vistas e, graças à Deus, tá tudo certo. Esse procedimento é muito para todos nós, até da zona rural, e esse é um trabalho muito bom pra gente", opinou.
 
Por: Liberdadenews/Ascom

Fiocruz revela que vírus Zika veio do Haiti para o Brasil

O vírus Zika que chegou ao Brasil é proveniente do Haiti, revelou um estudo desenvolvido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em Pernambuco.

Vacinação imuniza 10% das crianças contra pólio e sarampo

Na primeira semana da Campanha Nacional de Vacinação Contra a poliomielite e sarampo, 1,16 milhão de crianças se vacinaram contra a pólio e

Consumo excessivo de álcool aumenta risco de AVC e infarto

Pesquisa publicada no "Journal of American Heart Association" nesta sexta-feira (10) mostra que o consumo excessivo de bebidas alcoólicas em um

Secretário de Saúde visita Centro de Equoterapia de Teixeira

O Secretário Municipal de Saúde de Teixeira De Freitas, Max Almeida, visitou na tarde desta quinta-feira, 9 de agosto, o Centro de Equoterapia,

Diretoria da Policlínica apresenta dados e orienta sobre atendimento

Teixeira de Freitas: Nesta quarta-feira, dia 8 de agosto, a diretoria da Policlínica Regional do Extremo Sul reuniu a imprensa para apresentar

Turismo de saúde pode ser 3 vezes mais valioso que o convencional

O trânsito de pessoas entre cidades, estados e países para turismo é extremamente comum e lucrativo para os destinos visitados. Entretanto,

Menino de 2 anos coloca bateria no nariz em Medeiros Neto: Objeto foi

Medeiros Neto: Um menino de dois anos e sete meses de idade introduziu uma bateria dentro do nariz, no final da tarde da última sexta-feira (3),

Cresce número de médicos em busca de trabalho em Portugal

Nos últimos anos cresceu mais de oito vezes o número de médicos brasileiros em busca de trabalho em Portugal. De acordo com informações da

Mulher morre após esperar sete anos por vaga em hospital para

A dona de casa Josilene dos Santos, que aguardava por uma cirurgia cardíaca há sete anos, morreu na quinta-feira (2), em Juazeiro (BA).

Casos de sarampo passam de mil no ano, maior número desde 1999

O Brasil já tem mais de mil casos confirmados de sarampo em 2018. O número foi atualizado pelo Ministério da Saúde na quarta-feira (1º).

Nossos Apoiadores: