DJ dia das mães
 
O município de Alcobaca realizou nesta quinta-feira (19) o mutirão do glaucoma. A ação é a segunda realizada em apenas seis meses. A última aconteceu no último mês de maio. Os alcobacenses da zona rural do município foram atendidos durante o período da manhã. Já aqueles que residem na sede, tiveram os atendimentos agendados para parte da tarde. A triagem desses pacientes aconteceu nas unidades básicas da rede de saúde.
 
O mutirão do glaucoma foi realizado no PSF01 (que fica localizado na Praça da Cacimba, no centro da cidade). O serviço foi direcionado aos pacientes da rede pública com idade acima dos 40 anos ou com histórico familiar de diagnóstico da doença.
 
Para o Secretário de Saúde de Alcobaça, Robson Mattos, essa ação contribui para a melhoria da expectativa e da qualidade de vida da população. "Esse tipo de procedimento é muito caro e o tratamento é ainda mais impactante sobre a economia de muitos desses pacientes, daí, esse tipo de ação aumenta a eficiência e a abrangência da rede de saúde", explicou.
 
O representante do Instituto Saúde de Olhos de Brasília (ISOB), Edinaldo de Souza, falou dos procedimentos realizados no mutirão do glaucoma. "Estamos realizando fundoscopia (fundo de olho), tonometria e campimetria (campo visual), procedimentos para detectação de anomalias e irregularidades na visão. Após os exames, os pacientes diagnosticados com a doença, começam a receber os medicamentos gratuitamente, de forma continuada, até o final de sua vida", esclareceu.
 
 
A vereadora Sandra do Cantagalo se sentiu muito orgulhosa de ver o serviço sendo oferecido à população. "É um prazer imenso ver a realização desse mutirão, pela segunda vez, o que mostra o compromisso do Prefeito de Alcobaça, Léo Brito, e do Secretário de Saúde, Robson Mattos, e de toda a equipe de saúde. É uma satisfação muito grande, pois, o nosso povo realmente precisa desse tipo de ação", destacou.
 
A moradora de Rancho Queimado, Sônia Maria da Costa Santos, aproveitou o serviço oferecido gratuitamente na rede pública de saúde para conferir sua visão. "Isso é muito bom, principalmente pra gente, que não tem dinheiro suficiente para fazer esse tipo de atendimento médico, daí eu vim me prevenir, mas, graças à Deus, não deu nada", afirmou.
 
Seu João Costa, morador de Igrejinha, retornou para fazer um novo exame na visão. "Estamos aqui pela segunda vez para examinar as vistas e, graças à Deus, tá tudo certo. Esse procedimento é muito para todos nós, até da zona rural, e esse é um trabalho muito bom pra gente", opinou.
 
Por: Liberdadenews/Ascom

Número de embriões humanos congelados cresce 17% no Brasil

O Brasil registrou crescimento de cerca de 17% no número de embriões humanos produzidos pelas técnicas de fertilização in vitro

Alcobaça lança “Consultório Móvel” para atender comunidades

Alcobaça: O anúncio oficial foi feito nesta quinta-feira (17), quando já foram realizados os atendimentos na Comunidade Pequi (localidade

Número de casos de H1N1 sobe 14% na Bahia em seis dias

Em seis dias, os casos confirmados de H1N1 subiu de 100 para 114 na Bahia. O avanço representa um aumento de 14%, segundo dados divulgados pela

Recém-nascida de 6 quilos chama a atenção de médicos em MG

Um parto ocorrido na maternidade da Santa Casa de Misericórdia e Hospital São Vicente de Paulo em Porteirinha, no Norte Minas, surpreendeu e

Ministro Gilberto Occhi quer planos de saúde alternativos

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, encomendou à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) a retomada da discussão sobre novos formatos de

Contrato do Ministério para testes rápidos de HIV é suspenso

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu suspender cautelarmente o contrato firmado pelo Ministério da Saúde com a empresa Orange Life

Paciente que estava internado com Guillain-Barré morre

Valdemir de Jesus dos Santos, de 53 anos, que estava internado após ser diagnosticado com a síndrome de Guillain-Barré, teve uma parada

Morre 5ª criança com suspeita de infecção por raiva humana

A Secretaria de Saúde Pública do Pará confirmou, na noite de sexta-feira (11), a morte da quinta vítima por suspeita de raiva humana na ilha

Em oito anos, Brasil perdeu 34 mil leitos hospitalares do SUS

O Brasil perdeu 34 mil leitos hospitalares em unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) nos últimos quatro anos. De acordo com levantamento feito

Mais de 500 casos de chikungunya são confirmados em Teixeira

Teixeira de Freitas: De janeiro até 25 de abril deste ano, 546 casos de chikungunya foram confirmados em Teixeira de Freitas, cidade no extremo

Nossos Apoiadores: