Ao longo de 2018, dezenas de centros de pesquisa ao redor do mundo estarão conduzindo experimentos em humanos com aquela que se transformou na principal aposta para revolucionar a medicina: uma técnica de edição do material genético cujo acrônimo é CRISPR/Cas9. Trata-se da maneira mais eficiente encontrada até agora de corrigir erros do DNA que estão por trás de doenças como o Parkinson e o câncer.

Uma das grandes expectativas é em relação ao estudo que a CRISPR Therapeutic conduzirá com portadores de anemia falciforme e talassemia (doenças caracterizadas por desequilíbrio na concentração de glóbulos vermelhos).

A companhia foi fundada por Emmanuel Charpentier, um dos que desenvolveu a técnica. “É um grande momento”, disse. “Há apenas três anos falávamos do método como se fosse ficção científica. E aqui estamos.” Outra iniciativa cujos resultados iniciais estão previstos para o ano que vem é a pesquisa em humanos em realização na Sun Yat-sen University, na China. Lá, eles testam a eficácia do método para neutralizar o potencial do vírus HPV de causar câncer de colo de útero.

Como funciona o método

1 – Os cientistas usam uma proteína, a Cas9, que atua como se fosse um par de tesouras moleculares

2 – Ela se liga e corta especificamente o pedaço do DNA que precisa ser corrigido

3 – Uma vez cortado, espera-se que a maquinaria do próprio DNA promova a correção ou ela é feita a partir de manipulação executada pelos cientistas em laboratório.

Fonte: IstoÉ

Número de mortes por gripe sobe para 37 na Bahia

O número de mortes provocadas pela gripe neste ano na Bahia subiu para 37, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira (19) pelo

Secretaria realiza testes rápidos de HIV e Sífilis em Teixeira

Teixeira de Freitas: Nesta quinta-feira, dia 19 de julho, a Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas através da Secretária Municipal de Saúde

Secretaria abre sindicância para investigar caso de paciente que

Nova Viçosa: Um vídeo que circulou nas redes sociais nas últimas horas registra um cidadão sofrendo um ataque epiléptico na recepção do

OMS estuda exame de sangue que detecta câncer de pulmão

Um exame de sangue em estudo aumenta a precisão de detecção precoce do câncer de pulmão, diz a Organização Mundial de Saúde. O teste

Bahia é quinto estado que mais perdeu leitos de internação do SUS

Mais de 1,9 mil leitos de internação da rede pública foram desativados na Bahia nos últimos oito anos. O estado ocupa o quinto lugar em

Brasil tem 415 mortes confirmadas por febre amarela

Desde julho de 2017, o Brasil registrou 415 mortes por febre amarela, informa o último boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da

Pessoas casadas têm menor risco de morte por doenças do coração

Uma pesquisa desenvolvida por pesquisadores britânicos mostrou que o casamento pode proteger o coração. A partir da revisão de 34 estudos, com

Bahia lidera ranking de feridos por fogos de artifício

De acordo com dados do Sistema de Informação Hospitalar do governo federal, a Bahia é o estado que lidera o ranking de feridos por fogos de

Vacina contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças

Brasil assiste em 2018 ao retorno do sarampo, infecção que já foi considerada "doença comum na infância" décadas antes de ser eliminada do

Brasil tem 327 mortes de crianças por zika desde novembro de 2015

O Brasil teve 327 morte de crianças relacionadas ao vírus desde novembro de 2015, quando o Ministério da Saúde passou a considerar a relação

Nossos Apoiadores: