Agora, uma dose que antes era aplicada em uma só pessoa será utilizada em quatro. Divisão da vacina vai garantir o fornecimento nessas regiões, diz Ministério da Saúde.

Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira (9) que os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia vão adotar a dose fracionada da vacina contra a febre amarela. O fracionamento, diz a pasta, vai garantir o fornecimento da vacina nessas regiões.

Com a divisão, uma dose que antes era aplicada em uma só pessoa poderá ser utilizada em quatro. Segundo o Ministério da Saúde, uma mesma dose pode servir para até cinco pessoas — mas o governo irá trabalhar com uma "margem de segurança".

Ainda, a dose fracionada não será destinada a todos, diz a pasta. Crianças de 9 meses a até 2 anos, pessoas com condições clínicas específicas (como pacientes com HIV/Aids), gestantes e viajantes internacionais vão continuar tomando a dose padrão.

A meta do governo é vacinar 19,7 milhões de pessoas em 75 municípios destes estados. Ao todo, 15 milhões receberão a dose fracionada da vacina e outras 4,7 milhões, a dose padrão.

“Há oito anos se acompanham os resultados com pessoas que receberam a dose fracionada e a imunização é a mesma dos que receberam a dose padrão”, declarou o ministro Ricardo Barros.

A divisão de uma mesma dose já vem sendo estudada há algum tempo pelo Ministério da Saúde, que chegou a cogitar o fracionamento em março do ano passado. Agora, com a divulgação de mais casos e mortes em São Paulo, a pasta decidiu adotar a divisão para garantir a imunização.

As vacinas serão fornecidas e produzidas or Bio-Manguinhos, laboratório da Fiocruz, mesma instituição que fez testes com a vacina fracionada que demonstraram sua eficácia. Na Bahia a vacinação será realizada em 8 municípios, com meta de 3,3 milhões de imunizados. Período da campanha: 19 de fevereiro a 9 de março.

Fonte: G1

MG decreta emergência em 94 municípios por febre amarela

O governo do Estado de Minas Gerais decretou estado de emergência de saúde pública em 94 municípios em razão da febre amarela. A medida,

2 mortes confirmadas por reação à vacina de febre amarela

Idosa de 76 anos e homem que ainda não teve identidade revelada morreram após a vacina. Outras três mortes estão em investigação. A cidade

Febre amarela, devo me vacinar? Veja o que é recomendado

Novos casos têm provocado longas filas nos postos de saúde. Veja para quem há recomendação de se vacinar. Com a notícia de novos casos de

Temóteo Brito faz entrega de centenas de óculos e próteses

Teixeira de Freitas: Centenas de pessoas receberam seus óculos e próteses dentárias na manhã desta quinta-feira, 18 de janeiro, em uma

Alcobaça vai realizar mais um mutirão de glaucoma

Será no próximo dia 1º de fevereiro. Os médicos - e toda a estrutura necessária para a análise e o diagnóstico da doença - estarão

Nova norma: cigarros devem ser vendidos longe de doces e brinquedos

O texto deverá ser publicado no Diário Oficial nos próximos dias A Diretoria Colegiada da Anvisa aprovou na última terça feira, uma

Teste em tempo real para HPV passa a ser feito pelo SUS na Bahia 

Exame para detecção do vírus será realizado no Lacen-BA  O teste em tempo real para detecção do vírus papiloma humano (HPV) já pode ser

Equilíbrios físico e mental: saiba mais sobre o Pilates

Método pode ser utilizado por diversos públicos e no atendimento de diferentes objetivos. Aliado na busca por um corpo equilibrado, forte e

Diagnóstico de Câncer já é coberto por seguro

Poucas palavras assustam mais as pessoas que “câncer”, doença que até a década passada tinha o peso de uma sentença de morte. Do início

Febre amarela: ministério registra 35 casos e 20 mortes no Brasil

Em meio ano, 20 pessoas morreram. Dados do Ministério da Saúde consideram meses de julho do ano passado a janeiro deste ano. SP e MG têm maior

Lecão natal
Casa das Correias
previcon
Connect Informática
Pitagoras Connect
Nossos Apoiadores: