Prática trabalha os músculos de forma global, fortalecendo o centro de força do corpo e estabilizando a coluna vertebral.

Flexibilidade, condicionamento, potência e resistência muscular são alguns dos benefícios oferecidos pelo treinamento funcional. Reconhecido por reunir diferentes capacidades físicas em um único exercício, a prática tem sua base nos movimentos da vida diária, como pular, correr, puxar, agachar, girar e empurrar.

“Muita gente imagina que o funcional é um treino difícil e tem seus resultados limitados ao gasto calórico. No entanto, além de ser muito simples, alguns dos mais importantes diferenciais estão na melhora da flexibilidade, aumento da coordenação motora, ganho de agilidade, potência, tonificação muscular, resistência cardiorrespiratória e equilíbrio”, afirma o educador físico Magno Reis, personal trainer e instrutor da modalidade há mais de seis anos.

Tendo como pilar o fortalecimento do core - conjunto de músculos responsáveis pelo equilíbrio e adequação postural do tronco. Uma vantagem do funcional é a ativação contínua das musculaturas do abdômen, quadris e região lombar. “É importante ter em mente que o exercício funcional é todo o exercício que vise aprimorar e aperfeiçoar as capacidades físicas de um indivíduo, seja para as atividades da vida diária, ou para melhoria do desempenho e reabilitação no esporte”, destaca Reis. 

Enquanto a musculação se limita a aparelhos onde o aluno exercita suas capacidades físicas (força, coordenação motora flexibilidade, potência) de uma forma mais estática e localizada, o treinamento funcional melhora as mesmas capacidades físicas, agregando agilidade e equilíbrio, tudo isso feito de uma forma mais dinâmica, livre dos aparelhos localizados e utilizando o corpo por inteiro.

Apesar de não possuir contraindicações, a prática exige alguns cuidados. “Não existem restrições, ou seja, o exercício funcional pode ser adaptado para a realidade de cada pessoa. No entanto, é preciso ter discernimento e conhecimento do profissional de educação física para diminuição nos riscos de lesões e fadigas”, complementa Magno, que possui em seu grupo a presença de alunos idosos, hipertensos e com limitações articulares.

Pensando em quem nunca praticou mas deseja começar, a primeira orientação é fazer um check-up. “É importante que o médico ateste as condições físicas do aluno. Minhas recomendações são: procurar um bom professor de educação física; atentar-se aos hábitos alimentares com a ajuda de um nutricionista e; ter consciência que os resultados são alcançados com tempo, dedicação e disciplina”, conclui Magno.

Fonte: Correio24h.


O que você deve saber sobre o jejum intermitente

Guia do atleta que opta pelo jejum intermitente O jejum intermitente (JI) tem feito as rondas no mundo da saúde e bem-estar desde o início dos

Como o aquecimento global pode levar a falta de cerveja no mundo

Não é que os cientistas estejam botando água no seu chope. Nem é que o aquecimento global vá terminar esquentando também seu copo. Na

Foi decretado 2º surto de ebola na República Democrática do Congo

Segundo fontes relataram à Agência Efe, o surto tem entre suas principais causas a falta de conscientização sobre a doença e à desconfiança

Estudo: Explosão no número global de cesáreas é 'alarmante'

O volume de cesarianas quase dobrou no mundo em quinze anos e atingiu "proporções alarmantes" em alguns países, aponta estudo divulgado na última

Pacientes recebem atendimento para tratamento de Glaucoma em Teixeira

A Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas, através da Secretaria Municipal de Saúde, dá seguimento aos atendimentos para tratamento de

Conheça cinco plantas de casa que melhoram sua pele ressecada

Encha sua casa com plantas de casa – elas são boas para a sua pele Plantas são um grande aliado para que deseja ter um ambiente mais saudável

O que é ser ambivertido? combinar duas dimensões opostas da

Como dizia o psiquiatra suíço Carl Jung, "ninguém é puramente extrovertido ou puramente introvertido, ou estaria confinado em algum

Só o Sudeste teve mortos e infectados por Febre no último ano

Segundo Ministério da Saúde, 483 mortes e 1.376 casos do país foram registrados só em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito

Segundo estudo:Trabalhar em excesso é como dirigir bêbado

Longas jornadas de trabalho aumentam os riscos de acidentes, os níveis de estresse e provocam até dor física. Mas o grande problema é que muitas

Hemoba de Teixeira de Freitas convida população para doação

A Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia (Hemoba) convoca a população de Teixeira de Freitas e região para fazer sua

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: