Compostos naturais foram capazes de debelar uma série de doenças bacterianas que se tornaram resistentes à antibióticos

Pesquisadores da Rockefeller University, em Nova York, descobriram em amostras do solo recolhidas em diversos pontos dos Estados Unidos uma nova família de antibióticos com potencial para combater infecções difíceis de tratar.

Testes mostraram que os compostos naturais, chamados de 'malacidins', foram capazes de debelar uma série de doenças bacterianas que se tornaram resistentes à maioria dos antibióticos, entre elas a superbactéria MRSA (sigla em inglês que se refere à Staphylococcus aureus, que é resistente à meticilina).

Especialistas dizem que a pesquisa, divulgada na publicação científica Nature Microbiology, dá esperança na corrida para encontrar antibióticos mais efetivos.

Doenças resistentes a remédios são uma das grandes ameaças à saúde no mundo todo e matam cerca de 700 mil pessoas por ano. Por isso a pressa para encontrar novos tratamentos.

Remédio da 'poeira'

O chão está repleto de micro-organismos vivos com potencial para produzir componentes terapêuticos, incluindo antibióticos.

Sean Brady, líder da equipe de pesquisadores da Rockefeller University, é um dos cientistas dedicados a explorar o potencial medicinal da "poeira".

Seu time está usando uma técnica de sequenciamento de genes para analisar mais de mil amostras de solo coletadas em todos o território americano - e já identificou a nova família de antibióticos, chamada de 'malacidins', em muitas das amostras.

Eles chegaram a testar o componente natural em roedores já infectados por bactérias resistentes, e a infecção que eles tinham na pele foi eliminada.

Agora, os cientistas estão trabalhando para melhorar o medicamento e torná-lo ainda mais eficiente, na esperança de que essa nova família de antibióticos seja usada em tratamentos em humanos.

Isso, entretanto, ainda não é certo: Brady diz que a pesquisa está ainda em fase muito inicial e que, por isso, seria muito cedo para dizer.

"É um longo, árduo caminho entre a descoberta inicial e o uso médico de um antibiótico", salienta.

O professor Colin Garner, que pesquisa antibióticos no Reino Unido, pondera que a descoberta de novos antibióticos capazes de tratar doenças mais resistentes é uma boa noticia, mas não atende à demanda mais urgente.

"Nossa preocupação é com as bactérias chamadas gram-negativas, que são difíceis de tratar e cuja resistência está aumentando. Elas causam pneumonia, infeções sanguíneas e urinarias, além de infecção na pele. Precisamos de novos antibióticos", observa Garner.

Fonte: BBC Brasil

Número de embriões humanos congelados cresce 17% no Brasil

O Brasil registrou crescimento de cerca de 17% no número de embriões humanos produzidos pelas técnicas de fertilização in vitro

Alcobaça lança “Consultório Móvel” para atender comunidades

Alcobaça: O anúncio oficial foi feito nesta quinta-feira (17), quando já foram realizados os atendimentos na Comunidade Pequi (localidade

Número de casos de H1N1 sobe 14% na Bahia em seis dias

Em seis dias, os casos confirmados de H1N1 subiu de 100 para 114 na Bahia. O avanço representa um aumento de 14%, segundo dados divulgados pela

Recém-nascida de 6 quilos chama a atenção de médicos em MG

Um parto ocorrido na maternidade da Santa Casa de Misericórdia e Hospital São Vicente de Paulo em Porteirinha, no Norte Minas, surpreendeu e

Ministro Gilberto Occhi quer planos de saúde alternativos

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, encomendou à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) a retomada da discussão sobre novos formatos de

Contrato do Ministério para testes rápidos de HIV é suspenso

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu suspender cautelarmente o contrato firmado pelo Ministério da Saúde com a empresa Orange Life

Paciente que estava internado com Guillain-Barré morre

Valdemir de Jesus dos Santos, de 53 anos, que estava internado após ser diagnosticado com a síndrome de Guillain-Barré, teve uma parada

Morre 5ª criança com suspeita de infecção por raiva humana

A Secretaria de Saúde Pública do Pará confirmou, na noite de sexta-feira (11), a morte da quinta vítima por suspeita de raiva humana na ilha

Em oito anos, Brasil perdeu 34 mil leitos hospitalares do SUS

O Brasil perdeu 34 mil leitos hospitalares em unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) nos últimos quatro anos. De acordo com levantamento feito

Mais de 500 casos de chikungunya são confirmados em Teixeira

Teixeira de Freitas: De janeiro até 25 de abril deste ano, 546 casos de chikungunya foram confirmados em Teixeira de Freitas, cidade no extremo

Nossos Apoiadores: