Valdemir de Jesus dos Santos, de 53 anos, que estava internado após ser diagnosticado com a síndrome de Guillain-Barré, teve uma parada cardíaca e morreu na noite de sexta-feira (11). A informação foi confirmada por familiares. O homem estava internado há quase um mês no Hospital Dom Pedro de Alcântara, em Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador. Ainda segundo familiares, Valdemir foi enterrado na tarde deste sábado (12) no Cemitério Piedade.

Valdemir estava em estado grave. Ele foi internado no dia 18 de abril. Não se sabe se o paciente teve zika antes de ter a síndrome. A síndrome de Guillain-Barré é uma doença neurológica que causa fraqueza muscular e paralisia nos membros superiores e inferiores - braços e pernas. Alguns casos ocorrem após contaminação com o vírus da zika - doença transmitida pelo mosquito aedes aegypti. O tratamento é realizado com doses de imunoglobulina, e é preciso muito cuidado com o paciente, por isso a necessidade da UTI.

Denúncia: Valdemir estava internado em estado grave e deveria estar em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para receber o tratamento adequado desde quando chegou na unidade de saúde, conforme denunciou os familiares. Ainda segundo pessoas da família de Valdemir, quinze dias após a internação, ele estava em coma induzido, sedado, porque sentia muitas dores. O paciente já tinha começado o tratamento para a síndrome, mas até o dia 2 de maio, ainda não havia sido transferido para uma UTI.

Em nota, o hospital informou que a sala de enfermaria foi adaptada para que o paciente fosse atendido, e que ele recebeu toda a assistência necessária. A direção do hospital também informou que todos os leitos de UTI estavam ocupados, mas que estava tentando fazer a regulação para que o paciente fosse transferido para outra unidade. Na última quarta-feira (9), Valdemir foi transferido para UTI e chegou a fazer três hemodiálises, mas teve uma parada cardíaca e não resistiu.

Oftalmologista alerta para risco do uso de colírio sem prescrição

Dados da Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG) apontam que cerca de 3% da população brasileira com idade acima de 40 anos tenha a doença, que

Anvisa aprova genérico para tratamento de hepatite C

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o registro de um medicamento genérico inédito para tratamento de infecções

Anvisa inicia discussão de plantio de maconha para uso terapêutico

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) dará, dentro de três semanas, o primeiro passo para a regulamentação do plantio da

Nara Almeida não resiste a câncer raro e morre

Morreu na madrugada desta segunda-feira a blogueira Nara Almeida em São Paulo em decorrência de um câncer de estômago, descoberto em 2017. Com

Número de embriões humanos congelados cresce 17% no Brasil

O Brasil registrou crescimento de cerca de 17% no número de embriões humanos produzidos pelas técnicas de fertilização in vitro

Alcobaça lança “Consultório Móvel” para atender comunidades

Alcobaça: O anúncio oficial foi feito nesta quinta-feira (17), quando já foram realizados os atendimentos na Comunidade Pequi (localidade

Número de casos de H1N1 sobe 14% na Bahia em seis dias

Em seis dias, os casos confirmados de H1N1 subiu de 100 para 114 na Bahia. O avanço representa um aumento de 14%, segundo dados divulgados pela

Recém-nascida de 6 quilos chama a atenção de médicos em MG

Um parto ocorrido na maternidade da Santa Casa de Misericórdia e Hospital São Vicente de Paulo em Porteirinha, no Norte Minas, surpreendeu e

Ministro Gilberto Occhi quer planos de saúde alternativos

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, encomendou à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) a retomada da discussão sobre novos formatos de

Contrato do Ministério para testes rápidos de HIV é suspenso

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu suspender cautelarmente o contrato firmado pelo Ministério da Saúde com a empresa Orange Life

Nossos Apoiadores: