A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) dará, dentro de três semanas, o primeiro passo para a regulamentação do plantio da maconha no Brasil para fins de pesquisa e para uso medicinal. Uma proposta de iniciativa será apresentada durante reunião de diretores da agência. "Somente empresas poderiam fazer o plantio, no caso do uso medicinal", afirmou o presidente da Anvisa, Jarbas Barbosa.

A agência não tem atribuição para regular o uso doméstico, completou. Barbosa conta já haver previsão legal para o plantio de cannabis no Brasil para uso medicinal e pesquisas. "A lei já prevê a possibilidade do plantio. Mas é preciso fazer a regulamentação", completou. Entre os pontos que a proposta vai regulamentar estão as condições em que o plantio deve ser feito, como a iluminação, a segurança, a irrigação. "São quesitos para garantir a qualidade e o padrão do extrato do canabidiol", explicou.

As exigências que serão apresentadas pela Anvisa serão diferentes de acordo com o destino da cannabis. Durante a apresentação da proposta de iniciativa, será escolhido entre os diretores um relator. Reuniões preparatórias para discussão do tema já foram realizadas ao longo dos últimos anos. Barbosa acredita haver possibilidade de o tema se apreciado rapidamente entre diretores. A Anvisa já foi procurada por pelo menos quatro empresas dispostas a iniciar o plantio de cannabis no Brasil.

Há ainda pelo menos seis instituições de pesquisa interessadas em cultivar a planta para fins de pesquisa. Nos últimos anos, foram várias as medidas adotadas pela Anvisa relacionadas à Cannabis Sativa, popularmente conhecida como maconha. No ano passado, a cannabis foi incluída na lista brasileira de plantas medicinais da Anvisa. A mudança abriu caminho para que planta possa integrar a farmacopeia brasileira, publicação que detalha como sua fabricação deve ser feita, e para que fabricantes peçam registro de medicamentos que levam a substância em sua composição. 

Em janeiro do ano passado, a agência aprovou o primeiro medicamento com substâncias derivadas da maconha no Brasil. Registrado como Mevatyl, o remédio é vendido em outros países com o nome de Sativex. Ele é indicado para o controle de sintomas da esclerose múltipla em pacientes que não respondem a outros tratamentos. A agência também já permite a importação de produtos à base de canabidiol, em associação com outros canabinoides, entre eles o tetrahidrocanabinol. Para tanto, é preciso que a pessoa física apresente o pedido, acompanhado da prescrição de profissional. A autorização excepcional tem prazo de um ano.


Estudos apontam que melatonina inibi crescimento de tumores

Revisão científica sobre prevenção e tratamento do câncer apontou que o hormônio tem papel oncológico nos casos de mama, ovário e

Grupo de médicos cubanos luta na Justiça por trabalho no Brasil

Brasil: Pelo menos 150 médicos cubanos desertores do programa federal lutam na Justiça para poder clinicar no Brasil de forma independente,

Seleção de substitutos de médicos cubanos será feita neste mês

Governo brasileiro e Opas tratam do tema em reunião nesta sexta O Ministério da Saúde informou nesta sexta-feira (16) que fará ainda este mês

Como as dietas afetam a saúde mental

O que você come muda como você se sente. Estes alimentos são os melhores para o seu cérebro Pessoas ativas tendem a pensar o que comida está

Antibióticos criam superbactérias que matarão mais que o câncer

O uso exagerado de antibióticos está criando superbactérias tão resistentes que já matam 700 mil pessoas por ano no mundo. O fenômeno é

Bahia está entre os estados que mais aplicam recursos na saúde

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contesta a análise realizada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) em recente publicação. No

Brasil gasta menos de um dólar com saúde por dia por habitante

Valor é de R$ 3,48, segundo levantamento do Conselho Federal de Medicina divulgado nesta terça-feira (13); quantia é dez vezes inferior ao do

Prefeito Temóteo Brito entrega Lacen após a reforma estrutural

O Prefeito Temóteo Alves de Brito fez a entrega da reforma estrutural e investimento em equipamentos do Lacen de Teixeira de Freitas na manhã

Governo faz alerta e pede imunização contra febre amarela

O Ministério da Saúde emitiu um alerta nesta segunda-feira (12) para que populações que moram em áreas onde há recomendação da vacina

Cirurgião do HMTF fala sobre melhorias na Unidade e novos

Teixeira de Freitas: O jornalismo do Liberdade News conversou com o Dr. Manoel Francisco, medico cirurgião, na manhã da última sexta-feira, 09

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: