Dados da Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG) apontam que cerca de 3% da população brasileira com idade acima de 40 anos tenha a doença, que é silenciosa e assintomática. Devido a essas características, estima-se que 50% dos pacientes não são diagnosticados. De acordo com a oftalmologista Claudia Galvão, membro da SBG, o glaucoma é uma enfermidade extremamente complexa, devido a controvérsias com relação ao diagnóstico. "As pessoas não têm sintomas, então o paciente simplesmente não sabe.

O glaucoma não leva o paciente ao médico, o que leva é enxergar mal, olho coçando, diabetes, questões comuns", afirmou. A doença é considerada a principal causa de cegueira irreversível no mundo. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), são registrados 2,4 milhões de novos casos anualmente. Para alertar sobre a necessidade de diagnóstico precoce, é celebrado neste sábado (26) o Dia Nacional de Combate ao Glaucoma. O diagnóstico da doença é feito durante consulta oftalmológica e, se realizado precocemente, pode evitar a perda da visão. Claudia Galvão explicou que há fatores de risco importantes que alertam o paciente sobre a necessidade de consulta.

Entre eles estão: pressão intraocular elevada, idade acima dos 40 anos, histórico familiar de glaucoma, diabetes e doenças nos olhos. Apesar da ausência de pesquisas com dados específicos sobre a Bahia, a oftalmologista explicou que se estima um número de casos maior no estado, em comparação ao Brasil, devido à prevalência de afrodescendentes. "Algumas raças têm prevalência maior, como a raça negra. Na verdade, tanto a prevalência é maior quanto a evolução para uma forma bem grave", acrescentou.

A médica fez ainda um alerta para os riscos da automedicação. "Há muitos casos de pacientes que usam colírio sem orientação médica. Agora, por exemplo, que tivemos um surto de conjuntivite, eu recebi paciente que teve conjuntivite e pegou o colírio do primo pra usar". Colírios que contêm corticoide têm boa resposta no tratamento de alergias, por exemplo, mas não devem ser usados sem acompanhamento médico, já que um de seus efeitos colaterais é o aumento da pressão intraocular. Apesar de tentativas da SBG para tornar obrigatória a retenção de receita médica para colírios com corticoide, as solicitações não foram atendidas.


Fraudes em planos de saúde consomem R$ 15 em cada R$ 100

Contas hospitalares superestimadas, exames desnecessários e reembolsos Fraudes incluem procedimentos desnecessários A cada R$ 100 pagos pelos

Como maximizar sua produtividade

Viciado em eficiência? Comece encontrando seu ponto mais baixo do dia Meu nome é Jenny e sou  viciada em eficiência. Tudo começou na

Uma bactéria eficiente para afastar insetos e doenças

Bactéria funciona como eficiente repelente contra insetos, dizem pesquisadores Uma bactéria comum que vive naturalmente no solo revelou-se tão

Escultura de mexilhão envenenou aos poucos a artista plástica

"Eu estava tão fraca, meu corpo estava tão debilitado, que eu pensava: 'só quero terminar a obra antes de morrer'". Gillian Genser é uma

Dieta da saúde planetária: o cardápio que promete salvar o planeta

A 'dieta para saúde planetária', elaborada por cientistas, não elimina completamente a carne e os laticínios Cientistas desenvolveram uma

Como aumentar capacidade do cérebro com exercícios

Treinar com algumas estratégias pode torná-lo mais inteligente Durante anos, estudo após estudo mostrou que um bom suor melhora a função

Quem dorme menos de 6 horas tem mais chances de ter problemas de

Quem dorme menos de 6 horas por noite tem maior risco de aterosclerose - um acúmulo de placas nas artérias por todo o corpo, diz pesquisa Um

A ultrassom portátil que promete revolucionar medicina

Um ultrassom portátil de baixo custo e que pode ser conectado ao smartphone é uma das novas apostas tecnológicas para revolucionar a medicina

Estudo mostra que exposição a ar poluído gera maior risco de

Mulheres grávidas expostas a altos níveis de poluição do ar - mesmo que por um curto tempo - têm uma chance bem maior de sofrer aborto

Febre amarela: 2 pessoas morrem e 6 estão internadas com suspeita

Sorocaba - Dois homens morreram em pouco mais de uma semana com suspeita de febre amarela, em Eldorado, no Vale do Ribeira, região sul do Estado

UAI Brasil
O teixeirão 2018
Connect Informática
Nossos Apoiadores: