Teixeira de Freitas: Na manhã de quarta-feira, dia 30 de maio, os agentes de endemias receberam novos fardamentos na Secretaria Municipal de Saúde, localizada no bairro Vila Caraípe. Ao todo, foram entregues 64 kits com bolsa, fardamento e repelentes. O Secretário de Saúde, Max Almeida, e o Chefe de Gabinete, Hebert Chagas, que no evento representou o Prefeito Temóteo Brito, participaram do evento.

O Chefe de Gabinete, Hebert Chagas, parabenizou a equipe pelo trabalho que vem realizando em Teixeira de Freitas. “É com muita satisfação, que em nome do Prefeito Temóteo Brito, parabenizo o empenho do Secretário Max Almeida pelo agir como gestor que vem batalhando por recursos, e nós temos indo a Brasília com projetos nas mãos para garantir que a saúde pública em Teixeira de Freitas possa alavancar, além disso, quero parabenizar todos vocês pelo excelente trabalho”.

O Secretário de Saúde, Max Almeida, falou sobre as melhorias para a categoria. “Viemos nesta reunião de trabalho para dar as respostas do compromisso que fizemos com vocês, queremos agradecer ao Prefeito Temóteo Brito por permitir que esse trabalho fosse realizado, então hoje entregamos o novo material de trabalho e apresentaremos o projeto que dará a vocês importantes serviços”.

Ainda em sua fala, o Secretário destacou o empenho do trabalho dos agentes de endemias. “Faço questão de parabenizar a atuação de vocês que vem realizando um importante barreira de contenção para o controle de endemias em nosso município, por isso quero que saibam que estamos satisfeitos com os resultados que vem sento alcançados e avançaremos muito mais”.

Durante o evento, a coordenadora de Educação Permanente Natalia Laviola, apresentou o projeto “Cuidando de quem cuida” para os agentes de endemias. “O Objetivo principal desse projeto é que vocês tenham o acesso rápido aos serviços de saúde, pois, para quem cuida da população como vocês é fundamental estar bem de saúde, com o projeto conseguimos parcerias para atendimento com médico, psicologia, fisioterapia, entre outros serviços para vocês”. A Coordenadora do Programa de Endemias, Ruthléia Paixão, destacou a importância dos novos fardamentos e do projeto iniciado. “Este cuidado é fundamental, pois o trabalho dos nosso agentes é de prevenir e cuidar da população”.

Por: Liberdadenews/Ascom

Número de mortes por H1N1 sobe para 22 na Bahia

O número de mortes provocadas pela gripo H1N1 aumentou para 22 na Bahia. Os dados são referentes ao período que vai de janeiro até o dia 9 de

Obesidade atinge um em cada cinco adultos no Brasil

A epidemia de obesidade no Brasil começa a dar sinais de estagnação. Dados inéditos do Ministério da Saúde obtidos pelo jornal O Estado de S.

Portugal aprova uso de maconha com finalidade medicinal

O parlamento de Portugal aprovou nesta sexta-feira (15) o uso de maconha para fins medicinais. Originada de dois projetos de lei - um do Bloco de

Vacinação contra a Gripe em Teixeira segue até a próxima sexta

O Ministério da Saúde decidiu prorrogar a vacinação contra a gripe até o dia 22 de junho. Com isto, os Postos de Saúde do Município de

Bahia: Ministério da Saúde prorroga vacinação contra gripe

O Ministério da Saúde decidiu prorrogar a Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe até o dia 22 de junho, devido às baixas coberturas

Justiça condena médico a prisão por molestar paciente

O médico Abib Maldaun Neto, 54, especializado em nutrologia, foi condenado por violação sexual de uma de suas pacientes. Ele foi condenado a

Para 92% dos brasileiros, música melhora a experiência com sexo

Escutar música durante o sexo melhora a experiência, de acordo com 92,3% dos brasileiros. O resultado faz parte de uma pesquisa encomendada pelo

Médico é denunciado por cobrar para realizar cirurgias do SUS

O médico Samuel Artur Cardoso de Souza foi denunciado nesta segunda-feira (11) pelo Ministério Público estadual por cobrar pacientes do Sistema

Cidade gaúcha vive maior surto de toxoplasmose do Brasil

Um surto de toxoplasmose de grandes proporções atinge a cidade gaúcha de Santa Maria. O município já havia virado notícia no País há cinco

Chikungunya poderá ter novo surto nos próximos dois anos

Uma nova epidemia de chikungunya poderá ocorrer no Brasil nos próximos dois anos, sendo o Nordeste e a faixa litorânea na região Sudeste as

Nossos Apoiadores: