O médico Abib Maldaun Neto, 54, especializado em nutrologia, foi condenado por violação sexual de uma de suas pacientes. Ele foi condenado a dois anos e oito meses de prisão pelo juiz Antonio Maria Patiño Zorz, da 29ª Vara Criminal. O médico afirma ser inocente e já recorreu da decisão. A paciente, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo, afirma que em junho de 2014, para emagrecer, procurou o médico. Segundo a acusação, no dia dos fatos, a paciente reclamou que o tratamento não estava surtindo efeito.

Com isso, o médico passou a questioná-la sobre sua vida sexual, e pediu que ela retirasse a calça e deitasse na maca, “pois resolveria o seu problema”. A paciente declarou à Justiça que, achando que tal conduta estava dentro dos padrões médicos, atendeu à determinação, deitando na maca de camiseta e calcinha. O médico teria medido sua pressão e colocado o estetoscópio no seu seio esquerdo, apalpando-a. Em seguida, teria pedido que retirasse a calcinha. “Mesmo estranhando, a ofendida, ainda induzida em erro, sem desconfiar que o réu a estava desde o início a molestando sexualmente, continuou atendendo ao comando”, diz o juiz em sua sentença.

Abib Maldaun Neto, sob o argumento de que verificava se havia algo errado, introduziu dois dedos na vagina da paciente. Ao jornal, a paciente contou que o médico massageou seu clitóris, dizendo que estava “estimulando-o para saber se estava tudo ok”, disse a paciente à polícia. “Eu queria chorar e sair correndo, mas não consegui”, afirmou. O médico afirmou que a acusação é fantasiosa. Afirmou que é uma praxe questionar a atividade sexual dos pacientes e que todo o atendimento é feito na presença de uma enfermeira.

O médico ainda disse que a paciente é “completamente desequilibrada”. A defesa ainda apresentou à Justiça um laudo psicológico em que atesta a personalidade do médico, como “fora dos padrões de abusadores sexuais”. O juiz descartou o laudo. Uma testemunha negou que o atendimento era realizado na presença de auxiliar. O médico responde ainda a uma outra acusação de violação sexual, feita por uma segunda paciente, no Conselho Regional de Medicina.

Fonte: Bahianoticias


O que fazer para evitar que o ambiente de trabalho literalmente nos

Em 2015, uma análise feita com base em quase 300 estudos constatou que práticas nocivas no local de trabalho elevavam a mortalidade, assim como o

A camisinha que se autolubrifica e pode reduzir contágio por DSTs

Com o objetivo de estimular o uso da camisinha, cientistas desenvolveram preservativos de látex que se autolubrificam quando em contato com fluidos

O frigorífico que produz carne de frango sem matar uma ave

Há uma crise iminente diante do crescente apetite por carne no mundo. Será que um frango que cisca em uma fazenda em São Francisco pode ser a

Unacon realiza dia em homenagem ao Outubro Rosa em Teixeira

Teixeira de Freitas: Nesta quarta-feira, dia 17 de outubro, a Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) realizou o Dia Rosa em homenagem

Saiba mais sobre os Antinutrientes

Antinutrientes é a nova palavra da nutrição, mas não é exatamente o que o nome sugere Os antinutrientes – compostos encontrados em

O que sabemos sobre vitamina D para o desempenho físico

Os benefícios ainda são obscuros, mas especialistas dizem que não há mal nenhum em adicionar mais à sua dieta A vitamina D é um nutriente

O que você deve saber sobre o jejum intermitente

Guia do atleta que opta pelo jejum intermitente O jejum intermitente (JI) tem feito as rondas no mundo da saúde e bem-estar desde o início dos

Como o aquecimento global pode levar a falta de cerveja no mundo

Não é que os cientistas estejam botando água no seu chope. Nem é que o aquecimento global vá terminar esquentando também seu copo. Na

Foi decretado 2º surto de ebola na República Democrática do Congo

Segundo fontes relataram à Agência Efe, o surto tem entre suas principais causas a falta de conscientização sobre a doença e à desconfiança

Estudo: Explosão no número global de cesáreas é 'alarmante'

O volume de cesarianas quase dobrou no mundo em quinze anos e atingiu "proporções alarmantes" em alguns países, aponta estudo divulgado na última

UAI Brasil
O teixeirão 2018
previcon
Connect Informática
Nossos Apoiadores: