Desde julho de 2017, o Brasil registrou 415 mortes por febre amarela, informa o último boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde. No boletim anterior, a pasta registrava 409 mortes. No total, 1266 infecções foram confirmadas.

O Ministério da Saúde não confirma os casos e os óbitos na mesma hora em que ocorrem; por isso, os dados divulgados neste momento podem ser referentes a períodos anteriores. A pasta informa que 1232 casos estão sendo investigados.

A região Sudeste continua registrando o maior número de casos e de mortos -- com apenas um óbito fora da região (Distrito Federal). Isso ocorreu porque antes de 2017 o vírus da febre amarela não circulava na região. Também a vacina contra a doença era destinada a áreas endêmicas -- como a região Norte.

Historicamente, o vírus da febre amarela tem um padrão de sazonalidade e costuma atuar entre julho e junho do ano posterior. Por isso, esse é o período escolhido pelo Ministério da Saúde para monitoramento.

Fonte: G1

Secretaria realiza testes rápidos de HIV e Sífilis em Teixeira

Teixeira de Freitas: Nesta quinta-feira, dia 19 de julho, a Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas através da Secretária Municipal de Saúde

Secretaria abre sindicância para investigar caso de paciente que

Nova Viçosa: Um vídeo que circulou nas redes sociais nas últimas horas registra um cidadão sofrendo um ataque epiléptico na recepção do

OMS estuda exame de sangue que detecta câncer de pulmão

Um exame de sangue em estudo aumenta a precisão de detecção precoce do câncer de pulmão, diz a Organização Mundial de Saúde. O teste

Bahia é quinto estado que mais perdeu leitos de internação do SUS

Mais de 1,9 mil leitos de internação da rede pública foram desativados na Bahia nos últimos oito anos. O estado ocupa o quinto lugar em

Pessoas casadas têm menor risco de morte por doenças do coração

Uma pesquisa desenvolvida por pesquisadores britânicos mostrou que o casamento pode proteger o coração. A partir da revisão de 34 estudos, com

Bahia lidera ranking de feridos por fogos de artifício

De acordo com dados do Sistema de Informação Hospitalar do governo federal, a Bahia é o estado que lidera o ranking de feridos por fogos de

Vacina contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças

Brasil assiste em 2018 ao retorno do sarampo, infecção que já foi considerada "doença comum na infância" décadas antes de ser eliminada do

Brasil tem 327 mortes de crianças por zika desde novembro de 2015

O Brasil teve 327 morte de crianças relacionadas ao vírus desde novembro de 2015, quando o Ministério da Saúde passou a considerar a relação

Bahia tem 15% dos municípios com risco de retorno da poliomielite

Pelo menos 312 cidades brasileiras registram alto risco de retorno da poliomielite, sendo a Bahia o Estado com o quadro mais crítico. No total,

Poluição do ar provocou 32 milhões de casos de diabetes

A cada sete novos casos de diabetes, um é causado pela poluição do ar, de acordo com um estudo da revista Lancet Planetary Health. Embora a

Nossos Apoiadores: