A dona de casa Josilene dos Santos, que aguardava por uma cirurgia cardíaca há sete anos, morreu na quinta-feira (2), em Juazeiro (BA). Diagnosticada com com miocardiopatia, doença que compromete o funcionamento do miocárdio, músculo do coração, ela teve quatro paradas cardíacas e não resistiu. Josilene passou mal na tarde de quarta-feira (1º) e foi socorrida por familiares, que acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Com a demora da chegada da ambulância, um vizinho a levou até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, onde foi atendida.

Na unidade, Josilene foi medicada, mas sofreu quatro paradas cardíacas e morreu na manhã de quinta-feira. A dona de casa, que foi sepultada no mesmo dia, deixou sete filhos. Há sete anos, quando descobriu a doença, Josilene procurou a Secretaria de Saúde de Juazeiro (Sesau) para tentar agendar uma cirurgia prescrita pelo médico, no entanto, foi informada de que o procedimento só poderia ser realizado em Salvador.

De acordo com a mãe da paciente, Maria Josélia dos Santos, a Sesau informou que ela teria que aguardar o surgimento de uma vaga em um hospital da capital. Ainda segundo ela, Josilene chegou a procurar a Secretaria por diversas vezes, mas não obteve notícias sobre o encaminhamento da cirurgia. "Em todos esses anos a gente se bate, procura, vai em um canto, vai em outro e nada. É muita revolta, a gente paga nossos impostos, mas na hora da doença não tem médico, não tem quem ajude, não tem quem faça nada. Agora, minha filha se foi e deixou os filhos aí", disse.

Em nota, a Sesau lamentou a morte da dona de casa e se solidarizou com a família. O órgão disse, ainda, que a cirurgia que ela precisava não poderia ser feita em Juazeiro, que já tinha encaminhado a solicitação do procedimento para Salvador e esperava uma vaga em um hospital de referência para alta complexidade. A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), por sua vez, informou que, como a paciente não estava internada em uma unidade de saúde, caberia ao setor de Regulação de Juazeiro encontrar uma vaga para ela na capital.

Fonte: G1


Fiocruz revela que vírus Zika veio do Haiti para o Brasil

O vírus Zika que chegou ao Brasil é proveniente do Haiti, revelou um estudo desenvolvido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em Pernambuco.

Vacinação imuniza 10% das crianças contra pólio e sarampo

Na primeira semana da Campanha Nacional de Vacinação Contra a poliomielite e sarampo, 1,16 milhão de crianças se vacinaram contra a pólio e

Consumo excessivo de álcool aumenta risco de AVC e infarto

Pesquisa publicada no "Journal of American Heart Association" nesta sexta-feira (10) mostra que o consumo excessivo de bebidas alcoólicas em um

Secretário de Saúde visita Centro de Equoterapia de Teixeira

O Secretário Municipal de Saúde de Teixeira De Freitas, Max Almeida, visitou na tarde desta quinta-feira, 9 de agosto, o Centro de Equoterapia,

Diretoria da Policlínica apresenta dados e orienta sobre atendimento

Teixeira de Freitas: Nesta quarta-feira, dia 8 de agosto, a diretoria da Policlínica Regional do Extremo Sul reuniu a imprensa para apresentar

Turismo de saúde pode ser 3 vezes mais valioso que o convencional

O trânsito de pessoas entre cidades, estados e países para turismo é extremamente comum e lucrativo para os destinos visitados. Entretanto,

Menino de 2 anos coloca bateria no nariz em Medeiros Neto: Objeto foi

Medeiros Neto: Um menino de dois anos e sete meses de idade introduziu uma bateria dentro do nariz, no final da tarde da última sexta-feira (3),

Cresce número de médicos em busca de trabalho em Portugal

Nos últimos anos cresceu mais de oito vezes o número de médicos brasileiros em busca de trabalho em Portugal. De acordo com informações da

Casos de sarampo passam de mil no ano, maior número desde 1999

O Brasil já tem mais de mil casos confirmados de sarampo em 2018. O número foi atualizado pelo Ministério da Saúde na quarta-feira (1º).

Consumo de álcool durante amamentação prejudica bebê

Uma pesquisa desenvolvida por australianos descobriu que o consumo de álcool durante a amamentação pode prejudicar o cérebro do bebê.

Nossos Apoiadores: