É uma experiência já vivida por muitas pessoas: uma noite regada a bebidas alcóolicas que deixa poucas memórias no dia seguinte. Um blecaute.

A amnésia causada pelo excesso de álcool ocorre quando o cérebro se torna incapaz de registrar os eventos transcorridos durante a bebedeira.

Isso porque circuitos do hipocampo, área do cérebro que tem papel crucial em consolidar as memórias do nosso cotidiano, são inibidos pelo álcool, explica o Instituto Nacional de Abuso do Álcool e de Alcoolismo dos EUA (NIAAA). O resultado são falhas no sistema de registro cerebral.

Há dois tipos de blecautes. O mais comum, chamado blecaute fragmentado, é quando um indivíduo retém pedaços dispersos de memória, embora tenha se esquecido de alguns detalhes do que aconteceu enquanto estava embriagado.

Essa pessoa talvez se lembre de ter bebido alguns drinques, mas não de quem pagou a conta. Nesses casos, especialistas afirmam que um esforço de memória muitas vezes ajuda a recordar os detalhes ausentes.

O segundo tipo, porém, é o blecaute total, ou "en bloc": uma amnésia severa que abrange um período de diversas horas. Em geral é difícil lembrar o que aconteceu, porque essa informação não chegou a ser registrada pelo cérebro.

É algo comum?

Blecautes fragmentados são bastante comuns, especialmente entre jovens consumidores de álcool, segundo estudos.

"Entre 30% e 50% dos jovens adultos que bebem de fato relatam ter tido alguma experiência com blecaute relacionado ao consumo de álcool", diz Kate Carey, professora de ciências sociais e comportamentais na Universidade Brown, nos EUA.

Esse efeito entra em ação quando a concentração de álcool no sangue sobe abruptamente e alcança níveis elevados - em geral quando se bebe muito álcool em pouco tempo ou quando se bebe de estômago vazio.

Segundo a NIAAA, as mulheres são mais vulneráveis: "elas têm maior propensão a beber com o estômago vazio do que os homens e tendem a ingerir bebidas com maior concentração de álcool do que cerveja, como drinques, shots e vinho", diz a organização.

Além disso, elas costumam pesar menos do que os homens e a ter menos água no corpo, o que leva o nível de álcool no sangue a subir mais rapidamente.

Acredita-se que fatores genéticos podem deixar algumas pessoas mais suscetíveis a esses blecautes. E, segundo alguns especialistas, quem fuma ou usa outras drogas recreativas enquanto bebe também pode aumentar seu risco de perder a memória do evento.

Sinais

Carey explica que não necessariamente há sinais visíveis de que uma pessoa esteja em processo de blecaute alcóolico.

Como nossas funções básicas de curto prazo se mantêm ativas a despeito da intoxicação por álcool, é possível que a pessoa esteja acordada e ativa, mas que não vá lembrar das coisas posteriormente.

No entanto, algumas pessoas de fato mostram sinais de risco: ficam distraídas e incapazes de dar continuidade a uma conversa, por exemplo.

Quais as consequências?

Segundo os American Addiction Centers (centros de combate a vícios nos EUA), esse aumento do nível do álcool no sangue leva as pessoas a comportamentos de risco, já que sua capacidade decisória fica comprometida.

Isso inclui dirigir embriagado, entrar em brigas, cometer (ou ficar mais suscetível a) crimes sexuais, diz a NIAAA.

Além da perda de memória, a constância de blecautes pode indicar que a pessoa tem um problema de saúde grave com a bebida - e isso pode desencadear também males de saúde de longo prazo, como no fígado.]

Fonte: BBC Brasil


‘As doenças do século têm relação com o ruído’, diz

Confira entrevista completa com a arquiteta Débora Barretto Especialista em acústica e diretora técnica da Audium, a arquiteta Débora Barretto

Vacina contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças?

Doença é altamente contagiosa e há surto no Norte do Brasil. Na rede pública, vacina administrada é a tríplice viral: protege contra caxumba,

Comissão do Senado faz audiência pelo Dia do Orgulho Autista

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado Federal, realizou na manhã de hoje (18) uma audiência que tratou do

Adolescente de 16 anos morre de dengue em Irecê

Uma menina de 16 anos morreu de dengue, em Irecê, no norte da Bahia. O resultado confirmando a doença saiu nesta segunda-feira (17), de acordo

Saúde recebe 3 mil novas doses da vacina contra a gripe

Teixeira de Freitas: A Secretaria Municipal de Saúde de Teixeira de Freitas, recebeu do Ministério da Saúde, via Secretaria Estadual de Saúde

Imunoterapia é aposta da medicina para vencer o câncer

Nos últimos anos, os avanços da oncologia revolucionaram a forma de tratar o câncer. Em 2018, dois pesquisadores ganharam o Prêmio Nobel de

Ministério da Saúde reforça necessidade da doação de sangue

Doação voluntária é importante para manutenção dos estoques Dezesseis brasileiros em cada mil são doadores de sangue, o que representa 1,6%

Sesab diz que parto normal é orientação preferencial, mas seguirá

A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) reafirmou que seguirá eventuais alterações no protocolos do Ministério da Saúde para a realização de

Cientistas criam técnica para alterar tipo de sangue para

Cientistas utilizaram enzimas de bactérias intestinais para transformar os tipos de sangue, para que não haja mais incompatibilidade entre

ANS suspende venda de 51 planos de saúde de 11 operadoras

Cinquenta e um planos de saúde de 11 operadoras tiveram a comercialização proibida a partir desta sexta-feira, 14. A decisão da Agência

Nossos Apoiadores: