Entenda por que você não deve negligenciar o acúmulo de gordura no órgão

Segundo estimativas, a esteatose hepática (gordura no fígado) será em um futuro próximo a maior causa de doença hepática crônica no mundo ocidental, acometendo 17-46% dos adultos. Pelas projeções, também será a maior causa de transplante hepático no mundo, superando a hepatite C. Mas diante de fatos tão alarmantes, por que muitas vezes acabamos negligenciando a esteatose?

"Ah, meu fígado tem gordura, mas nada demais". Talvez esse pensamento seja tão simplificado pelo fato de o tratamento ser tão básico: perder peso. Sim, apesar de muitos estudos indicarem certos benefícios do uso de medicamentos para a esteatose - como vitamina E, por exemplo - não há nada tão eficaz para "limpar" o fígado quanto emagrecer.

E quando falamos em reduzir a esteatose hepática, na verdade estamos falando de agir sobre uma série de eventos que também levam ao desenvolvimento do diabetes tipo 2. Sim, porque o elo comum é a conhecida resistência à insulina. A resistência à insulina aparece como consequência do ganho de peso, quando o pâncreas fabrica mais insulina na tentativa de controlar a quantidade de glicose no organismo.

E esta quantidade de glicose vem da alimentação ruim e de hábitos sedentários - não ocasionando "queima" da glicose para gerar energia no corpo. Sobra insulina, o organismo se defende enfraquecendo a insulina e a consequência é, à longo prazo, o desenvolvimento de Diabetes tipo 2 e, no fígado, o acúmulo de gordura dentro das células - chamadas de hepatócitos.

Seguindo esse raciocínio, o caminho inverso é o que desejamos. A perda de peso vai regular o funcionamento do pâncreas e reduzir o acúmulo de gordura no fígado. O que preocupa enquanto o emagrecimento não vem é o risco de cirrose. Um fígado com gordura é um órgão sobrecarregado que pode inflamar (esteato-hepatite ou hepatite por gordura), e diante de uma inflamação crônica, pode desenvolver fibrose.

A fibrose é como se fosse uma cicatriz, que dificulta o funcionamento correto. Fibrose e mais fibrose... e o processo de cirrose se instala. A partir daí a cirrose vai deteriorando o fígado até a falência hepática - e nesse caso somente o transplante pode ser alternativa.

Hoje existem protocolos para o diagnóstico e tratamento da esteatose, desde exames de sangue, ressonância magnética para avaliação da quantidade de fibrose e de gordura e até biopsia do fígado. É importante ficar atento e agir em caso de diagnóstico de esteatose, pois o que aparentemente parece um quadro de "simples"acúmulo de gordura pode, em anos, seguir para cirrose.

Fonte: Minha Vida


Hospital São Bernardo de Alcobaça fala do caso no atendimento de

Alcobaça: A circulação nas redes sociais de um vídeo sobre a falta de médico no Hospital São Bernardo (HSB) de Alcobaça foi um dos assuntos

Falso médico é preso por usar nome de profissional verdadeiro

Um falso médico foi preso em Nova Soure, no nordeste baiano, após uma denúncia anônima. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), o

Idoso morre após ser picado por escorpião

Um idoso de 76 anos veio a óbito um dia após ter sido picado por um escorpião no bairro de Valéria, em Salvador. Manoel Messias dos Santos

Pais devem se atentar ao uso excessivo de eletrônicos por crianças

Com os avanços tecnológicos percebe-se que as crianças estão cada vez mais conectadas no mundo virtual e nas diferentes ferramentas e

Bahia é o sétimo estado do Brasil com mais casos de meningite

Em um levantamento que levou em conta o período entre 2008 e 2018, o estado da Bahia configura-se como o sétimo estado brasileiro com mais casos

Justiça determina inclusão de remédios à base de cannabis pelo

A Justiça Federal determinou que medicamentos à base de Canabidiol (CBD) e Tetraidrocanabinol (THC), já registrados pela Agência de

Ex-prefeito de Teixeira, Dr. Wagner, é transferido em UTI Aérea

Teixeira de Freitas: O ex-prefeito de Teixeira de Freitas, Dr. Wagner Ramos Mendonça, 69 anos de idade, deu entrada no Hospital Sobrasa, no final

Cerca de 630 milhões de pessoas devem ter diabetes até 2045

O Atlas do Diabetes, a cada atualização, aponta uma tendência alarmante sobre a doença no mundo. O levantamento da Federação Internacional de

Confira alguns cuidados para se ter com a pele em época de carnaval

O carnaval é umas das festas mais desejadas do calendário nacional. Acontecendo sempre em meio ao verão, a festa em Salvador mistura folia,

'Menor recém-nascido do mundo' tem alta do hospital de Tóquio

Médicos dizem que o bebê, nascido com apenas 268 g, é o menor menino prematuro do mundo a conseguir sobreviver e ser mandado para casa com

UAI Brasil
O teixeirão 2018
Connect Informática
Nossos Apoiadores: